América completa 72 anos de fundaçãoÍcone de fechar Fechar

COM QUE ROUPA EU VOU?

América completa 72 anos de fundação

América vai ao arbitral da Quarta Divisão Paulista, nesta terça-feira, às 15h, pode ter Tupãzinho como técnico e faz enquete para torcedor escolher uniforme, que será confeccionado por novo fornecedor


    • São José do Rio Preto
    • máx min

O América começou a semana em comemoração pelo seu aniversário de 72 anos, completados neste domingo, dia 28, e vive dias decisivos em seu planejamento para temporada 2018. Nesta terça-feira, 30, estará no Conselho Arbitral da Quarta Divisão Paulista, e negocia com Tupãzinho, ex-jogador do Corinthians, como novo treinador da equipe. Com o novo diretor de marketing, Anderson Ibrahin Rocha, a diretoria também anunciou seu novo fornecedor de material esportivo e realiza uma enquete para os torcedores escolherem os modelos.

A última divisão do Paulistão deve começar em abril, e o Rubro apresenta na Federação Paulista de Futebol (FPF), hoje, os laudos necessários para disputa da competição, que terá seu formato e regulamentos definidos no arbitral.

Segundo o presidente Luiz Donizete Prieto, o Italiano, a vinda de Tupãzinho seria intermediada por um grupo de investidores ligados à música sertaneja, que além de bancar o técnico, pagaria a folha de pagamento de atletas. "Tudo caminha para que seja o Tupãzinho, deve vir na quarta-feira para fecharmos", disse o cartola, que promete levar a proposta ao Conselho Deliberativo antes de assinar com o técnico. "O América, para montar o elenco, tem oito jogadores do time sub-17, seis que jogaram o último sub-20 e quatro da 4ª Divisão do ano passado."

Segundo o cartola, 90% dos patrocinadores do clube na última temporada seguirão, e esse dinheiro servirá para pagar contas, já que a parceria com empresários da música bancaria as despesas do clube. "É um pessoal que já ajudou o São Bento, compraram um time em Manaus e vão mandar atletas para o América, em acordo de 50% no caso de venda", disse Italiano.

Na semana passada, o clube havia anunciado a chegada de Anderson Ibrahin Rocha como novo diretor de marketing e junto dele a empresa Pantaton, de Jales, como nova fornecedora de material esportivo para os próximos três anos.

"Apresentamos um projeto de captação de patrocinadores para o América, fomos conversando e já estamos colhendo frutos do trabalho. A Pantaton chega como uma das melhores parcerias dos últimos anos. O clube não precisará gastar R$ 1 com uniformes e terá camisas em preço especial para revenda", disse Rocha, que planeja lançar em breve um novo site do clube e loja virtual.

As ambições são grandes neste ano do 72ª aniversário, mas o clube ainda está distante de alcançar o patamar de outrora. Afinal, já são dez anos de queda, deixando à elite para estacionar na última divisão e com uma dívida trabalhista que chega perto de R$ 9 milhões. "O principal desafio é pagar as dividas trabalhistas. Estamos fazendo um projeto para ver se em 2018 a gente liquida isso. É o grande calcanhar de Aquiles do América", disse Italiano, que garante estar tentando financiamento no BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) para liquidar dívidas e concluir o estádio. "Nosso objetivo é subir à Série A-3 e buscar vaga na Série D do Brasileiro pela Copa Paulista", afirmou.