X
X

Diário da Região

30/01/2018 - 11h31min / Atualizado 30/01/2018 - 11h36min

GOLEIRO

Ídolo do Botafogo, Jefferson revela que vai se aposentar no final deste ano

Jogador, que tem negócios em Rio Preto, estabeleceu metas para alcançar antes da aposentadoria

Daniel Martins/SMCS Goleiro Jefferson em visita ao Parque Ecológico na Zona Norte de Rio Preto
Goleiro Jefferson em visita ao Parque Ecológico na Zona Norte de Rio Preto

Jefferson, goleiro e ídolo do Botafogo, anunciou que vai pendurar as luvas ao final desta temporada de 2018. Em entrevista ao canal de TV Fox Sports, o jogador de 35 anos falou sobre as razões de sua decisão e estabeleceu metas para alcançar antes da aposentadoria do futebol profissional.

"A partir do momento em que você não tem mais foco, não adianta ter 32, 35, 39 (anos), que (o atleta) para (de jogar). Enquanto tiver objetivo, vai embora. O meu foco vai até esse final de ano. Meu objetivo é encerrar aqui no Botafogo, tenho objetivos grandes no Botafogo", declarou o goleiro.

Questionado sobre os motivos para esta decisão, Jefferson disse que irá se aposentar e pretende focar em "outros desafios", como o de poder estar mais tempo junto com a família. Ao receber manifestações de carinho dos torcedores, Jefferson agradeceu, mas disse que está decidido a parar.

O goleiro estabeleceu grandes metas para o último ano da carreira. "Espero conquistar um grande título com o Botafogo, estar no grupo da Copa de 2018 e quero bater essa recorde de ser o terceiro jogador que mais vestiu a camisa do Botafogo", afirmou.

Jefferson foi formado no Cruzeiro e teve duas passagens pelo Botafogo, entre 2003 e 2005 e depois de 2009 até os dias de hoje. Já jogou 440 vezes com a camisa alvinegra e foi campeão carioca duas vezes pelo clube, além de ter sido eleito melhor goleiro do Campeonato Brasileiro de 2014.

Nos últimos tempos, porém, perdeu espaço e passou a amargar a reserva do paraguaio Gatito Fernández, que ganhou continuidade também pelo fato de que o experiente jogador sofreu uma grave lesão que o deixou longo tempo afastado dos gramados.

Pela seleção brasileira, foi convocado para 22 partidas e esteve no grupo que conquistou a Copa das Confederações de 2013 e disputou a Copa do Mundo de 2014. Também defendeu um pênalti de Lionel Messi em um amistoso entre Brasil e Argentina, vencido pela equipe brasileira por 2 a 0.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso