X

Diário da Região

06/02/2018 - 15h18min / Atualizado 06/02/2018 - 15h18min

CARDOSO

A despedida de Lucas

Enterro de jovem que morreu eletrocutado foi marcado de homenagens e muita emoção

Reprodução Lucas, 22 anos, levou choque em poste de São Paulo
Lucas, 22 anos, levou choque em poste de São Paulo

O domingo seria de festa, com a companhia dos amigos, Lucas Antônio Lacerda da Silva, 22 anos, estava feliz por curtir o carnaval dos blocos de rua de São Paulo. Entretanto, a diversão deu lugar a tristeza, após o jovem levar um choque ao encostar em um poste de sinalização de trânsito nas esquinas das ruas Consolação e Matias Aires, no centro de São Paulo.

Natural de Cardoso, o estudante de engenharia biomédica, adorava trabalhos voluntários e tinha como um de seus lemas de vida o ato de ajudar ao próximo. Contudo, aos 22 anos teve seu sonhos encerrados com a fatalidade ocorrida na tarde de domingo em meio a alegria carnavalesca, do Bloquinho de Carnaval Acadêmicos do Baixo Augusta.

Na manhã desta terça-feira, 6, foi realizado o enterro do jovem, que tinha comemorado na sexta-feira aniversário. Nas redes sociais, amigos e familiares prestaram homenagens durante todo o dia.

“Quero deixar um alerta para os jovens. Cuidado com os bloquinhos de Carnaval. Perdi um filho, um amigo, uma pessoa incrível. Nesse domingo da forma mais estúpida, encostou em um poste na Consolação e morreu eletrocutado. Cuidem de vocês, das suas vidas. Nossa vida é tênue demais. Que Deus conforte nossos corações”, diz a mãe de um dos amigos de Lucas.

Amigos também deixaram homenagens ao jovem: “Cicatrizes contam a nossa história e nossa, que talho eu ganhei hoje. A vida me deu um irmão, sem explicação. Da mesma forma como a morte reivindicou o presente, sem mais nem menos. Da última vez que conversamos de verdade, você pegou a minha dor e fez sua, como sempre fazia, e chorou comigo, tanto o medo de perder a mim ou a um dos meninos. Você entendia o que eu estava passando”, comentou o amigo André Ruas.

Cheio de sonhos e motivado a mais um ano de estudos foi assim que o jovem Lucas foi pular carnaval no céu. “2017 foi daqueles anos intensos, muito choro, mas muito sorriso. Muita pertubação, mas muita plenitude. Daqueles anos que, ao fim, cada alto, cada baixo valeu a pena. Ano de conhecer novas pessoas e lugares, de me aproximar ainda mais daqueles que já conhecia. Ano que conheci mais e percebi o quanto ainda tenho para conhecer”, completa Lucas, em publicação do dia 31 de dezembro de 2017.

(Colaborou Rone Carvalho)

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso