X
X

Diário da Região

24/02/2018 - 00h30min / Atualizado 23/02/2018 - 19h04min

COMEMORAÇÕES

Atividades marcam os 10 anos da Arlec

Cursos, palestras e lançamentos de livros marcam a programação

Guilherme Baffi 21/2/2018 Membros da atual diretoria da Academia Rio-pretense de Letras e Cultura com as edições da revista literária Kapiiuara
Membros da atual diretoria da Academia Rio-pretense de Letras e Cultura com as edições da revista literária Kapiiuara

No ano em que comemora uma década de fundação, a Academia Rio-pretense de Letras e Cultura (Arlec) preparou um generoso calendário de atividades, viabilizadas por meio de parcerias com diferentes instituições e empresas. 

A programação teve início, no mês passado, com o lançamento da terceira edição da Kapiiuara ('capivara' em tupi guarani), a revista literária da Arlec. Tendo como capa uma ilustração da artista plástica Maria Helena Coelho Curti, segunda secretária da atual diretoria, a publicação presta homenagem ao escritor e professor Alfredo Leme Coelho de Carvalho, que morreu em 2017, além de trazer trabalhos de dois convidados rio-pretenses: o poeta Angelo Soares Neto e o escritor e professor Toufic Ambar Neto. A publicação ainda reúne poemas, crônicas e artigos.

Segundo a escritora e professora Rosalie Gallo y Sanches, responsável pela presidência da atual diretoria, que assumiu em outubro de 2016, a revista literária Kapiiuara tem tiragem de 500 exemplares, que são distribuídos gratuitamente. "Em julho, mês do aniversário de 10 anos da Arlec, publicaremos uma edição comemorativa", anunciou ela, durante visita feita à redação do Diário, acompanhada, além de Maria Helena, do primeiro secretário Alberto Gabriel Bianchi e do primeiro tesoureiro Jayme Signorini.

Parcerias

Boa parte das atividades que marcam o calendário 2018 da Academia Rio-pretense de Letras e Cultura foi viabilizada por meio de parcerias com instituições e empresas da cidade. Uma delas beneficiará professores de ensino médio de Rio Preto, que terão a oportunidade de participar de um curso sobre os livros de leitura obrigatória para o vestibular da Unesp deste ano.

Voltado para educadores que atuam em turmas de 3º ano do ensino médio, o curso, que começa em março e terá duração de três meses, é fruto de uma parceria com a Diretoria Regional de Ensino de Rio Preto. "Trata-se de um projeto homologado pelo Ministério da Educação e que prevê certificação a todos os professores participantes. Acadêmicos da Arlec vão atuar voluntariamente neste projeto", sinaliza Rosalie.

Em parceria com o Riopreto Shopping, a Arlec promoverá o lançamento de livros de autoria de seus acadêmicos. Será um lançamento por mês, começando pelo biomédico, professor e escritor Paulo César Naoum. O centro de compras também será palco de uma exposição com trabalhos de acadêmicos da Arlec ligados às artes visuais. Programada para julho, a exposição também faz parte das comemorações dos 10 anos da entidade.

Para a comunidade, a Arlec vai oferecer, em parceria com a Acirp, uma série de palestras com convidados de diferentes regiões do País. A primeira delas está prevista para 13 de março, com a presidente da Rede das Escritoras Brasileiras, Joyce Cavalccante.

 

Em Nome do DNA... é relançado

Mara Sousa 23/2/2018 Paulo Cesar Naoum com o seu livro sobre o DNA
Paulo Cesar Naoum com o seu livro sobre o DNA

Atual diretor da Academia de Ciência e Tecnologia, o biomédico, professor e escritor Paulo Cesar Naoum relança, neste sábado, 24, aquele que considera seu melhor livro já publicado, Em Nome do DNA... (LMP Editora). Nesta publicação, cujo primeiro lançamento foi realizado em 2010, o autor mergulha na história do DNA, revelando descobertas e curiosidades de forma acessível para os mais variados perfis de leitores.

"Trata-se de uma reapresentação da obra, que já havia sido disponibilizada gratuitamente em meu site (www.ciencianews.com.br). Estudei e estudo muito sobre o assunto, e poucas coisas merecem ser mudadas nesses últimos dois anos", comenta Naoum sobre o livro. O relançamento será realizado no Riopreto Shopping Center na manhã deste sábado, 24.

Da saúde física ao comportamento, passando pelas principais doenças que afetam o organismo, a publicação revela como o DNA está intimamente ligado ao ser humano. "Tudo tem uma origem biológica. Estudar as células-troncos é mergulhar na história da evolução humana", pontua o autor.

Segundo ele, até mesmo as virtudes e os valores humanos tem fundamentação científica no DNA. "O DNA da crueldade, por exemplo, prevalece nos homens. E isso já foi comprovado cientificamente."

Outro exemplo citado por ele está relacionado às pessoas que apresentam audição mais sensível em relação a outras, como os músicos considerados virtuoses por conseguir identificar notas apenas de ouvido. "Isso está relacionado à configuração das células que formam o ouvido. Ou seja, assim como um músico estudado pode ter um ouvido sensível, uma pessoa simples do campo também pode, usando essa particularidade para identificar barulhos no mato como o de cobra. Se essa pessoa do campo estudasse música, com certeza teria mais facilidade devido a essa particularidade. E o mesmo ocorreria com o músico estudado que fosse para o campo", explica.

Ex-diretor do Ibilce e professor titular da Unesp, além de membro da Academia Rio-pretense de Letras e Cultura, Naoum conta com 12 livros científicos publicados. O último lançamento foi Biologia Médica do Câncer Humano, em que aborda estudos e descobertas no tratamento dessa temida doença com "palavras fáceis e acessíveis", como ele mesmo faz questão de frisar.

Aliás, a prevenção e o tratamento do câncer também são alvo de uma série de vídeos produzidos por Naoum por meio da Academia de Ciência e Tecnologia. Publicados no Youtube, os vídeos recorrem à estética do cartum para apresentar os temas relacionados à doença.

Serviço

  • Relançamento do livro Em Nome do DNA..., de Paulo Cesar Naoum. Hoje, das 10h às 11h30, no Riopreto Shopping Center. Gratuito

 

Principais projetos de 2018

Lançamento de livros

Em parceria com o Riopreto Shopping Center, a Arlec promoverá um lançamento de livro por mês até o final de 2018. Os lançamentos envolvem os acadêmicos Paulo César Naum, Rosalie Gallo y Sanches, Antônio Manuel dos Santos Silva, Alfredo Leme de Carvalho Coelho (in memoriam), José Luiz Balthazar Jacob, Jayme Signorini, Wilson Daher, Nídia Puig Vacare, Alberto Gabriel Bianchi, Maria Helen Curti, Vera Márcia Paráboli Milanese e Araguaí Garcia.

Curso para professores

Em parceria com a Diretoria Regional de Ensino, a Arlec realizará, ao longo de três mês, o curso Leitura do Texto Literário, voltado para professores do 3º ano do ensino médio. Oito acadêmicos vão falar sobre os livros de leitura obrigatória para o vestibular da Unesp neste ano, fornecendo subsídios para os educadores trabalharem esses títulos em sala de aula. Participam os acadêmicos Sérgio Vicente Motta, Antônio Manuel dos Santos Silva, Aguinaldo Gonçalves, Hygia Terezinha Calmon Ferreira, José Luiz Balthazar Jacob, Nídia Puig Vacari, Romilgo Sant'Anna e Rosalie Gallo y Sanches.

Ciclo de palestras

Em parceria com a Acirp, a Arlec realizará uma série de palestras ao longo do ano com convidados de outras regiões do País. A primeira palestra, programada para 13 de março, será com Joyce Cavalccante, presidente da Rede das Escritoras Brasileiras (Reabra). O ciclo de palestras também envolve nomes como o do escritor e editor Márcio Martinelli; do escritor, poeta e tradutor Oleg de Almeida, da presidente da Sociedade Brasileira dos Médicos Escritores de São Paulo (Sobrames); e Rosmary Correa, subprefeita de São Paulo (zona norte).

Cursos para comunidade

Dois cursos serão promovidos pela Arlec neste ano, com os acadêmicos Aguinaldo Gonçalves (Criação de texto e transfiguração pessoal) e Luiz Dino Vizotto (Animais peçonhentos).

Comemoração dos 10 anos

Em julho, a Arlec vai celebrar seus 10 anos de fundação com um concerto Cameristi Veneti, em que a Orquestra Sinfônica de Rio Preto será regida pelos maestros Gilmar de Assis e Claudio Colmanet, de Belluno (Itália). O concerto está programado para o dia 28 de julho, no Teatro Municipal. Já no Riopreto Shopping, será realizada uma exposição com trabalhos de acadêmicos da Arlec ligados às artes visuais: Maria Helena Curti, Araguaí Garcia, Lézio Júnior, Jocelino Soares, Norma Vilar e Luiz Dino Vizotto. Também haverá o lançamento da edição comemorativa da revista literária Kapiiuara. 

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso