X
X

Diário da Região

04/02/2018 - 00h30min / Atualizado 03/02/2018 - 17h01min

De cabeça no humor

Johnny Massaro encara a comédia depois de vários personagens dramáticos

Contracenando com Tatá Werneck em Deus Salve o Rei, ator Johnny Massaro encara a comédia depois de vários personagens dramáticos na televisão

TV Globo/Divulgação Em Deus Salve o Rei, Johnny Massaro vive um príncipe que assume o trono a contragosto
Em Deus Salve o Rei, Johnny Massaro vive um príncipe que assume o trono a contragosto

Ao passar de situações trágicas a cômicas num estalar de dedos, Johnny Massaro deu o tom certo ao inconsequente príncipe Rodolfo de Deus Salve o Rei, novela das 19h da Globo.

Na trama, embora nunca tenha pretendido subir ao trono, o personagem se torna rei de Montemor por causa da abdicação ao cargo pelo irmão, Afonso (Romulo Estrela), que desiste da coroa por causa de Amália (Marina Ruy Barbosa). Apesar de despreparado, ele logo pegará gosto pelo poder. Porém, o ator ressalta que a crescente ambição do nobre não significa que ele vá cometer maldades no futuro.

Nos próximos capítulos, Rodolfo se casará com Lucrécia (Tatá Werneck). Com isso, o humor, já presente no personagem, tenderá a aumentar. Sem dúvida, a união do casal renderá muitas risadas e, segundo Johnny, o clima descontraído já dominou os bastidores.

"A gente não para de rir, é um inferno, mas vai dar certo (risos). Pelo menos teremos boas cenas para mostrar no Falha Nossa, do Vídeo Show. Está sendo uma delícia. Gosto muito da Tatá pessoalmente e como artista. O que ela faz, ninguém faz, é uma atriz maravilhosa", elogia.

Johnny vê algo de preciso no humor. Por isso, diz que sente quando não acerta o tempo e a piada não acontece. Para o ator, essa característica da comédia, de ser tão imediata, é o que mais dificulta o trabalho. No entanto, ele tem se saído bem e suas cenas conseguem garantir o riso de forma bastante espontânea.

"Eventualmente, as pessoas riem lá no set de gravação. Quando fui conversar com o Daniel Adjafre (autor) e com o Fabrício Mamberti (diretor), avisei que não entraria para fazer piada, porque a comédia está muito marcada no texto. Se quiser fazer graça daquilo, não vai rolar. Por isso, tento não me preocupar com essa questão", garante.

Ator sem rótulos

Rodolfo não é o primeiro personagem engraçado de Johnny. Recentemente, em 2017, o ator fez outro tipo cômico em Filhos da Pátria, na mesma emissora.

Na série de Bruno Mazzeo, ele interpretava o sem noção Geraldinho, que se tornava político no Brasil do século 19 sem ter qualquer vocação para tal profissão. "Em Filhos da Pátria era um humor rasgadíssimo, em que a gente levava para a farsa. Já na novela tem um pé na realidade, é a comédia na situação", compara.

Johnny iniciou a carreira em 2005, aos 13 anos, em Floribella, novela da Band. Desde então, vem crescendo na TV e se destacou em Malhação, entre 2007 e 2010, ao dar vida ao nerd Fernandinho. Depois apareceu em Guerra dos Sexos (2012), protagonizou Meu Pedacinho de Chão (2014) e a série Amorteamo (2015). Foi para o horário nobre em A Regra do Jogo (2015). Aos 26 anos, o ator diz que não quer rótulo de galã, posto que considera uma prisão. Por isso, prefere encarar as oportunidades sem premeditar sua trajetória.

"Comecei muito cedo a trabalhar e encaro isso de forma natural, como um conjunto de sorte misturado com o que plantei e quis. Eu era mais novo, tinha outro biotipo, era uma outra pessoa. À medida que fui crescendo, as coisas foram chegando", reflete o ator.

 

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso