Selic volta a cair em fevereiroÍcone de fechar Fechar

Taxa Básica

Selic volta a cair em fevereiro

Especialistas do mercado financeiro apostam que o Banco Central fará nova redução na taxa básica


    • São José do Rio Preto
    • máx min

Em meio às indicações do Banco Central de que pode continuar o processo de corte de juros em fevereiro, os economistas do mercado financeiro mantiveram suas projeções para a Selic para o fim de 2018. O Relatório de Mercado Focus, divulgado pelo Banco Central (BC) nesta segunda-feira, 29, trouxe que a mediana das previsões para a Selic este ano seguiu em 6,75% ao ano. Há um mês, estava no mesmo patamar. A Selic está atualmente em 7,00% ao ano.

Em dezembro, o Banco Central reforçou, por meio do RTI, a indicação de que pode reduzir a Selic em mais 0,25 ponto porcentual em fevereiro, de 7,00% para 6,75% ao ano. Ao mesmo tempo, a instituição afirmou que sua decisão dependerá da evolução da atividade, dos riscos para o cenário - como o ligado ao andamento das reformas -, das avaliações sobre o estágio do ciclo monetário e das projeções para os índices de preços.

O presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn, afirmou que a mensagem de política monetária de dezembro continua válida. Segundo ele, em fevereiro o BC vai observar os números disponíveis para decidir sobre o futuro da Selic.

No Focus agora divulgado, a projeção para a Selic em 2019 seguiu em 8,00% ao ano. Há um mês, estava em 8,25% ao ano. Já a Selic média de 2018 permaneceu em 6,75% ao ano, mesmo porcentual visto quatro semanas atrás. A taxa básica média de 2019 foi de 7,89% para 7,88%, ante 8,00% quatro semanas atrás.

Para o grupo dos analistas consultados que mais acerta as projeções (Top 5) de médio prazo, a taxa básica terminará 2018 em 6,50% ao ano, ante os 6,63% (porcentual que indicava divisão entre 6,50% e 6,75%) de uma semana antes. Há um mês, estava em 6,50%. No caso de 2019, a projeção do Top 5 para a Selic foi de 8,50% para 8,00%, ante 7,25% de quatro semanas antes.

Próximas reuniões

Os economistas do mercado financeiro projetam que a Selic cairá 0,25 ponto porcentual em fevereiro, de 7,00% para 6,75% ao ano. Neste ponto, o Banco Central encerraria o atual ciclo de cortes de juros. Essas projeções fazem parte do Sistema de Expectativas de Mercado do relatório Focus.

Os dados do Focus indicam que o mercado espera pela manutenção da Selic em 6,75% ao ano até janeiro de 2019, quando o BC daria início a um novo ciclo, com alta de 0,25 ponto porcentual da taxa básica, para 7,00%.

Nova elevação é esperada para fevereiro de 2019, para 7,25%. Depois, a projeção é de alta para 7,50% ao ano em março e para 7,75% em abril. Para maio de 2019, a taxa projetada é de 8,00% ao ano.

Inflação

Os economistas do mercado financeiro mantiveram suas projeções para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) para 2018 e 2019. O Relatório mostra que a mediana para o IPCA este ano seguiu em 3,95%. Há um mês, estava em 3,96%. Já a projeção para o índice de 2019 permaneceu em 4,25%, mesmo porcentual visto quatro semanas atrás.

Na prática, as projeções de mercado divulgadas nesta segunda no Focus indicam que a expectativa é de que a inflação em 2018 fique dentro da meta, de 4,5%, com margem de tolerância de 1,5 ponto porcentual (índice de 3,0% a 6,0%). Para 2019, a meta é de 4,25%, com margem de 1,5 ponto (de 2,75% a 5,75%).

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou no dia 10 de janeiro o IPCA de dezembro e de 2017. A inflação ficou em 0,44% no mês passado e em 2,95% no acumulado do ano.

Em dezembro, o Banco Central atualizou, por meio do Relatório Trimestral de Inflação (RTI), suas projeções para o IPCA: 4,2% em 2018; 4,2% em 2019; e 4,1% em 2020. Esses cálculos do BC levam em conta câmbio e juros variáveis, conforme as projeções do Focus.

Já a inflação suavizada para os próximos 12 meses foi de 4,00% para 4,01% de uma semana para outra - há um mês, estava em 3,90%.