X
X

Diário da Região

08/01/2018 - 18h49min / Atualizado 08/01/2018 - 18h49min

Painel de Ideias

Ano novo, novas posturas

Assumi um novo compromisso a partir do fim do ano de 2017: celebrar apenas com pessoas das quais eu gosto

Arquivo Washington Paracatu | washingtonparacatu@gmail.com
Washington Paracatu | washingtonparacatu@gmail.com

Primeira coluna de 2018. Fiz uma reflexão a respeito do ano findo, com promessas para o ano vindouro. Compartilho com vocês em tom de confissão.

Certa vez, vivenciei uma descoberta trágica denominada epifania: tomada de consciência repentina de algo que ignoramos para não sofrer ou por desatenção. Participava de uma ceia para celebrar o Natal, mas o piscar colorido e fracionado das luzes destoava do amarelo pálido na face de alguns dos convidados.

Um grupo diversificado e dividido em grupelhos menores ligados por afinidades. Algumas pessoas deslizavam entre os clãs com naturalidade, mas outras denotavam desconforto quando esbarravam em outro convidado em torno dos aparadores de frutas, aperitivos e assados.

No geral, pessoas conhecidas umas das outras, mas não próximas. Nomes, dores e alegrias eram repassados de roda em roda, com afeto ou ironia, dependendo do locutor e de seu consumo de álcool.

Isso me fez refletir a respeito do sentido das celebrações: por que recebemos, juntamos pessoas, trocamos presentes, comercializamos datas festivas e relacionamentos? Em que momento um convite se tornou uma intimação, um compromisso, um enfado?

Como é triste estar em um local onde nem todos estão ligados pelo afeto e pelo respeito. Notar olhares de cobiça, de inveja, de raiva. Ouvir ríspidas discussões entre casais que não aprenderam a arte de discutir a vida privada na privacidade. Sentir vergonha alheia quando o comportamento de um convidado mais embriagado salta do nível da alegria para o da inconveniência. Como é terrível evitar um aparador para não precisar trocar palavras com um dos presentes que parece não pertencer ao ambiente, ou não se sentir parte dele.

Às vezes, sentimos que conhecemos todo mundo sem, de fato, conhecer ninguém. Noutras vezes, conhecemos profundamente uma pessoa, e isso nos dá a certeza de conhecer a humanidade inteira. Eventualmente, ouvimos palavras amargas dedicadas à aparência, à vida profissional ou pessoal de algum convidado. "Veja a cor daquele vestido". Risos. "Soube que ele está falido". Risos. "Flagrou a mulher na cama com o dentista". Gargalhadas.

Senti ânsias. Perturbado, inventei uma história e fui embora. Com promessas de não voltar. E não voltei, não voltarei. Para assim não ser parte.

Assumi um novo compromisso a partir do fim do ano de 2017: celebrar apenas com pessoas das quais eu gosto. E não desejo mais impor minha presença a terceiros que não me aprovam, como machuca receber um olhar de desdém, um cumprimento forçado, uma grosseria.

A cada dia mais, quero me conhecer por inteiro e cumprir minhas resoluções de ano novo: ser mais engajado na luta pela humanidade, cercar-me de pessoas e de situações que me despertem emoções positivas, dar um sentido ético a minha existência e não me preocupar com situações que vão além do poder das minhas vontades. Feliz ano novo, feliz epifania.

 

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso