X

Diário da Região

05/02/2018 - 22h52min / Atualizado 05/02/2018 - 22h52min

Troca de tiros

PM diz que atirou para se defender

Ele matou perito com seis tiros após confusão em lanchonete de Rio Preto

Reprodução Eduardo Teixeira Moreno trabalhava como perito na região de Fernandópolis
Eduardo Teixeira Moreno trabalhava como perito na região de Fernandópolis

O policial militar Luis Carlos Fragoso, autor do disparos que mataram o perito criminal da Polícia Civil Eduardo Texeira Moreno, 27 anos, no último sábado, dia 3, diz que atirou em legítima defesa. O homicídio está sendo investigado pela Delegacia de Investigações Gerais (DIG) e apurado internamente pela PM.

Fragoso foi preso, mas solto horas depois em audiência de custódia no Fórum de Rio Preto e responde em liberdade. Ele exerce função administrativa na PM. Eduardo trabalhava como perito na região de Fernandópolis, mas morava em Rio Preto.

O crime ocorreu na frente de um bar na avenida Murchid Homsi. Segundo boletim de ocorrência, Eduardo chegou ao local em uma moto, discutiu com clientes e depois teria atirado contra o bancário Fábio Renato da Silva, de 48 anos. Neste momento, o PM, que estaria no bar acompanhado de familiares, deu voz de prisão para Eduardo.

"Eu estava com minha família no bar e casais de amigos. Quando eu vi a cena, dei voz de prisão para o rapaz. Ele disse que não ia baixar a arma porque era policial. Além de não obedecer, ele atirou duas vezes contra mim. Não tive outro jeito, senão atirar também", afirma o policial. O perito foi morto após ser atingido por seis tiros.

Mateus Texeira Moreno, 26 anos, irmão de Eduardo, contesta a versão do boletim de ocorrência. Segundo ele, o irmão só sacou a arma depois de ser atingido por uma cadeirada. "Está tudo errado. Estou aguardando a perícia técnica que vai desmentir toda esta história. Qualquer pessoa lê este boletim de ocorrência e vê que tem algo errado. Deram uma cadeirada no meu irmão, antes de tudo começar", critica.

Ele diz que morava com o irmão em uma casa próxima da lanchonete e os clientes estacionavam na frente da garagem do imóvel. "Meu único irmão. Ele foi assassinado. É bem difícil. Só quero a verdade, vou esperar o laudo para mostrar para todo mundo. A verdade vai vir à tona", diz.

Depois de ser periciado no IML de Rio Preto, o corpo de Eduardo foi enviado para sepultamento em Cachoeira do Itapemirim, no Espírito Santo.

Ferido na confusão, o bancário Fábio atendeu ligação da reportagem na tarde desta segunda-feira, 5, dizendo que não poderia falar porque estava em uma audiência, depois não atendeu mais os telefonemas.

Investigação

Segundo o delegado coordenador da DIG, Fernando Tedde, a apuração ficará a cargo do delegado Wander Solgon, que deve começar a ouvir nesta terça-feira, 6, as testemunhas do caso.

O porta-voz da PM, capitão Rafael Henrique Helena, afirma que a corporação irá averiguar a conduta de Fragoso para fins administrativos, mas ele não será afastado das funções.

Todas as armas do policial e do perito foram enviados ao Instituto de Criminalística de Rio Preto para verificar quantos tiros foram disparados.

 

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso