Diário da Região

12/01/2018 - 15h10min / Atualizado 12/01/2018 - 15h26min

ESCÂNDALO DA ÁREA AZUL

Câmara manda convite para Liszt se explicar

Presidente de comissão permanente, Gerson Furquim, diz que secretário deveria se afastar

Mara Sousa 27/1/2017 Liszt foi convidado a dar explicações sobre a Área Azul Digital
Liszt foi convidado a dar explicações sobre a Área Azul Digital

A Câmara de Rio Preto entregou oficialmente nesta sexta-feira, 12, convite para que o secretário de Desenvolvimento Econômico, Liszt Abdala, compareça na Casa para dar explicações sobre a Área Azul Digital. Parentes de Liszt participaram da licitação de implantação do aplicativo, que foi suspenso por irregularidades em contrato assinado com outra empresa.

Uma comissão da Prefeitura foi formada nesta quinta-feira, 11, apenas para apurar contratos e licitações da Emurb. O presidente interino da empresa pública, Angelo Bevilacqua, disse que as investigações serão em sigilo.

A ex presidente da Empresa, Vania Pelegrini, foi exonerada na última semana. A empresa vencedora da licitação da Área Azul, escolhida por meio de carta convite, tem como sócia uma ex-comissionada da Emurb, que foi demitida. Em entrevista exclusiva ao Diário, o marido dela, Wagner Costa, que assinou o contrato em nome da empresa Innovare, afirmou que a Emurb vem sendo "saqueada". 

Liszt foi mantido no cargo depois de conversa com o prefeito Edinho Araújo (PMDB). Ele afirmou que "não sabia" que parentes tinham participado da disputa.

Uma CPI já está pronta para ser protocolada na Câmara, o que só pode ocorrer na volta do recesso. Antes disso, a Comissão Permanente de Obras, Serviços e Outras Atividades convidou Liszt para ser ouvido na segunda-feira, 15. O convite foi recebido na secretaria de Desenvolvimento Econômico nesta sexta-feira. 

O presidente da comissão, Gerson Furquim (PP), afirma que o convite é uma chance do secretário de explicar. "Não temos intenção de prejudicar ninguém. A nossa função é esclarecer os fatos", afirmou Furquim.

Assinaram o documento outros integrantes da comissão: Jean Dornelas (PRB), Celso Peixão (PSB) e Marco Rillo (PT), este último, suplente. 

Furquim defende afastamento de Liszt do cargo até a conclusão das investigações sobre a Emurb. "Ele deveria ter o bom senso de dizer 'eu não devo nada, mas vou me afastar ate serem apurado os fatos'", disse o vereador. Já Dornelas saiu em defesa de Liszt. 

O secretário foi procurado, mas seu celular está na caixa postal. 

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso