X
X

Diário da Região

16/01/2018 - 22h20min / Atualizado 16/01/2018 - 22h20min

CULTURA CORPORATIVA

Evento mostra como construir uma cultura corporativa

Evento que o Cegente realizará no Centro de Convenções da Acirp abordará a importância da cultura corporativa dentro de uma organização para auxiliar os gestores na tomada de decisões

Divulgação CEO da Cobmax, Daniel Rosa implantou a cultura corporativa desde que fundou a empresa, há dez anos
CEO da Cobmax, Daniel Rosa implantou a cultura corporativa desde que fundou a empresa, há dez anos

No dia 7 de fevereiro, no Centro de Convenções da Associação Comercial e Empresarial de Rio Preto (Acirp), o Cegente realiza a segunda edição do EmpreendeRH.

Este ano, com o tema "O impacto da cultura corporativa nos resultados", abordará a importância da cultura corporativa dentro de uma organização. O objetivo é auxiliar os gestores no aperfeiçoamento do uso dessa "ferramenta". A segunda edição do evento, considerado o maior fórum de gestão de pessoas do interior paulista, contará com palestras, painéis e momentos para networking, mostrará o impacto positivo da cultura corporativa nos resultados da empresa.

"Nós queremos trazer um pouco de teoria, e também da prática, para mostrar às pessoas que participarem do evento como construir efetivamente uma cultura corporativa dentro de cada empresa", disse a diretora do Cegente e organizadora do evento, Ana Carolina Verdi Braga.

Para Ana Carolina, a cultura organizacional permite que os colaboradores percebam o negócio da empresa com outro olhar e possam agir de forma mais proficiente. "O empresário que investe em gestão de pessoas e em cultura organizacional de qualidade consegue gerar mais satisfação entre os colaboradores e, com isso, aperfeiçoar seu negócio obtendo maior lucro em suas atividades", comenta.

Cada empresa possui seus valores, crenças, hábitos, comportamentos e suas políticas internas e externas. A soma desses fatores pode ser definida como cultura corporativa. Quando bem estabelecida, divulgada e vivenciada por todos os que compõem a empresa, a cultura corporativa tem o poder de ajudar toda a equipe a se desenvolver junto com o negócio. No entanto, quando todos esses aspectos são negligenciados, a empresa e seus colaboradores podem enfrentar problemas de convivência e de produtividade.

"Muitas vezes, a ações da empresa não condizem com os propósitos que ela pregou na parede, e seus funcionários não sabem nem o porquê daquilo. A cultura corporativa implicam em todos os colaboradores terem conhecimento sobre qual é a missão, a visão e os valores da organização, falando a mesma linguagem buscando os mesmo objetivos."

Um dos palestrantes do evento, Paulo Amorim, possui mais de 35 anos de atuação na área da gestão de pessoas, abordará o tema "Cultura Corporativa iniciando a jornada de transformação" com abordagem voltada para a reflexão e percepção sobre o mundo organizacional. "Muito tem se falado sobre a velocidade das mudanças e como nos prepararmos para esta nova realidade. Nesse ambiente, é fundamental deixar bem claro quais são os valores, as visões e as ideias em que a organização acredita. Isso porque uma cultura corporativa eficiente é o que sustenta as organizações. E isso vem de cima, dos líderes dessas empresas, e é preciso que eles estejam alinhados com seus colaboradores", afirma Amorim.

Amorim passou por grandes empresas como Coca-Cola, Gerdau e Dell Computadores em funções executivas com abrangência nacional e global, Amorim ressalta que o contexto atual e futuro das pessoas e organizações demanda novos comportamentos e práticas, para que se possa navegar em um ambiente de constante transformação.

"Vivemos mais, começamos a trabalhar mais cedo, ficamos por mais tempo no mercado de trabalho e queremos ser aceitos como realmente somos. Por isso, implementar e fomentar a cultura corporativa na organização é fundamental para o crescimento sustentável e para a perpetuação dos valores e propósitos. Além disso as empresas precisam se atentar não só ao conhecimento técnico do seu colaborador, mas também ao comportamento." explica Amorim.

Em Rio Preto, uma das empresas que têm a cultura corporativa bem definida é a Cobmax. Desde que Daniel Rosa fundou a empresa de call center, há dez anos, muita coisa mudou no mundo corporativo. Ciente desse cenário em transformação, logo no início, o empresário definiu uma cultura que evidenciasse os valores da empresa. Atualmente, ele colhe os frutos dessa decisão. No final do ano passado ele recebeu uma certificação da Great Place to Work, que reconhece empresas com excelentes ambientes de trabalho e que valorizam seus colaboradores.

"Procuramos ir além do quadrinho colocado na parede, estabelecer os parâmetros da cultura corporativa desde o início da empresa foi muito positivo. Nas ações do dia a dia foi possível notar que a cultura organizacional é capaz de motivar os colaboradores e ajudá-los a crescer junto com o empreendimento. Dessa forma, eles trabalham muito mais motivados e os resultados surgem com mais facilidade."

Serviço

  • A segunda edição do EmpreendeRH será realizada dia 7 de fevereiro, das 8h às 18h, no Centro de Convenções da Acirp, que fica na avenida Bady Bassitt, 4052. A programação completa do evento, currículo dos palestrantes e dos convidados dos painéis e como fazer a inscrição, você encontra no site do Cegente (www.cegente.com.br).

 

Palestras e painéis reunirão time de especialistas

O evento organizado pelo Cegente reunirá um time de palestrantes que dominam a cultura corporativa. Um deles é Daniela Luiz. Formada em Administração de Empresas, com especializações em Gestão de Pequenas e Médias Empresa, Gestão do Conhecimento e Gestão de Equipes de E-learning, ela atua com educação corporativa há mais de 15 anos.

Já Paulo Amorim, graduado em Administração de Empresas, é especializado em Recursos Humanos e é mestre em Administração pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Tem mais de 35 anos de atuação na área da Gestão de Pessoas. É palestrante nacional e internacional em temas voltados a Gestão de Pessoas e Recursos Humanos.

O 2º EmpreendeRH também terá três painéis, que contarão com a participação de gestores e empreendedores para debater a importância da cultura corporativa e do departamento de gestão de pessoas como articulador da estratégia nas empresas. São eles:

Sergio Povoa é executivo de Recursos Humanos e reconhecido por sua alta performance e respeitado no mercado de trabalho por sua atuação estratégica, competência em gestão de equipes e desenvolvimento de pessoas.

Rogério Gabriel é fundador e presidente da MoveEdu, detentor das marcas Prepara Cursos, Microlins, SOS, People, Programas educacionais Ensina Mais, Turma da Mônica, English Talk e Pingus English.

Adriana Neves é graduada em Administração de Empresa e Direito, Pós-graduada em Administração de Empresas e Marketing, MBA Executivo pela Universidade AmBev e MBA em Gestão Empresarial pelo IBMEC/Insper. É diretora da Conebel e COnfenar (Confederação Nacional das Revendas AmBev) e presidente do Conselho Consultivo da Acirp Rio Preto.

Marcelo Lorencin é fundador e CEO da Shift, empresa especializada em tecnologia da informação para medicina diagnóstica e preventiva.

Daniel Rodrigues é mestre em Estudos Linguísticos pela Unesp e Bacharel em Letras com Habilitação de Tradutor pela mesma universidade. É fundador e diretor da CCLi Consultoria Linguística e da CCLi Travel e sócio do Cegente Educação Corporativa.

Oswaldo Maia, graduado em Administração de Empresas, com MBA em Gestão Empresarial e Gestão Estratégica de Pessoas pela FGV e Especialização em RH pela Universidad de San Andrés - Argentina, tem mais de 25 anos de atuação na área da Gestão de Pessoas.

Agostinho Monsserrocco, graduado em Economia pela Universidade São Judas Tadeu e MBA em Finanças pelo IBMEC Business School, atua na Oji Papéis desde 2011 e hoje é CEO, responsável pela estratégia da companhia no Brasil e na América Latina.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso