Reza, reflexão e propostasÍcone de fechar Fechar

Reza, reflexão e propostas


    • São José do Rio Preto
    • máx min

Criada em 1964, a Campanha da Fraternidade serve para os católicos usarem os 40 dias da Quaresma para debater os temas propostos, rezar e propor medidas para reverter a situação.

O padre Gerson afirma que a intenção é debater além da violência provocada pelo crime, mas também a violência gerada pela pobreza, contra mulher e criança, nos meios de comunicação e até na intolerância propagada nas redes sociais.

A diocese de Jales vai fazer o lançamento da campanha às 9h de quarta-feira, na Escola Vocacional de Jales, que será celebrada pelo bispo Dom José Reginaldo Andrietta, com participação de policiais civis e militares, educadores e membros de pastorais sociais. "Importante debater este tema neste momento que a sociedade enfrenta vários tipos de violência, não só em crimes, mas também nos jogos eletrônicos, nas posturas das pessoas em redes sociais e até dos veículos de comunicação de massa, que devem ter cuidado para não propagar mais a violência com seus programas", diz o bispo.

Dom José afirma que a proposta de todas as dioceses é usar os 40 dias da quaresma para fazer a sociedade, não só os católicos, pensar formas de reduzir a violência no cotidiano.

"Não podemos deixar de refletir sobre os danos causados sobre outros tipos de violência como a econômica, de exploração dos trabalhadores, da invasão das reservas indígenas, racismo, e o mal causado por políticos envolvidos em corrupção que violentam a sociedade quando desviam verbas públicas para enriquecer", critica.

Procurado pela reportagem, o bispo de Rio Preto, dom Tomé, não quis dar entrevista.