X
X

Diário da Região

17/01/2018 - 17h45min / Atualizado 26/01/2018 - 14h09min

TEMPEROS SAUDÁVEIS

Ervas e especiarias levam uma pitada de saúde para seu prato

Além de aguçar o paladar, temperos também são ótimos aliados para fortalecer o sistema imunológico

Pixabay Temperos dão sabor e cor aos alimentos
Temperos dão sabor e cor aos alimentos

Comuns na cozinha brasileira, os temperos são os protagonistas para dar mais sabor aos alimentos e o toque especial na receita. Mas além de aguçar o paladar, eles também são ótimos aliados para fortalecer o sistema imunológico. "Ao compreender a melhor forma da utilização de cada uma delas desde a preparação, é possível aproveitá-las diariamente para aliar sabor e benefícios à saúde", diz a nutricionista Cintya Bassi, nutricionista do Hospital e Maternidade São Cristóvão.Podem ser encontradas em qualquer mercado: secas, a granel ou em saquinhos, mas a maioria delas pode ser cultivada em casa para serem consumidas frescas. Outra vantagem é que as ervas e especiarias também têm boa resposta também na desintoxicação do organismo.

"Costumo dizer que são pitadas de saúde no dia a dia", diz Andréia Naves, educadora física e nutricionista. "Além de colaborar na redução do sal, as ervas têm propriedades funcionais", diz a nutricionista Flávia Cesar, coach de saúde, vitalidade e redução de peso. As especiarias desidratadas são ricas em substâncias antioxidantes, entre elas a curcumina, o gingerol, a capsaicina, a alicina, a quercetina e os flavonoides. "Os condimentos podem ser utilizados com frequência na alimentação, uma vez que são importantes substitutos para a maioria dos temperos prontos ricos em sódio.

Eles combatem os radicais livres, impedem a oxidação das células e com isso previnem contra o envelhecimento precoce, estimulam a digestão, auxiliam na função hepática, têm propriedades diuréticas, entre outros benefícios", diz a nutricionista Roberta Cassani, doutora em investigação biomédica.

Pequenas pitadas de saúde

Açafrão-da-terra - Com gosto suave e cor amarela, ela adiciona toque floral aos alimentos. De tão delicado pode ser acrescentado até a sobremesas. Os espanhóis são os melhores na produção de açafrão, então vale gastar mais para comprar o produto importado que contém mais manganês, potássio, vitaminas A C e E. Segundo a nutricionista Flávia Pinto César, tem uma propriedade única de prevenção e tratamento do mal de Alzheimer. Também tem ação antidepressiva e melhora a disposição e o humor. Riquíssimo em antioxidantes e é anti-inflamatório. Dica: use uma colher (café) por dia dissolvida em geleia, mel ou iogurte e adicionada em sucos pela manhã.

Alecrim - Além de temperar alimentos, dá aroma a fragrâncias de perfumes. Deriva da palavra alegria, o que justifica o fato de proporcionar bem-estar. Acrescente um ou dois ramos desta erva mediterrânea na carne e legumes neutros como as batatas e garanta um sabor sofisticado ao prato. No supermercado você encontra a versão seca com facilidade mas a fresca é mais saborosa.

Canela - Com seu sabor intenso e inconfundível, já ganhou posição de destaque entre os ingredientes nos cardápio de doces, salgados e bebidas. A versão em pau é mais poderosa e deve ser usada no preparo de alimentos quentes. O calor faz com que a substância aldeído cinâmico, responsável pelo sabor e cheiro seja liberada. Em pó, combina com doces à base de leite, café e chá. Embora poucos saibam, combina com carne bovina e de caça. Tem propriedades anti-inflamatória e, segundo a nutricionista Flávia Pinto César, é afrodisíaca.

Cardamomo - Pequenas sementes dentro de bagas secas, de sabor picante e quase adocicado. Pode ser incorporado em doces, chás, sopas e picles. Perfeito para temperar pães e aromatizar café. Mastigado depois da refeição refresca o hálito e atua como digestivo. Muito utilizado na culinária e na medicina tradicional asiática, ainda é pouco conhecido no Brasil. As sementes contem proteína, água, óleo essencial, carboidratos e fibra. Possui propriedades curativas, entre elas antisséptica, digestiva, diurética, expectorante e laxante. Regula o metabolismo, ajuda a curar a artrite e é um bom suplemento para os diabéticos

Cebolinha - Usada como tempero há mais de 5 mil anos, faz dupla imbatível com a salsa. É rica em vitaminas A e C e deixa qualquer caldo mais saudável e apetitoso. É rica em sais minerais, cálcio, fósforo e niacina (estimulante de apetite), possui propriedades digestivas. Também combate a gripe e doenças respiratórias

Coentro (folhas) - Seu cheiro inconfundível caracteriza a culinária nordestina, compondo pratos de peixes e frutos do mar. Dá personalidade a moquecas, ensopados. É diurético, estimulante e auxilia em problemas estomacais, trabalha a ansiedade, o nervosismo, o apetite em excesso, a cólica e gases

Cravo-da-Índia - Versátil, entra em pratos doces e salgados e em várias receitas de bebidas. Muito usado na China há milênios, hoje integra a cozinha de todo o mundo. Aromatiza arroz, chutneys e picles. É Antisséptico, auxilia na digestão,nas fraquezas sexuais, contra os gases e o fluxo menstrual.

Gengibre - Fresco, deve ser ralado na hora do preparo.. Tem propriedades anti-inflamatórias, sendo considerado uma ótima solução para dores. As propriedades terapêuticas do gengibre resultam da ação de várias substâncias (citral, borneol, zingerona, entre outras).

Hortelã - Delicada, refrescante e aromática, arremata molhos e saladas, enfeita e dá sabor a drinks e sobremesas. Na cozinha árabe entra em molhos e geleias para acompanhar legumes. Aromatiza chás, saladas e, cozida iogurte e alho, tempera vários pratos. Possui propriedades terapêuticas que dão à erva status de planta medicinal. Estimula o aparelho digestivo e tem também propriedades anestésicas. Também é rica em vitaminas C e A, cálcio e ferro. A vitamina C é um antioxidante poderoso e ajuda a sintetizar o colágeno. A vitamina A faz bem para a pele, os cabelos e os ossos

Louro - Se você nunca deu importância a essa folha seca, não sabe o que está perdendo. Primeiro porque a delicadeza do louro permite que ele seja usado para temperar qualquer prato, sem que se sobreponha ao sabor do alimento. Segundo porque é bastante aromático, característica importante no sucesso de um prato. Ainda contém ferro e é rico em vitaminas A e E, que têm propriedades antioxidantes. Use para temperar feijão e marinar carnes

Manjericão e manjerona - Emprestam frescor e combina com massa, molho de tomate, carnes e pizza. Também facilitam a digestão de pratos densos e gordurosos. Com ação antisséptica e desintoxicante, ajuda o organismo a driblar gripes e atenuar náuseas.

Noz-moscada - O adocicado da noz-moscada ajuda a equilibrar pratos pesados, feitos com queijo e leite. O molho branco, por exemplo, não fica completo sem ela. Doces à base de ovos também agradecem sua participação por aliviar o cheiro forte das gemas. Uma micro pitada já é suficiente. Compre o condimento na forma de semente e não na versão já ralada

Orégano - É recomendado na versão seca, uma vez que mantém o gosto mais acentuado. Use em molhos de tomate, carnes e pizza. Em molhos de cebola crua, usados para temperar as saladas, quebra a acidez. Garante uma mistura poderosa de substâncias antioxidantes que evitam o envelhecimento e protegem o coração. Dica: Antes de juntá-lo à receita, esfarele as folhas para intensificar o seu sabor.

Páprica - Nada mais é do que um pimentão seco e moído. Tem gosto marcante com um leve toque adocicado. Combina com carnes, batatas e até ovos cozidos. Em excesso, a páprica deixa o prato amargo. Sua qualidade é acelerar a queima de gordura.

Salsinha - De sabor discreto funciona mais ou menos como um coringa. De folhas macias, perfumadas e estéticas, enfeitam uma infinidade de pratos. Se comprar em ramos, deixe-os em uma copo d'água (duram mais do que na geladeira). As folhas de todos os tipos de salsa são ricas em vitaminas A, B1, B2, C e D, isto se consumidas cruas, já que o cozimento elimina parte dos seus componentes vitamínicos. A nutricionista Vera Siqueira Nicoletti lembra que é diurética e estimulante gástrico.

Tomilho - Considerado uma versão mais suave do orégano tanto no sabor quanto no aroma, o tomilho é uma das poucas ervas que combinam com os três tipos de carne: vermelha, frango e peixe. Ele ressalta o sabor natural desses alimentos e ajuda a salgá-los. Na versão seca, tem sabor mais intenso. Deve ser usado durante o cozimento para liberar seus óleos essenciais.

 

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso
Ervas e especiarias levam uma pitada de saúde para seu prato Diário da Região - Gastronomia
X
X

Diário da Região

17/01/2018 - 17h45min / Atualizado 26/01/2018 - 14h09min

TEMPEROS SAUDÁVEIS

Ervas e especiarias levam uma pitada de saúde para seu prato

Além de aguçar o paladar, temperos também são ótimos aliados para fortalecer o sistema imunológico

Pixabay Temperos dão sabor e cor aos alimentos
Temperos dão sabor e cor aos alimentos

Comuns na cozinha brasileira, os temperos são os protagonistas para dar mais sabor aos alimentos e o toque especial na receita. Mas além de aguçar o paladar, eles também são ótimos aliados para fortalecer o sistema imunológico. "Ao compreender a melhor forma da utilização de cada uma delas desde a preparação, é possível aproveitá-las diariamente para aliar sabor e benefícios à saúde", diz a nutricionista Cintya Bassi, nutricionista do Hospital e Maternidade São Cristóvão.Podem ser encontradas em qualquer mercado: secas, a granel ou em saquinhos, mas a maioria delas pode ser cultivada em casa para serem consumidas frescas. Outra vantagem é que as ervas e especiarias também têm boa resposta também na desintoxicação do organismo.

"Costumo dizer que são pitadas de saúde no dia a dia", diz Andréia Naves, educadora física e nutricionista. "Além de colaborar na redução do sal, as ervas têm propriedades funcionais", diz a nutricionista Flávia Cesar, coach de saúde, vitalidade e redução de peso. As especiarias desidratadas são ricas em substâncias antioxidantes, entre elas a curcumina, o gingerol, a capsaicina, a alicina, a quercetina e os flavonoides. "Os condimentos podem ser utilizados com frequência na alimentação, uma vez que são importantes substitutos para a maioria dos temperos prontos ricos em sódio.

Eles combatem os radicais livres, impedem a oxidação das células e com isso previnem contra o envelhecimento precoce, estimulam a digestão, auxiliam na função hepática, têm propriedades diuréticas, entre outros benefícios", diz a nutricionista Roberta Cassani, doutora em investigação biomédica.

Pequenas pitadas de saúde

Açafrão-da-terra - Com gosto suave e cor amarela, ela adiciona toque floral aos alimentos. De tão delicado pode ser acrescentado até a sobremesas. Os espanhóis são os melhores na produção de açafrão, então vale gastar mais para comprar o produto importado que contém mais manganês, potássio, vitaminas A C e E. Segundo a nutricionista Flávia Pinto César, tem uma propriedade única de prevenção e tratamento do mal de Alzheimer. Também tem ação antidepressiva e melhora a disposição e o humor. Riquíssimo em antioxidantes e é anti-inflamatório. Dica: use uma colher (café) por dia dissolvida em geleia, mel ou iogurte e adicionada em sucos pela manhã.

Alecrim - Além de temperar alimentos, dá aroma a fragrâncias de perfumes. Deriva da palavra alegria, o que justifica o fato de proporcionar bem-estar. Acrescente um ou dois ramos desta erva mediterrânea na carne e legumes neutros como as batatas e garanta um sabor sofisticado ao prato. No supermercado você encontra a versão seca com facilidade mas a fresca é mais saborosa.

Canela - Com seu sabor intenso e inconfundível, já ganhou posição de destaque entre os ingredientes nos cardápio de doces, salgados e bebidas. A versão em pau é mais poderosa e deve ser usada no preparo de alimentos quentes. O calor faz com que a substância aldeído cinâmico, responsável pelo sabor e cheiro seja liberada. Em pó, combina com doces à base de leite, café e chá. Embora poucos saibam, combina com carne bovina e de caça. Tem propriedades anti-inflamatória e, segundo a nutricionista Flávia Pinto César, é afrodisíaca.

Cardamomo - Pequenas sementes dentro de bagas secas, de sabor picante e quase adocicado. Pode ser incorporado em doces, chás, sopas e picles. Perfeito para temperar pães e aromatizar café. Mastigado depois da refeição refresca o hálito e atua como digestivo. Muito utilizado na culinária e na medicina tradicional asiática, ainda é pouco conhecido no Brasil. As sementes contem proteína, água, óleo essencial, carboidratos e fibra. Possui propriedades curativas, entre elas antisséptica, digestiva, diurética, expectorante e laxante. Regula o metabolismo, ajuda a curar a artrite e é um bom suplemento para os diabéticos

Cebolinha - Usada como tempero há mais de 5 mil anos, faz dupla imbatível com a salsa. É rica em vitaminas A e C e deixa qualquer caldo mais saudável e apetitoso. É rica em sais minerais, cálcio, fósforo e niacina (estimulante de apetite), possui propriedades digestivas. Também combate a gripe e doenças respiratórias

Coentro (folhas) - Seu cheiro inconfundível caracteriza a culinária nordestina, compondo pratos de peixes e frutos do mar. Dá personalidade a moquecas, ensopados. É diurético, estimulante e auxilia em problemas estomacais, trabalha a ansiedade, o nervosismo, o apetite em excesso, a cólica e gases

Cravo-da-Índia - Versátil, entra em pratos doces e salgados e em várias receitas de bebidas. Muito usado na China há milênios, hoje integra a cozinha de todo o mundo. Aromatiza arroz, chutneys e picles. É Antisséptico, auxilia na digestão,nas fraquezas sexuais, contra os gases e o fluxo menstrual.

Gengibre - Fresco, deve ser ralado na hora do preparo.. Tem propriedades anti-inflamatórias, sendo considerado uma ótima solução para dores. As propriedades terapêuticas do gengibre resultam da ação de várias substâncias (citral, borneol, zingerona, entre outras).

Hortelã - Delicada, refrescante e aromática, arremata molhos e saladas, enfeita e dá sabor a drinks e sobremesas. Na cozinha árabe entra em molhos e geleias para acompanhar legumes. Aromatiza chás, saladas e, cozida iogurte e alho, tempera vários pratos. Possui propriedades terapêuticas que dão à erva status de planta medicinal. Estimula o aparelho digestivo e tem também propriedades anestésicas. Também é rica em vitaminas C e A, cálcio e ferro. A vitamina C é um antioxidante poderoso e ajuda a sintetizar o colágeno. A vitamina A faz bem para a pele, os cabelos e os ossos

Louro - Se você nunca deu importância a essa folha seca, não sabe o que está perdendo. Primeiro porque a delicadeza do louro permite que ele seja usado para temperar qualquer prato, sem que se sobreponha ao sabor do alimento. Segundo porque é bastante aromático, característica importante no sucesso de um prato. Ainda contém ferro e é rico em vitaminas A e E, que têm propriedades antioxidantes. Use para temperar feijão e marinar carnes

Manjericão e manjerona - Emprestam frescor e combina com massa, molho de tomate, carnes e pizza. Também facilitam a digestão de pratos densos e gordurosos. Com ação antisséptica e desintoxicante, ajuda o organismo a driblar gripes e atenuar náuseas.

Noz-moscada - O adocicado da noz-moscada ajuda a equilibrar pratos pesados, feitos com queijo e leite. O molho branco, por exemplo, não fica completo sem ela. Doces à base de ovos também agradecem sua participação por aliviar o cheiro forte das gemas. Uma micro pitada já é suficiente. Compre o condimento na forma de semente e não na versão já ralada

Orégano - É recomendado na versão seca, uma vez que mantém o gosto mais acentuado. Use em molhos de tomate, carnes e pizza. Em molhos de cebola crua, usados para temperar as saladas, quebra a acidez. Garante uma mistura poderosa de substâncias antioxidantes que evitam o envelhecimento e protegem o coração. Dica: Antes de juntá-lo à receita, esfarele as folhas para intensificar o seu sabor.

Páprica - Nada mais é do que um pimentão seco e moído. Tem gosto marcante com um leve toque adocicado. Combina com carnes, batatas e até ovos cozidos. Em excesso, a páprica deixa o prato amargo. Sua qualidade é acelerar a queima de gordura.

Salsinha - De sabor discreto funciona mais ou menos como um coringa. De folhas macias, perfumadas e estéticas, enfeitam uma infinidade de pratos. Se comprar em ramos, deixe-os em uma copo d'água (duram mais do que na geladeira). As folhas de todos os tipos de salsa são ricas em vitaminas A, B1, B2, C e D, isto se consumidas cruas, já que o cozimento elimina parte dos seus componentes vitamínicos. A nutricionista Vera Siqueira Nicoletti lembra que é diurética e estimulante gástrico.

Tomilho - Considerado uma versão mais suave do orégano tanto no sabor quanto no aroma, o tomilho é uma das poucas ervas que combinam com os três tipos de carne: vermelha, frango e peixe. Ele ressalta o sabor natural desses alimentos e ajuda a salgá-los. Na versão seca, tem sabor mais intenso. Deve ser usado durante o cozimento para liberar seus óleos essenciais.

 

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso