X

Diário da Região

21/02/2018 - 00h30min / Atualizado 20/02/2018 - 22h49min

MERCADO FINANCEIRO

Ibovespa fecha em alta e renova máxima histórica

Comportamento dos papeis do setor bancário reflete cadastro positivo

Sergio Isso /Arquivo Papeis do Bradesco negociados na bolsa paulista foram destaque no pregão de ontem, com valorização de 3,04%
Papeis do Bradesco negociados na bolsa paulista foram destaque no pregão de ontem, com valorização de 3,04%

O Ibovespa operou em trajetória distinta dos índices acionários em Nova York e teve força para romper o patamar dos 86 mil pontos durante o pregão desta terça-feira, 20, e encerrar em uma nova máxima histórica aos 85.803,95 pontos, com valorização de 1,19%.

De acordo com analistas, a sustentação dos ganhos dos papéis que fazem parte da carteira teórica veio pelo maior apetite dos investidores estrangeiros em um ambiente doméstico com a continuidade de notícias econômicas positivas, a despeito do enterro da reforma da Previdência.

Aliado a isso, diz Vitor Suzaki, analista da Lerosa Investimentos, o fato de dados de confiança do consumidor na zona do euro terem vindo abaixo da expectativa foi visto como uma indicação de que o Banco Central Europeu (BCE) pode vir a demorar mais para iniciar o aperto monetário.

Luiz Mariano de Rosa sócio da Improve Investimentos nota que o giro financeiro acima dos R$ 12 bilhões em um dia sem influência técnica, como um vencimento de opções, sinaliza o interesse dos não-residentes. O volume foi de R$ 12,34 bilhões.

As blue chips, prediletas desses investidores, tiveram alta expressiva durante todo o dia, desacelerando o ritmo perto do fim do pregão. Assim Petrobras ON e PN fecharam com ganhos de 1,78% e 1,95%, respectivamente, ao lado de Itaú Unibanco PN, 2,46%, Bradesco 3,04% e Banco do Brasil 2,95%. Na contramão, as Units do Santander (-0,96%).

Para Shin Lai, analista da Upside Investor Research, a valorização dos papéis do setor bancário reflete, em parte, as perspectivas positivas que os investidores têm sobre a aprovação do cadastro positivo, que é uma das medidas microeconômicas que o governo prometeu se dedicar no lugar dos esforços para a nova Previdência.

Dólar

O dólar operou em alta durante todo o dia desta terça-feira, 20, sob influência determinante do cenário externo. O noticiário em torno da suspensão da reforma da Previdência e das medidas compensatórias anunciadas pelo governo foi monitorado de perto, mas teve influência limitada nos negócios. No mercado à vista, o dólar fechou próximo da máxima do dia, cotado a R$ 3,2593, com ganho de 0,76%.

Desde a constatação de que a reforma da Previdência não seria mais votada, o que foi oficializado na segunda, em função da intervenção federal no Rio de Janeiro, havia o receio de que agências de classificação de risco pudessem promover um novo rebaixamento do rating brasileiro.

A diretora-executiva da S&P Global Ratings, Lisa Schineller, disse que a posição do governo de não contar com a reforma neste ano faz parte de um contexto de dificuldades que colaborou para o rebaixamento promovido pela agência em janeiro. Samar Maziad, vice-presidente da Moody's, disse que a decisão do governo "é negativa para o perfil de crédito do país".

 

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso