X
X

Diário da Região

30/01/2018 - 18h45min / Atualizado 30/01/2018 - 18h45min

Painel de Ideias

Comida é pasto

Misturar molhos branco e bolonhesa no macarrão é outro hábito insólito. Confesso que já fiz isso. Quem não fez?

Divulgação Toufic Anbar Neto | mantenedor@faceres.com.br
Toufic Anbar Neto | mantenedor@faceres.com.br

Aconteceu numa famosa pizzaria. Não sou de me intrometer na vida dos outros. Mas não pude deixar de perceber o ocorrido. Após o garçom ter servido a pizza de muçarela, pediram catchup e mostarda. O garçom, primeiro inconformado e depois resignado, trouxe os ditos cujos. Pelo jeito, outros fregueses já tinham feito este pedido anteriormente. Uma outra adaptação famosa é a pizza com borda ou incrementada com gergelim. Dificilmente você encontra isso na Itália.

Fiquei pensando em combinações inusuais de alimentos. Lembrei-me de muita coisa que já vi e ouvi falar a respeito.

Vinagre na pipoca. Vale também para outros temperos que colocam na pipoca que não sejam sal ou manteiga.

Com bebidas alcoólicas acontece de tudo. Até pinga no café. O uísque é outro campeão. Ao que eu saiba é puro ou com gelo. Tem quem misture com guaraná (é a famosa combinação da década de 1960: 'whisky ago go'), água de coco, soda, água com gás e até limão. Aliás, eu que adoro limão, já o coloquei no macarrão e no arroz.

O que dizer do alimento universal, o pão. Pão com ovo, pão com macarrão ou sanduíche sem pão, o tal do lanche no prato, para se comer com garfo e faca. Isso é igual cortar macarrão com faca.

No Japão, sushi é salgado, feito de legumes, peixes e frutos do mar. Os hot rolls também é coisa ocidental, já que no Japão os sushis não passam nem perto de uma fritadeira. Não se usa o cream cheese como ingrediente no país de origem do sushi.

Misturar molhos branco e bolonhesa no macarrão é outro hábito insólito. Confesso que já fiz isso. Quem não fez? E misturar macarrão com arroz e feijão? Os nutricionistas devem rolar no chão quando veem isso. O que falar então do cachorro quente que vem com tudo a que tem direito? É tanta coisa que nem cabe no pão.

Comida mexicana e baiana sem pimenta? Que graça tem? Coxinha que é coxinha é de frango. Ponto final. Qualquer coisa diferente não é coxinha.

Mas eu começo a implicar quando mexem com a minha culinária predileta: a árabe.

Vejam só as esfihas. Originais do Líbano e da Síria, vieram para o Brasil com os primeiros imigrantes árabes. Incorporaram-se fácil na culinária brasileira. Não há um boteco que você não as encontre. Eram tradicionalmente recheadas com carne bovina, carne de carneiro, zaatar, coalhada ou verduras temperadas. Agora, elas ganharam diversas variações, com recheios de ricota, cheddar, atum, carne seca e até mesmo recheios doces.

Mas o pior destino está reservado para o meu predileto: o kibe. Já o fizeram verde, de peixe, com queijo, com creme e até frango. Outro dia, vi numa vitrine de bar a maior heresia: o kibovo, algo mais ou menos como um ovo cozido envolto por uma capa de kibe ou um kibe cujo recheio é um ovo cozido inteiro. Uma verdadeira bomba atômica.

Ah novidadeiros. Eu pego vocês ainda!

 

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso