X
X

Diário da Região

09/01/2018 - 23h55min / Atualizado 09/01/2018 - 23h55min

FIM DA NOVELA

Temer vai ao STF e mantém indicação de Cristiane Brasil

Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil A deputada Cristiane Brasil, indicada para Ministério do Trabalho
A deputada Cristiane Brasil, indicada para Ministério do Trabalho

O presidente Michel Temer decidiu nesta terça-feira, 9, recorrer ao Supremo Tribunal Federal para nomear a deputada Cristiane Brasil (PTB-RJ) como ministra do Trabalho, depois que o Tribunal Regional Federal da 2.ª Região (TRF-2) manteve a suspensão da posse. Filha do ex-deputado e presidente do PTB, Roberto Jefferson, Cristiane foi condenada a pagar R$ 60 mil por dívidas trabalhistas a um ex-motorista. Mesmo depois do imbróglio jurídico, o PTB manteve a indicação da deputada ao cargo.

Apesar do desgaste político, Temer deixou para o partido a decisão sobre a indicação do ministério com o objetivo de evitar perder apoios na votação da reforma da Previdência, prevista para 19 de fevereiro. A bancada, que inclui PTB, PROS, PSL e PRP, tem 26 deputados. Até agora, o governo calcula ter 260 votos para a reforma - são necessários pelo menos 308 votos para aprovação da mudança nas regras previdenciárias.

Em busca desses votos, o governo ainda espera a indicação do PRB, um dos partidos do Centrão, para o cargo de ministro da Indústria e Comércio, que está vago desde o último dia 3, depois que Marcos Pereira pediu demissão para se dedicar a "questões partidárias". Para o Palácio do Planalto, uma saída seria que Roberto Jefferson desistisse da indicação da filha, o que não ocorreu.

No início da tarde, antes do horário previsto para a posse - 15h30 -, Temer recebeu em seu gabinete Jefferson, Cristiane e o líder do partido, deputado Jovair Arantes (PTB-GO), para confirmar que a Advocacia-Geral da União recorreria ao STF.

Jovair apadrinhou o deputado Pedro Fernandes (PTB-MA), primeiro indicado para o Ministério do Trabalho e que foi vetado pelo ex-presidente José Sarney (PMDB-AP). Nesta terça-feira, o líder referendou o nome de Cristiane. "O presidente está tranquilo, mas desapontado, chateado por uma decisão de primeira instância atingir um poder que é dele. O Ministério quem monta é ele", declarou.

 

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso