X

Diário da Região

19/02/2018 - 17h17min / Atualizado 19/02/2018 - 17h17min

RIO PRETO

Saúde analisa cenário de Doenças e Agravos Não-Transmissíveis

A I Oficina de Vigilância de Doenças e Agravos Não-Transmissíveis (DANT) e Promoção de Saúde começou nesta segunda-feira, 19, e segue até sexta-feira, 23

Divulgação/SMCS Oficina segue até sexta-feira, 23, em Rio Preto
Oficina segue até sexta-feira, 23, em Rio Preto

São José do Rio Preto é referência em Saúde para região, Estado de São Paulo e também em âmbito nacional – haja vista seus excelentes índices de longevidade e baixa mortalidade infantil, por exemplo. 

Nesse sentido, a Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, segue com esforços para avançar ainda mais na melhoria dos serviços oferecidos por meio da rede pública à população e realiza até a sexta-feira, 23, a I Oficina de Vigilância de Doenças e Agravos Não-Transmissíveis (DANT) e Promoção de Saúde. 

O evento teve início na manhã desta segunda-feira, 19, no auditório da Fundação Faculdade de Medicina de Rio Preto, com a presença do secretário interino de Saúde, André Baitello, e o diretor técnico da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo, Marco Antônio de Moraes. 

“O objetivo é qualificar e ampliar os subsídios da rede de saúde e da rede intersetorial para a promoção, prevenção e assistência às doenças crônicas não transmissíveis e aos agravos decorridos das violências e acidentes”, destaca Baitello. 

De acordo com a palestrante Elaine Machado, professora do Departamento de Medicina de Família, Saúde Mental e Saúde Coletiva da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP), as doenças e agravos não-transmissíveis são a causa de 70% das mortes registradas no País. Chamadas de DANTs, incluem um enorme grupo de doenças como as cardiovasculares, diabetes, além de danos por causas externas. 

“Vamos reconhecer o cenário local em relação às DANTs. Quantas pessoas no município têm diabetes, hipertensão, estão em condições de risco, como obesidade ou tabagismo. Com esses instrumentos, os gestores têm condições de planejar ações voltadas à prevenção ao público em vulnerabilidade. Os equipamentos de saúde são pensados para melhor acolher os usuários da rede”, explica Machado.

A especialista destaca que o maior desafio é extrapolar os limites da Saúde, pois trata-se de um enfrentamento estrutural e coletivo, que exige soluções das mais diversas frentes do poder público, todos trabalhando pela promoção da saúde e qualidade de vida. 

“Rio Preto está à frente de muitos municípios, considerando que está 100% informatizado – o que facilita acesso e análise de dados – e o município conta com uma extensa rede de Saúde. O caminho é pensar como fazer esses fluxos convergirem e 'conversarem', analisados conjuntamente. A partir daí, definimos linhas de cuidados para que o usuário não se 'perca' ao longo do caminho”, avalia.

Cerca de 60 gestores da Saúde de Rio Preto participaram hoje da Oficina, que segue com extensa programação e renomados palestrantes até o fim da semana.

PROGRAMAÇÃO 

20/02/2018 – TERÇA-FEIRA

Tema- Oficina Laboratório de Análise de Dados

Horário: 8h às 12h e das 13h às 17h.

Local: Laboratório de Informática da Secretaria Municipal de Educação

Propósito Geral: Desenvolver habilidade técnica e ampliar o conhecimento quanto a análise de dados dos indicadores de saúde do município, por meio do uso de sistema de informação e a aplicação destes na reformulação de propostas de revisão de fluxos e protocolos de assistência.

Participantes: Profissionais dos serviços de saúde da SMS e do Grupo Gestor Intersetorial.

21/02/2018 – QUARTA-FEIRA

Tema – Promoção da Saúde

Horário: 8h às 12h e 13h às 17h.

Propósito Geral: Conceituar o que é Promoção da Saúde, elaborar dados dos indicadores da situação de promoção de saúde do município com o objetivo de subsidiar a aplicação destes na reformulação das propostas da política intersetorial municipal.

Participantes: Profissionais dos serviços de saúde da SMS, Conselhos de Direitos e do Grupo Gestor Intersetorial (Secretarias municipais e Sociedade Civil Organizada).

22/02/2018 – QUINTA-FEIRA

Tema: Vigilância de Violências

Horário: 8h00 às 12h e das 13h às 17h00.

Propósito Geral: Conceituar o que é a vigilância de violências, discutir a revisão de fluxos e protocolos e instituir estratégias para a melhoria da assistência em rede intersetorial.

Participantes: Profissionais dos diversos serviços das secretarias municipais de saúde, assistência social, educação, vara da infância e juventude, conselhos de direitos e parcerias da Sociedade Civil Organizada.

23/02/2018 – SEXTA-FEIRA

Tema: Laboratório de Análise de Dados com o uso da ferramenta EPI INFO

Horário: 8h às 12h e 13h às 17h.

Propósito Geral: Desenvolver habilidade técnica e ampliar o conhecimento quanto à análise dos indicadores de violências de residentes do município, por meio do uso da ferramenta Epi Info e a aplicação destes na reformulação de propostas de revisão de fluxos e protocolos de assistência.

Participantes: Profissionais dos serviços de saúde da SMS e do Grupo Gestor Intersetorial.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso