X
X

Diário da Região

04/01/2018 - 23h33min / Atualizado 04/01/2018 - 23h33min

Cartas do Leitor

Política

Nem bem começou o ano e o governo continua patrocinando uma verdadeira enxurrada de "pedaladas" de profundo mau gosto. Com a escolha da nova ministra do Trabalho, deputada Cristiane Brasil(PTB-RJ), filha do delator do mensalão Roberto Jefferson, abriu-se uma vaga na Câmara dos Deputados que será preenchida por um deputado condenado à prisão por exploração sexual de menores de idade.

Esse senhor de nome Nelson Nahin (PSD-RJ), irmão do ex-governador Antony Garotinho, passou 4 meses preso em 2016 e foi solto graças a uma liminar do Ministro Ricardo Lewandowski do STF.

Antes da definição da nova ministra, o governo Temer patinou com a escolha de deputado Pedro Fernandes(PTB-MA), cujo nome foi vetado pelo ex-presidente José Sarney. Sarney nega o veto, mas, continua com plenos poderes.

Isso é pouco para um país onde não temos autoridade sequer para administrar presídios onde os detentos têm farta distribuição de celulares e drogas, com comandos internos e externos onde determinam o que fazer e como fazer em prol da criminalidade.

Enfim, estamos à mercê da ação de desocupados perigosos colocando em risco a integridade física do cidadão comum, aquele que sustenta tudo isso e assiste de maneira impotente sem nada poder fazer. É triste ver um país dessa grandiosidade entregue nas mãos de quem visa apenas seu bem-estar pessoal. Seu e de seus apadrinhados.

Armelindo Pestile, Tanabi.

Humanos

Deus criou o Homem e a Natureza para produzir, brilhar e representá-Lo aqui no mundo. Mas muitos, descobrindo sua inteligência, acham-se poderosos e ao invés de criaturas tornaram-se criador. Que tal voltar ao útero celestial e sair renovado? Vamos refletir com essa poesia de minha autoria.

A assinatura de Deus em nós.

Num mundo de fantasias, em meio a tecnologia/ quando eu falo com Japão, Itália, Austrália/ como um toque de magia.

Olho para o ser humano, criado a imagem de Deus Pai/ e busco ansiosa nesta obra: onde está a assinatura deste Pai?

Uma assinatura de da Vince, dá respeito a sua obra/ mas e a obra da criação, assinada por Deus/ neste ser em completa ação/ de si pleno que foi criado e hoje se vê alquebrado, desiludido e frustrado como um projeto mal acabado?

Onde está o respeito a esta obra de completa formação? A inteligência concedida, a sabedoria do autor, o amai-vos uns aos outros e o respeito ao irmão? Tragédias e violências, drogas e falcatruas, não fazem parte do esquema do criador para a criatura!

Deus deve se perguntar: "que fizestes filho meu da identidade que te dei? Trocastes por bagatelas ouro, prata e poder? Mas nada disso te aconselhei./ Dei-te cérebro e coração para pensar com amor e razão, completando a sua vida, sabedoria e disciplina pra te fazer vencedor.".

Se esta reflexão toca o nosso coração, resgatemos a própria alma e salvemos a criatura destes tempos de amargura/ limpando a "caricatura" que fizeram nesta obra tão perfeita, divina e pura.

Sônia Delgado Fernandes, Rio Preto.

Utopia

Inicia-se o ano de 2018, este se apresenta cheio de desafios que vão requerer grandes decisões para o mundo e para nosso país. No mundo transparece uma necessidade de paz e solidariedade entre os seres humanos. Há muitas pessoas sufocadas por meios de comunicação que induzem a uma vida de fechamento e isolamento, que criam escravos da tecnologia a tal ponto de não mais viverem um relacionamento no qual prevalece o contato fraterno.

É urgente fazer crescer o espírito de fraternidade e amizade entre as pessoas que leve as crianças, adolescentes e jovens a desejarem viver uma realidade de paz e harmonia. Para isso, é preciso trabalhar melhor a educação e motivar a vivência familiar em vista de uma transformação cultural.

A falta de convivência familiar sadia faz crescer a violência no mundo do trabalho, da política, a degradação ambiental, a intolerância com os migrantes que buscam paz longe de suas terras. Esta realidade gera fome, miséria e guerra, o que torna urgente a busca do diálogo no âmbito da comunidade internacional e integração social que inclua os mais fracos e pobres de nossa "casa comum".

No Brasil, a população precisa ficar atenta para averiguar e questionar quem verdadeiramente terá condições de ser governantes, analisar cada candidato com prudência, não tendo ingenuidade de acreditar em belos discursos; conhecer melhor suas procedências, seus pensamentos ideológicos e se os mesmos respeitam a participação ativa da população na política.

Natalino Sérgio de Araújo, Jales.

Reflexão

Significado da palavra abandonar: ato de deixar, afastar-se para sempre ou por longo período, deixar a própria sorte, desamparar tudo isso foi o que Judas fez com Jesus Cristo, p deixou, o abandonou, O desamparou, entregou-O a sua própria sorte deixando para morrer em uma cruz.

Quando assistimos ao filme "Paixão de Cristo" sempre nos emocionamos com todo o sofrimento de Jesus depois deste ato de Judas e o condenamos por tudo que aconteceu.

Agora o que quero observar aqui. Quantos pais de família deixam a esposa? Quantas mães deixam seus filhos? Quantos filhos deixam suas famílias? Quantos funcionários deixam seus empregos? Hoje podemos ver a cena se repetir, pessoas deixando à própria sorte aquilo que um dia tanto desejaram, tanto buscaram e hoje estão afastados, longe, desanimados.

Não seja um Judas na sua família e sociedade. Se você deixar à própria sorte aquilo que Deus lhe deu, será dado a outro, pois Judas foi escolhido para estar entre os 12 discípulos, mas foi substituído por não ter abandonado o seu chamado e infelizmente, foi para um lugar terrível depois de se suicidar. Não abandone aquilo que o Senhor lhe deu, pois voltar atrás depois de uma, longo período, pode ser tarde demais podendo inclusive ter outro em seu lugar.

Aparecido Donisete Alves Júnior, Rio Preto.

 

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso