X

Diário da Região

22/02/2018 - 00h30min / Atualizado 21/02/2018 - 20h01min

Uma mulher empoderada

O poder do salto alto no filme A Grande Jogada

Uma das grandes estrelas de Hollywood na atualidade, atriz Jessica Chastain encara um universo dominado por homens no filme A Grande Jogada, que estreia hoje

Divulgação Jessica Chastain arrasa com sua atuação em A Grande Jogada, mas não conseguiu indicação ao Oscar
Jessica Chastain arrasa com sua atuação em A Grande Jogada, mas não conseguiu indicação ao Oscar

O empoderamento feminino no cinema e na música, evidenciado pelo movimento de mulheres que resolveram dar um basta às desigualdades e aos assédios sofridos ao longo de décadas, tem feito das grandes premiações desses dois segmentos uma legítima plataforma de denúncia e mobilização. Assim foi com o Grammy Awards e o Globo de Ouro. E assim será com o Oscar, cuja cerimônia de premiação está marcada para o dia 4 de março.

Apesar de não ter sido indicada para concorrer à estatueta de melhor atriz - em mais uma daquelas típicas injustiças que ocorrem somente no Oscar -, Jessica Chastain é bastante engajada na luta contra a discriminação sofrida pelas mulheres e pelas minorias em Hollywood. E a sua personagem no filme A Grande Jogada, que estreia em Rio Preto nesta quinta-feira, 22, configura-se como uma espécie de ícone dessa bandeira levantada por movimentos como #MeToo e Time's Up.

Com pouco mais de dez anos de carreira, Jessica é uma das maiores estrelas de Hollywood na atualidade. Já foi indicada duas vezes ao Oscar, pelas atuações memórias nos filmes Histórias Cruzadas (2011) e A Hora Mais Escura (2012), além de ter concorrido em cinco edições do Globo de Ouro, vencendo em uma delas.

O que a personagem da atriz tem de mais precioso em A Grande Jogada, o primeiro longa do roteirista Aaron Sorkin como diretor, é a representação da força feminina em um ambiente dominado por homens: o universo dos jogos de pôquer. 

A trama de A Grande Jogada, que rendeu a Sorkin uma indicação ao Oscar de melhor roteiro adaptado, é baseada na vida de Molly Bloom, ex-esquiadora olímpica que foi forçada a abandonar a profissão após um acidente, criando um verdadeiro (e milionário) império do pôquer. O filme acompanha dois momentos distintos dessa trajetória: a ascensão no mundo do pôquer, desde um pequeno barzinho em que trabalhava como garçonete até a luxuosa cobertura que recebeu inúmeras celebridades; e a bancarrota provocada por sua prisão pelo envolvimento com a máfia russa.

No mundo do pôquer, Molly foi uma mulher focada em seus objetivos. Jamis se envolveu afetivamente ou sexualmente com os jogadores, tendo de resistir aos mais variados tipos de provocação, xingamento e tentativa de manipulação. E Jessica trabalhar essa particularidade da personagem com maestria, tendo como apoio as falas pontuais e bem colocadas que sempre pautaram os roteiros assinados por Sorkin. Ou seja, uma parceria e tanto entre diretor e atriz.

Por mais que o universo do pôquer possa ser algo distante para muitas pessoas, o roteirista e diretor constrói uma trama criminal acessível para a maioria, sem recorrer à espetacularizações comuns em produções do gênero.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso