X
X

Diário da Região

25/02/2018 - 11h50min / Atualizado 25/02/2018 - 11h50min

SONHO REALIZADO

Trem Caipira embarca para mais uma viagem

Professora aposentada Claudecir de Lourdes Pascutti, 62 anos, realizou seu sonho: andar de trem pela primeira vez; o marido embarcou junto nessa experiência

Luna Kfouri Casal de aposentados Claudecir de Lourdes Pascutti e Reginaldo Amaral
Casal de aposentados Claudecir de Lourdes Pascutti e Reginaldo Amaral

Relembrando as antigas estações de trem, a Estação Ferroviária de Rio Preto ficou lotada de passageiros que aguardavam para a viagem no Trem Caipira. Cerca de 60 pessoas embarcaram na manhã deste domingo, 25, por volta das 10h10. Os passageiros saíram da Estação Ferroviária de Rio Preto sentido Engenheiro Schmitt. Nesta viagem, presenças mais que especiais dos alunos da Apae da cidade, que fizeram uma linda apresentação antes do embarque. Ao todo, 45 alunos da instituição embarcaram.

E dentre tantos passageiros, o casal de aposentados, Claudecir de Lourdes Pascutti, 62, e Reinaldo Amaral, 69 anos, chamou a atenção. O sonho de Claudecir era andar de trem, e ela foi equipada para conseguir realiza-lo. Vestidos iguais, com bermuda xadrez e blusa rosa claro, a professora aposentada levava uma mala com água, troca de roupa, remédios e até mesmo capa de chuva, caso o tempo mudasse durante o percurso. "Estou muito ansiosa. Está sendo uma viagem especial, maravilhosa. Tudo aqui nos remete à lembranças, como por exemplo, as pessoas nos recepcionando, a compra dos bilhetes, é uma recordação muito boa, estou apreciando tudo."

Casados há dois anos, o diretor de escola aposentado conta que já tinha viajado de trem e que já é um costume o casal viajar com roupas iguais, junto com a família. "Já saímos em quatro pessoas vestidos iguais e foi muito legal. O pessoal quer parar para ver."

Outro casal que também aguardava pela viagem era a manicure Marta Lidiane, 45 anos, e Ediberto Silva, 44 anos. "Eu acho que vai ser muito boa a viagem. Ficamos curiosos e resolvemos vir hoje", diz a manicure.

Durante a viagem um guia de turismo credenciado irá apresentar aos passageiros a história de Rio Preto e de Schmitt. Na chegada ao distrito os viajantes poderão desfrutar dos famosos doces de Schmitt, do museu caipira e das barracas de artesanato na praça da igreja de Santa Apolônia.

O percurso entre São José do Rio Preto e o Distrito de Engenheiro Schmitt tem 10,5km e leva 45 minutos.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso