X
X

Diário da Região

27/02/2018 - 00h30min / Atualizado 26/02/2018 - 19h15min

RESGATE

Exposição resgata a história do cinema

'O cinema no centro dessa história' está em cartaz no Praça Shopping

Mara Sousa 26/2/2018 Exposição O cinema no centro dessa historia - exposição do Cine Rio Preto no Praça Shopping
Exposição O cinema no centro dessa historia - exposição do Cine Rio Preto no Praça Shopping

Os centros das cidades guardam grande parte da história de um local. E em Rio Preto não é diferente. O prédio onde abriga o Praça Shopping, por exemplo, sediou até 1988 o Cine Rio Preto, que foi a maior sala de cinema do interior de São Paulo. No local, que tinha um clima mais intimista e aconchegante, muitos amigos, vizinhos e casais apaixonados assistiram filmes clássicos e raros que fizeram a cabeça de muito cinéfilo, como Perdidos na Noite, Ensina-me a Viver, O Poderoso Chefão e Laranja Mecânica.

Agora, os cinéfilos que não saíam do Cine Rio Preto podem ir novamente até o prédio, que hoje abriga o centro de compras, e reviver os momentos de lazer por meio de uma exposição. A partir desta segunda-feira, 26, no Praça Shopping (piso da rua Bernardino de Campos), acontece a mostra O cinema no centro dessa história, que conta a trajetória de um dos maiores cinemas do noroeste paulista e também do cinema mundial.

O evento, que integra as comorações dos 20 anos do shopping, está organizado em um espaço de 113 metros quadrados. No local, o visitante vai viajar pela história do cinema mundial, conhecendo fatos e filmes que marcaram a história da sétima arte. A mostra é formada por fotos, objetos de época, panfletos, trilhas sonoras, filmes e reportagens que relembram o período de funcionamento do Cine Rio Preto, que foi fundado em 24 de dezembro de 1940 e tinha 2.144 lugares.

Marcos Fernandes, superintendente do Praça Shopping, afirma que a exposição tem o objetivo de resgatar a lembrança ou estimular o conhecimento de quem não viveu aquela época. "O público terá contato com diferentes partes do universo do cinema." O visitante verá algumas antiguidades da sétima arte, como projetores antigos, e também réplicas da estatueta do Oscar. "O público verá equipamentos de audiovisual das décadas de 50, 60, 70 e 80."

Além dos materiais gráficos, a exposição conta com um rico material de pesquisa. "Vamos mostrar, por exemplo, a evolução tecnológica do cinema. "A produção do filme 3D teve início na década de 50. É uma curiosidade que mostra o investimento dos produtores desde este período e a gente não tem noção."

Para formatar a exposição, o shopping fez uma parceria com o Museu da Imagem e do Som Rio Preto Em Foco, que traz em seu acervo fotografias, vídeos e objetos que fizeram parte da história da cidade. Peças do museu mantido pelo historiador e músico Fernando Marques também fazem parte da mostra. Na lista, inclui um projetor de cinema 35mm, câmera americana, cadeirinhas de um cinema de Catanduva e carreteis de filmes.

Fernando Marques afirma que a exposição é uma forma de manter viva as lembranças do cinema de décadas atrás. "Tem até chiclete na parte de baixo das cadeirinhas. Mantemos a originalidade das peças. Quem for até o shopping vai fazer uma viagem no tempo", afirma o historiador, que afirma que o Museu ainda não está em funcionamento em Rio Preto, na rua Delegado Pinto de Toledo, mas mantém a itinerância e circulação das peças.

A exposição, neste formato, ficará aberta para visitação até o dia 26 de março. No entanto, o projeto terá desdobramentos. O shopping está planejamento promover projeções de filmes de época. "Queremos que os frequentadores do Cine Rio Preto relembrem os bons momentos que passaram aqui ao lado de amigos e da família", afirma Marcos Fernandes. A exposição poderá ser visitada por grupos de estudantes, mediante agendamento feito pela escola na administração do Praça Shopping.

Serviço

  • Exposição O cinema no centro dessa história. Até dia 26 de março, no Praça Shopping (piso da rua Bernardino de Campos). Gratuito. Informações: (17) 2139-2900.

 

Casa da Janela vai exibir longas alternativos

Divulgação Ubirathan Do Brasil vai promover sessões de filmes independentes e lado B
Ubirathan Do Brasil vai promover sessões de filmes independentes e lado B

O espaço de convivência Casa das Janelas, localizado no Santa Cruz, vai lançar um projeto que evidência o cinema. A partir da próxima segunda-feira, 5, o espaço liderado pelo poeta Ubirathan Do Brasil vai iniciar o projeto Segundas Intenções, que contará com sessões ao ar livre de filmes alternativos, independentes e documentários. A iniciativa também é feita em parceria com o historiador e músico Fernando Marques.

Brasil afirma que, com o fim dos cinemas de rua, sobram os estabelecimentos nos shopping, cuja a programação reúne apenas filmes de circuito comercial. "Aqui em Rio Preto apenas o Sesc abre espaço para os não comerciais. Antigamente tínhamos o Cine Eldorado, que foi fechado. No entanto, existe uma grande demanda de produções no mercado e público carente em Rio Preto." O ingresso de cada sessão custará R$ 2.

O projeto quer também valorizar os cineastas locais por meio de sessões especiais. Além da exibição dos filmes, o projeto vai promover ainda bate-papos e vai estimular a produção local para que o posteriormente o material seja exibido na Casa da Janelas. Outra iniciativa é exibir filmes de película, que inclui mudos e preto e branco. O projeto visa ainda se transformar em um cineclube com itinerância. "O objetivo é levar as sessões pedagógicas para outros lugares, que inclui escolas e até a favela da Vila Itália."

O primeiro filme que será exibido na próxima segunda, 5, às 19h30, é Febre de Rato, longa de Cláudio Assis, o mesmo diretor de Amarelo Manga e Baixio das Bestas. O filme conta a história do poeta Zizo (Irandhir Santos), um anarquista inconformado, que expressa sua indignação em seu tabloide e seus poemas. O espaço de convivência vai vender pipoca e bebidas para os cinéfilos.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso