Diário da Região

23/02/2018 - 22h35min / Atualizado 23/02/2018 - 22h35min

SEM POUPAR TEMPO

Pacientes saem sem agendamento em UBS

Pessoas esperam horas no postinho do Solo Sagrado, mas não conseguem senha

Millena Grigoleti 23/02/2018 Fila de pacientes na UBS do Solo Sagrado: muitas pessoas vão embora sem conseguir atendimento
Fila de pacientes na UBS do Solo Sagrado: muitas pessoas vão embora sem conseguir atendimento

Desde que o Centro Médico de Especialidades (CME) teve início, os rio-pretenses vêm enfrentando longas filas, sobretudo na Unidade Básica de Saúde (UBS) do Solo Sagrado, para conseguir marcar consultas e exames. O atendimento começa às 7h e a fila avança de dentro do postinho e toma grande parte da calçada. Não raro chegam às 16h - horário em que as atividades terminam - e o paciente vai para casa sem conseguir marcar nada depois de ter ficado horas de pé e às vezes sob o sol.

É o que aconteceu durante toda essa semana com a dona de casa Élida de Souza, que precisa agendar uma consulta da filha com o neurologista, especialidade oferecida no Poupatempo da saúde. Ela foi desde segunda-feira, 19, até sexta-feira, 23, à UBS do Solo Sagrado. Nessa sexta, esperava ter sucesso. "É todo dia essa fila. Eu não cheguei até lá na frente porque a senha tinha acabado. Hoje cheguei mais cedo. Por mais difícil que era no ARE, marcava na hora", diz.

Élida conta que por volta das 15h os funcionários distribuem senhas. Quem não pegar vai ficar sem agendamento naquele dia. A reportagem apurou que poucos funcionários trabalham na regulação, uma das razões da demora do processo.

A dona de casa Josiane dos Santos Diogo, de 29 anos, também foi várias vezes ao posto. Gestante, ela não consegue ficar de pé por muito tempo, por isso acabou desistindo. Tentou de novo nesta sexta-feira, 23. "Preciso agendar para aqui mesmo para tirar sangue, fazer ultrassom para começar meu pré-natal."

A também dona de casa Mônica Cristina Tavares, de 41 anos, tem que marcar consulta com o dermatologista do Centro Médico de Especialidades para si e para o marido. "Estou desde a semana passada vindo aqui todos os dias, essa fila grande. A gente acaba voltando. Tem hora que vem e não tem mais senha", afirma. "O sentimento é de revolta."

Benedita Augusta da Silva, costureira de 72 anos, espera desde agosto por uma ultrassonografia que seria marcada nesta sexta-feira, 23.

Elisabete Assis do Prado, trabalhadora autônoma de 61 anos, precisa desde o início do mês marcar consulta com oftalmo e otorrinolaringologista. "Eu chego aqui e a fila está dobrando o quarteirão, quem trabalha não tem condições. Só ontem (quinta) eu vim duas vezes, e esses dias dei uma passada, mas não deu para encarar." Ela acredita que seja preciso mais organização. "O atendimento tem que ser mais rápido", fala.

O secretário interino municipal de Saúde, André Baitello, reconhece o problema. Segundo ele, as filas existem também em outras unidades, mas em menor intensidade. Baitello garantiu que na próxima semana o município convocará agentes administrativos aprovados em concurso público para atuar nos postinhos e atribui a espera ao número de pacientes que estavam represados.

Ainda conforme o secretário, o número de consultas e exames está sendo ampliado.

O Centro Médico

O Centro Médico de Especialidades foi inaugurado em 8 de janeiro no Plaza Avenida Shopping com capacidade total para 1.920 consultas por dia - número que, segundo a Saúde, será atingido conforme a demanda. São 27 especialidades médicas, oito delas em pediatria.

Uma das facilidades anunciadas pela administração municipal é o fato de que o paciente não precisa mais ir até o local onde fará o exame e depois voltar para o Ambulatório de Especialidades (extinto ARE) para marcar o retorno. Os agendamentos são feitos todos no Poupatempo.

 

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso