X
X

Diário da Região

28/02/2018 - 00h32min / Atualizado 28/02/2018 - 15h01min

EM PORTO FELIZ

Jacaré aposta em santo de casa - Asista ao vivo pela TV FPF

Após perder o técnico Rodrigo Fonseca, Rio Preto recorre ao treinador do time sub-17 para reencontrar com a vitória na Série A-3. Aos 45 anos, João Santos se diz pronto para mostrar serviço no profissional

Mara Sousa 27/2/2018 João Santos orienta o volante Jô em seu único treino antes de o Jacaré enfrentar o Desportivo Brasil
João Santos orienta o volante Jô em seu único treino antes de o Jacaré enfrentar o Desportivo Brasil

João Santos Atanásio, 45 anos, já foi zagueiro, técnico das categorias de base, sócio e até conselheiro do Rio Preto. Nesta quarta-feira, 28, o atual comandante da equipe juvenil terá a oportunidade de mostrar trabalho no comando da equipe profissional do Jacaré diante do Desportivo Brasil, às 15 horas, no estádio do Rocco, em Porto Feliz, pela 13ª rodada do Campeonato Paulista da Série A-3.

Assista ao vivo pela TV FPF

"Estou preparado, condições de permanecer no comando eu tenho, sei que vou depender do resultado deste jogo e de uma avaliação da diretoria", disse o treinador João Santos, que ainda na tarde desta terça-feira treinou a equipe sub-17 antes de embarcar com o time profissional para Porto Feliz. "Já conversei com o elenco de que estou chegando para somar. Mudaremos pouca coisa para esse jogo e vamos buscar a vitória", disse o ex-zagueiro que também atuou América e Marília.

João Santos substitui interinamente Rodrigo Fonseca. Na segunda-feira, Fonseca havia pedido demissão alegando ter uma proposta tentadora para trabalhar no sul do país. Inicialmente, a diretoria esmeraldina havia anunciado que o preparador de goleiros Mika Barravieira seria o interino, mas na manhã desta terça-feira foi João Santos quem comandou o trabalho tático e de bola parada antes do duelo. "A diretoria me deu toda autonomia para mudar. Vamos tentar fazer um time mais rápido, já que em Porto Feliz o campo é pequeno. Vamos usar o Bachola (Jonatas) no meio e o Maycon no ataque, junto do Édipo e do Obina", disse João Santos.

Sempre trabalhando na formação de atletas, João Santos já foi técnico da base do José Bonifácio, Mirassol, América no ano passado quando levou o time até as quartas de final do Paulista Sub-17. No Rio Preto, em 2011, disputou a Copa São Paulo de Juniores e revelou o atacante Michael, destaque do Jacaré e que posteriormente foi ao Fluminense junto do zagueiro Juninho. "Tive três propostas para dirigir equipes neste ano na Série B (Quarta Divisão do Paulista), mas pela estrutura dos clubes achei melhor seguir o trabalho na base do Rio Preto. Estou preparadíssimo para fazer essa transição e ir para o profissional", disse João Santos. "A única diferença que vejo é que, no profissional, dependo dos jogadores. Quando querem correr, bem. Quando não querem, complica."

O Rio Preto tem 18 pontos, em 11º lugar no A-3, porém, com a mesma pontuação do Taboão da Serra, último dentro do G-8, pelo número de vitórias. O Desportivo Brasil é o quinto colocado na tabela, com 20 pontos. Ou seja, uma vitória pode recolocar o time no G-8.

Para montar o time, o único problema de João Santos é o lateral-direito Jean Batista, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Gabriel assume a vaga. O zagueiro e capitão Emerson, recuperado de virose, está de volta.

FICHA TÉCNICA

DESPORTIVO BRASIL

Douglas; Kleber, Diego Landis, Everson e Willian; Roberto Andrade, Tiago Rocha, Marcos Vinícius e Edson Pio; Marlon e Douglas Santos. Técnico: Caio Zanardi.

RIO PRETO

Poti; Gabriel, Emerson, Henrique Perrucci e Marcelo Vilella; Caio César, Jo e Jonatas; Maycon, Édipo e Jônatas Obina. Técnico: João Santos.

Árbitro: Danilo da Silva. Local: estádio Rocco, em Porto Feliz, nesta quarta-feira, 28, às 15 horas. 

Galo e Azulão miram G-8

Como visitantes, Olímpia e Monte Azul entram em campo nesta quarta-feira, 28, na corrida para se aproximar da zona de classificação às quartas de final do Campeonato Paulista da Série A-3. Com 16 pontos, o Galo Azul estreia o técnico Marcos Birigui e se vencer o Taboão da Serra, às 15 horas, no estádio José Ferez, pode ficar perto do G-8.

A chance mais real de entrar no G-8 é do Monte Azul (9º com 18 pontos), que às 19 horas pega o Rio Branco (penúltimo), no estádio Décio Vitta. "São todos confrontos diretos e somos sinceros de que nossa briga é para permanecer", disse José Francisco Oliveira, técnico do Monte Azul. (OJ)

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso