Homem que matou ex confessa outro homicídioÍcone de fechar Fechar

CRIMES BRUTAIS

Homem que matou ex confessa outro homicídio

Jovem confessou ter cometido outro homicídio na cidade, em março de 2017, contra um rapaz que, segundo ele, teria envolvimento com a ex-namorada


    • São José do Rio Preto
    • máx min

O homem que matou a ex-namorada na madrugada da última terça-feira, 13, em Votuporanga, confessou à polícia ter cometido outro homicídio na cidade, em março de 2017, contra um rapaz que, segundo ele, teria envolvimento com a ex-namorada.

Segundo o delegado Márcio Nobuyoshi, na confissão do crime contra a jovem Maria Letícia, o rapaz admitiu ter matado Aldo Oliveira. “Durante os trabalhos de prisão dele surgiu a informação que ele estava envolvido no homicídio do Aldo, em 2017. O caso está praticamente solucionado, ele acabou confessando o crime. Segundo ele, o motivo na ocasião seria um flagrante de Aldo e Maria Letícia se beijando”, explicou o delegado.

A pena máxima para homicídios é de 30 anos e por conta dos dois homicídios, o criminoso pode pegar 60 anos de cadeia.

Feminicídio

Maria Letícia foi assassinada na madrugada desta terça-feira, 13, no bairro Paineiras, em Votuporanga. Segundo a polícia, o rapaz foi até a residência onde a jovem morava com alguns amigos e desferiu vários golpes de faca contra ela.

A jovem foi atingida por 14 facadas, algumas delas atingiram a região do coração e barriga. Após cometer o crime, o rapaz foi até a delegacia de plantão para se entregar. Ele contou ao delegado que não aceitava o fim do relacionamento e por isso a matou. 

(Colaborou Victor Stok)