Matheus chega ao Corinthians e se 'escala' para o clássico com PalmeirasÍcone de fechar Fechar

GAROTO ATREVIDO

Matheus chega ao Corinthians e se 'escala' para o clássico com Palmeiras

Artilheiro do Brasil, Matheus chega ao Corinthians e se 'escala' para o clássico com Palmeiras


    • São José do Rio Preto
    • máx min

Contratado para a posição que o Corinthians está mais carente, a de centroavante, Matheus Matias chegou cheio de confiança e, apesar dos 19 anos, garantiu estar ciente da responsabilidade em defender o time alvinegro e até se disse preparado para estrear neste sábado no clássico contra o Palmeiras, no estádio Itaquerão, em São Paulo, pelo Campeonato Paulista.

"Espero dentro do tempo comum achar meu espaço. Eu estou pronto, se o treinador optar por mim, estou pronto", disse o garoto.

Matheus Matias marcou 10 gols pelo ABC neste ano, número que faz ele ser o artilheiro do futebol brasileiro no momento. O Corinthians acertou a compra de 90% dos direitos econômicos do garoto e os outros 10% continuam sendo do clube potiguar.

O atacante tem uma história curiosa. Ele começou a chamar a atenção em campeonatos de várzea e também em torneios de futebol society em Natal. Em um destes jogos, foi convidado por um olheiro para atuar no sub-19 do ABC e pouco tempo depois foi promovido. No ano passado, ele fez dois gols em 10 jogos na campanha da equipe potiguar na Série B. "Minha vida é como tem lá nas redes sociais. Jogava FUT-7, futsal, areia, tudo. Tive uma oportunidade, agarrei, agora estou aqui no Corinthians e tentarei fazer meu melhor", resumiu o jovem atacante, demonstrando uma clara timidez.

O novo candidato a goleador do Corinthians ainda não foi inscrito no Paulistão. O Corinthians tem até esta sexta-feira para completar a lista e restam duas vagas em aberto. Ele disputa com o volante Ralf e com o zagueiro Marllon. Além disso, o lateral-esquerdo Sidcley, do Atlético Paranaense, também está perto de um acerto e deve entrar na briga.

Marllon também foi apresentado nesta quinta-feira no Corinthians mostrando muita simpatia e adotando uma postura de pés no chão. O jogador de 25 anos custou cerca de R$ 1 milhão ao clube e chega com contrato válido até 2021.

O fato de ter sido titular durante boa parte da temporada na Ponte Preta faz com que Marllon chegue com credenciais para brigar por posição, embora Balbuena e Henrique sejam mais experientes.

 

O atacante Miguel Borja enalteceu nesta quinta-feira o momento vivido no Palmeiras e a ajuda do técnico Roger Machado. O artilheiro do time na temporada, com cinco gols, disse estar mais adaptado ao futebol brasileiro e confiante que a boa fase pode ser decisiva para lhe levar à disputa da Copa do Mundo da Rússia.

Segundo Borja, o trabalho de Roger Machado no Palmeiras tem sido fundamental para que ele evolua. "Sem dúvida o apoio de um técnico para qualquer jogador é muito importante, não importa a categoria que tenha. Já vimos muitos exemplos de jogadores que não tiveram a confiança do treinador e tudo se faz mais complicado", disse o jogador ao site colombiano Golcaracol.com.

Nesta temporada, o novo treinador palmeirense definiu o colombiano como titular e tem elogiado publicamente as atuações do atacante. "Este 2018 tem sido uma bênção, diferente do que foi no ano passado. Nessa mesma época do ano eu estava ainda na Colômbia cuidando de trâmites para vir ao Brasil e agora ganhei tempo. Fiz a pré-temporada e isso me ajudou muito", comentou Borja.

Semana passada, logo após o empate com o Linense, Borja disse que o treinador foi fundamental para sua evolução. "Deus pôs ele na minha vida", comentou na ocasião. Contratado em 2017 por R$ 33 milhões, ele disse ter sofrido com a adaptação ao Brasil.

Foram 43 jogos e 10 gols no primeiro ano. Em 2018, em sete partidas, marcou cinco gols, metade do que fez em todo a temporada anterior. "Sonho em estar na Rússia, vestir a camisa da seleção e isso vai ficando mais perto a cada dia e mais próximo com o trabalho, disciplina e responsabilidade que é preciso ter no clube", disse. (AE)