Rio Preto busca a reabilitação diante do Grêmio OsascoÍcone de fechar Fechar

EM BUSCA DA REDENÇÃO

Rio Preto busca a reabilitação diante do Grêmio Osasco

Rio Preto encara o Grêmio Osasco, às 10 horas, na Grande São Paulo, tentando reencontrar o caminho das vitórias após três tropeços, e os pontos perdidos em casa no Campeonato Paulista da Série A-3


    • São José do Rio Preto
    • máx min

Para deixar de lado uma sequência ruim - duas derrotas e um empate - que causou a saída do time do G-8 e já foi motivo de reuniões entre o elenco, o Rio Preto inicia neste domingo, 25, contra o Grêmio Osasco, às 10 horas, no estádio José Liberatti, a busca dos pontos perdidos como mandante na Campeonato Paulista da Série A-3. Nos últimos seis pontos disputados em casa somou apenas um. Se tivesse feito sua parte, hoje seria o terceiro.

"Primeiro temos que pensar no Osasco e buscar pontos que deixamos de fazer em casa. Nesses dois jogos fora temos que ir com força total, mostrar nosso futebol e conseguir os pontos necessários para nos mantermos no G-8", disse o treinador Rodrigo Fonseca.

Depois do duelo em Osasco, o Jacaré encara o Desportivo Brasil, em Porto Feliz, no meio de semana. São 17 pontos do Rio Preto, três a mais que o rival deste domingo, que não vence há quatro partidas. "A equipe mostrou um amadurecimento muito grande nesse último jogo em casa, buscou o empate e poderíamos ter feito um placar melhor. É manter esse espírito e com um pouco mais de tranquilidade nas finalizações, sem dúvida, a vitória virá", afirmou Fonseca.

A aposta do treinador é no desempenho da dupla de meio campistas Jéferson Paulista e Jônatas, utilizada pela primeira vez juntos no empate por 2 a 2 contra o São Carlos. "Se encaixaram muito bem e começaram a fazer as bolas chegarem para os atacantes na frente. Foi o jogo que mais criamos. Isso foi uma coisa válida e temos que procurar manter", disse.

Se a parte ofensiva agradou ao treinador, a defesa do Jacaré oscilou e deixou a desejar. Ainda é a melhor do torneio, com seis gols sofridos. Mas em uma só partida levou metade dos gols que havia tomado em dez jogos. "Foi um apagão em duas falhas individuais nossas que não tinham acontecido ainda, mas tivemos força para buscar o resultado", disse o lateral-esquerdo Marcelo Vilella.

O lateral entrou no time titular na quinta rodada, no empate por 1 a 1 com o Taboão da Serra, fora de casa, e desde então não saiu da equipe. "A competição é muito rápida e não estamos tendo muito tempo para treinar, mas trabalhamos tudo o que precisávamos melhorar para esta partida contra o Osasco", emendou Vilella.

Na lateral-direita, Jean Batista permanece entre os titulares após recuperar a vaga de Gabriel. Jean é volante e tem atuado improvisado no lado direito. "Ele se adaptou muito bem ali e vem crescendo na função. Deu o passe para o segundo gol (contra o São Carlos), apareceu de trás, finalizou e deu o cruzamento no gol mal anulado que tivemos", avaliou Fonseca.

(Colaborou Victor Stok)

O Olímpia recebe o Rio Branco neste domingo, 25, às 10 horas, no estádio Tereza Breda, em Olímpia, para sair da zona de rebaixamento do Campeonato Paulista da Série A-3. O preparador físico Stélio Metzker e o treinador de goleiros Murilo seguem no comando da equipe, já que o interino Paulinho Fonseca se recupera de cirurgia. Eles poderão contar com o atacante Ben Hur, ex-Rio Verde-GO. Já o zagueiro Bruno Leal, suspenso após levar terceiro cartão amarelo contra o Desportivo Brasil, não joga.

O time vem de campanha irregular e com 13 pontos conquistados está no Z-6. O Rio Branco soma oito e ainda mais perto da degola.

Monte Azul

Para se aproximar do G-8, o Azulão  recebe o lanterna Mogi Mirim neste domingo, às 10 horas, no estádio Otacília Patrício Arroyo, em Monte Azul Paulista. O Azulão soma 15 pontos. O Mogi Mirim soma apenas dois pontos e ainda não venceu no estadual. (VS)

 

GRÊMIO OSASCO

Cleiton; Savio, Paulo Brumati, Vinícius Bebê e Dinho; Davi Gabriel, Vitty, Rubens e Marcus Vinícius; Danrley e Castro. Técnico: Vitor Hugo Mosca.

RIO PRETO

Poti; Jean Batista, Emerson, Henrique Perrucci e Marcelo Vilella; Caio César, Jo, Jéferson Paulista e Jônatas; Édipo e Jônatas Obina. Técnico: Rodrigo Fonseca.

Árbitro: Edson Alves da Silva. Local: estádio José Liberatti, em Osasco, neste domingo, 25, às 10 horas, com transmissão ao vivo pelo site da Federação Paulista.