Diário da Região

14/02/2018 - 22h06min / Atualizado 15/02/2018 - 15h12min

Social

Albergue agora atende como casa de passagem

Além de dormitório, local passa a oferecer banho e alimentação durante o dia

Nando Silva O Albergue Noturno Protetor do Pobres foi findado em 10 de março de 1946
O Albergue Noturno Protetor do Pobres foi findado em 10 de março de 1946

Criado para abrigar moradores de rua ou pessoas carentes que necessitam de um abrigo momentâneo, o Albergue Noturno Protetor dos Pobres de Rio Preto agora também funciona como casa de passagem. Além de dormir, os usuários também poderão tomar banho e se alimentar durante o dia.

O público- alvo são as pessoas adultas de ambos os sexos, além de famílias em situação de vulnerabilidade social, como imigrantes e moradores de rua. No local há dormitórios para homens, mulheres e famílias inteiras, totalizando 51 vagas.

Os interessados irão passar primeiramente por um processo de triagem com uma psicóloga no Centro Pop (Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua) antes de serem levados ao albergue. Confirmado o encaminhamento, o próximo passo é levar um documento original com foto, como RG, reservista ou carteira de habilitação, e levar ao local indicado. As pessoas podem residir no local durante o tempo limite de 3 meses.

"O nosso trabalho na casa de passagem é psicossocial. E como forma de encaminhá-los ao mercado de trabalho e ter uma renda extra são feitas oficinas com artesanatos para criarem cestos à base de jornais, por exemplo", é o que afirma a psicóloga Lana Bolsone, que complementa dizendo que a instituição está carente de profissionais em música e grupos socioeducativos e de autoajuda.

Atualmente, 18 pessoas trabalham no local, auxiliando os moradores que frequentam a casa de passagem. José Carlos dos Santos Pereira, 60 anos, é pedreiro de acabamento e descobriu o local através do Centro Pop, depois de morar por mais de 10 anos nas ruas. "A rua foi o meu refúgio depois de beber muito. Nem via passar a noite. Tinha dias que nem comia, era só no álcool. Hoje estou em reabilitação", conta.

De acordo com a assistente social da instituição, Sarah Assis, a população de Rio Preto também pode contribuir com a casa, doando roupas e produtos de higiene pessoal, como papel higiênico, absorvente, creme dental e aparelho para barbear.

(Colaborou Nando Silva)

Casa de Passagem

  • Serviços: Acolhimento Institucional em casa de passagem com direito a almoço, café manhã, da tarde e jantar.
  • Limite máximo: 10 usuários
  • Camas: 51 (total para homens, mulheres e recém-nascidos)
  • Horário de funcionamento: segunda a domingo e feriados (exceto Sexta-Feira da Paixão, Natal e Ano Novo), 24h por dia.
  • Endereço: Rua Independência, 2.611 - Centro, Rio Preto - SP.
  • Telefone: (17) 3232 - 8260

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso