Rio Preto vai para cima do Rio Branco em Santa Bárbara Ícone de fechar Fechar

JACARÉ IMBATÍVEL

Rio Preto vai para cima do Rio Branco em Santa Bárbara

Em alta no Paulista A-3, Rio Preto defende invencibilidade diante do desesperado Rio Branco, em Santa Bárbara D'Oeste, às 16h, e pode engatar sua quarta vitória seguida para encostar na liderança


    • São José do Rio Preto
    • máx min

A fase do Rio Preto na Série A-3 do Campeonato Paulista é excelente. Embalado por três vitórias consecutivas, o Jacaré consolidou sua posição dentro do G-8, chegando à 9ª rodada do torneio na terceira posição, com 16 pontos. Nesta quarta-feira, 14, a partir das 16 horas, poderá subir ainda mais na tabela se souber tirar proveito da situação ruim do rival, o Rio Branco. O time de Americana venceu apenas um jogo até aqui e ocupa apenas a 18ª posição, com cinco pontos.

Para piorar, o time de Americana não joga em sua cidade desde a estreia pelo fato do estádio Décio Vitta estar interditado. O duelo será no estádio Antônio Lins Ribeiro Guimarães na cidade de Santa Bárbara D'Oeste. "Temos que ser inteligentes, devemos saber jogar e também nos preservarmos para aguentar toda essa sequência de jogos duros", disse o técnico Rodrigo Fonseca.

O time esmeraldino terá força máxima, inclusive com o retorno do zagueiro e volante Caio César após cumprir suspensão. Fonseca faz mistério e pode promover mudanças já pensando no duelo de sábado, diante do atual líder Atibaia, no estádio Anísio Haddad. "Todos os jogos estão sendo uma batalha, nesta Série A-3 não tem jogo fácil, e este será um confronto difícil. Temos que ir para este jogo muito focado, sabendo do nosso objetivo que é pontuar na competição", emendou o treinador.

O Rio Preto e a vice-líder Portuguesa Santista são os dois últimos invictos na competição, com quatro vitórias e quatro empates em oito jogos. Além disso, o Jacaré é dono da melhor defesa da terceira divisão, tendo tomado apenas dois gols em oito jogos. O ataque ainda busca o melhor desempenho. O próprio treinador prega a necessidade de saber aproveitar melhor as oportunidades de gol para não sofrer no final da partida. Contra o Marília, no último sábado, o time só marcou aos 37 minutos da etapa final e depois já nos acréscimos.

Para reagir, o Rio Branco apresentou no início da semana um novo técnico. Jânio Fialho, que estava como auxiliar-técnico do Dimensão, da primeira divisão do Campeonato Alagoano. Antes, o clube chegou a anunciar Alessandro Moresche, que não ficou por divergências com outros membros da comissão técnica.

 

RIO BRANCO

Neto; Higor, Bernardi, Luiz Paulo e Hugo; Keitá, Cesinha e Adriano Pimenta; Frank, Bruno Andrade e Duduzinho. Técnico: Jânio Fialho

RIO PRETO

Poti; Jean Batista, Emerson, Henrique Perrucci e Marcelo Vilella; Caio César, Jô e Jéferson Paulista; Édipo, Jônatas Obina e João Ferez. Técnico: Rodrigo Fonseca.

Árbitro: Leonardo Ferreira Lima. Local: estádio Antônio Lins Ribeiro Guimarães, em Santa Bárbara D'Oeste, nesta quarta-feira, 14, às 16 horas.

Atlético Monte Azul e Olímpia voltam a campo nesta 'Quarta-feira de Cinzas' pela Série A-3 do Campeonato Paulista. Após derrota no derby regional contra o Olímpia, o Monte Azul tenta se reabilitar diante do líder Atibaia, no estádio Otacília Patrício Arroyo, em Monte Azul Paulista.

São 19 pontos do Atibaia, comandado por Betão Alcântara, contra 11 pontos do Azulão, que tenta voltar ao G-8. "Temos de encarar de igual pra igual e trabalhar forte para buscarmos os resultados", disse o técnico do Monte Azulão, José Francisco de Oliveira.

O Olímpia, comandado interinamente pelo gerente de futebol Paulinho Fonseca e pelo preparador físico Stélio Metzker, tenta ganhar fôlego fora da zona do rebaixamento diante do São Carlos, às 19h30, no estádio Luiz Augusto de Oliveira, em São Carlos. O Galo Azul é primeiro fora da degola com dez pontos. "Temos informações que jogam no 4-4-2, com boas jogadas aéreas, pelas laterais", alertou Fonseca. (OJ)