Diário da Região

20/02/2018 - 18h27min / Atualizado 20/02/2018 - 18h27min

TELEVISÃO

Atriz Fernanda Nobre fala sobre a trajetória de Diana em Deus Salve o Rei

Vivendo a bela Diana em Deus Salve o Rei, da Globo, atriz Fernanda Nobre deixa de lado a imagem de adolescente que a consagrou na televisão

TV Globo/Divulgação Em Deus Salve o Rei, Fernanda Nobre (à dir.) vive a melhor amiga de Marina Ruy Barbosa
Em Deus Salve o Rei, Fernanda Nobre (à dir.) vive a melhor amiga de Marina Ruy Barbosa

Para Fernanda Nobre, são muitos os rumos de Diana em Deus Salve o Rei, novela das 19h da Globo. Na trama de Daniel Adjafre, sua personagem começa com o dedo podre para homens, tanto que cai na lábia do vilão Virgílio (Ricardo Pereira). No entanto, ao longo da história, a plebeia vai perceber que quem coloca os pretendentes errados em sua vida é ela mesma. A partir daí, a melhor amiga de Amália (Marina Ruy Barbosa) vai rever seus conceitos e mudar.

Nesta entrevista, a carioca de 34 anos reflete sobre a vida amorosa da personagem, analisa a manipulação que Diana sofre do vilão e faz elogios à produção da novela, vibrando com a época medieval em que está inserida. Além disso, a atriz comenta sua passagem pela Record e a volta para a TV Globo, onde começou sua carreira ainda menina, em Despedida de Solteiro (1992), e como fez para mudar a imagem e ser vista como uma mulher.

Em Deus Salve o Rei, Diana está procurando um amor, mas sempre escolhe errado. Como é dar vida a essa personagem?

Fernanda Nobre - A Diana é muito interessante porque é misteriosa, sofrida e solitária. É uma mulher que busca se entregar para um amor. Ela não está apenas à procura, seu objetivo é se sentir confortável. Por isso, passou por alguns sofrimentos e acabou cometendo vários erros.

A personagem não percebe que Virgílio a está manipulando?

Fernanda Nobre - Não. Ela é manipulada pelo Virgílio, que quer uma forma de atingir a amiga dela, e acaba se iludindo por aquele homem. É uma personagem leve, mas, ao mesmo tempo, tem uma dor. Existe um milhão de caminhos para a Diana, é uma delícia de fazer! A cada cena que leio fico impressionada. Esse é o melhor presente para um ator.

O figurino da Diana te ajuda a embarcar na época medieval?

Fernanda Nobre - Sim. E, além disso, o figurino é muito elegante! Quando me olho com aquela roupa e aquele cabelão, penso que tenho a melhor profissão do mundo! Parece que estou brincando. É muito bom esse cenário, esse jeito de fazer novela. É totalmente diferente na forma de se produzir na televisão. A gente grava só com uma câmera, é tipo cinema o que estamos fazendo. É muito especial e o resultado é lindo.

Você fez uma participação em A Lei do Amor (2017), mas Deus Salve o Rei marca definitivamente sua volta à TV Globo. Como está sendo esse retorno ao lugar onde sua carreira começou?

Fernanda Nobre - Sim, eu comecei na Globo. Aí fui para a Record porque acreditei naquilo, na primeira novela, A Escrava Isaura (2004). Fiz trabalhos legais com o Lauro César Muniz como Cidadão Brasileiro (2006) e Poder Paralelo (2009). Só que teve uma hora, em 2012, que senti que tinha dado para mim. Isso aconteceu junto do fim do meu casamento (com o também ator Gabriel Gracindo). Então fechei aquele ciclo e comecei outro. O mercado é aberto, tem o cinema, o teatro e a TV fechada, e vim para cá naturalmente.

Você acha que foi difícil desvincular sua imagem dos papéis infantis?

Fernanda Nobre - Tive medo de não passar para a fase adulta, porque é muito difícil verem você como mulher quando as pessoas têm a sua imagem como menina. Em 2012, fui morar em Londres, me separei de um casamento de oito anos, saí da Record, platinei o cabelo e mudei de cabeça, aí voltei num outro lugar. A personagem que representa esse momento foi a Antônia de Copa Hotel (GNT, 2013).

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso