X
X

Diário da Região

13/01/2018 - 17h03min / Atualizado 13/01/2018 - 17h03min

O eterno Lineu

Marco Nanini até hoje é lembrado por seu personagem em A Grande Família

Vivendo um nobre em Deus Salve o Rei, Marco Nanini diz que até hoje é chamado nas ruas pelo nome de seu personagem em A Grande Família, mas isso não lhe incomoda

TV Globo/Divulgação Na foto ao lado, Marco Nanini como Lineu. Abaixo, o ator na pele do rei Augusto, da trama da Globo
Na foto ao lado, Marco Nanini como Lineu. Abaixo, o ator na pele do rei Augusto, da trama da Globo

Marco Nanini interpreta o sábio rei Augusto em Deus Salve o Rei, novela das 19h da Globo. Na trama de Daniel Adjafre, o personagem tenta frear a ambição da filha, Catarina (Bruna Marquezine), mas é em vão.

Com a aliança entre a princesa e o duque Constantino (José Fidalgo), o monarca será traído por sua herdeira, que tem outra visão de futuro para Artena e deseja colocar fim na longa amizade com o reino de Montemor. 

Na entrevista a seguir, o ator de 69 anos fala sobre a relação do rei Augusto com Catarina; como tem sido contracenar com outra geração de atores e se prefere trabalhos mais lúdicos. Além disso, Nanini revela que não consegue acompanhar séries; que o Lineu de A Grande Família (Globo, 2001 a 2014) sempre fará parte dele e que se sente triste com o estado atual da cultura no Brasil.

Como você vê a relação do rei Augusto com Catarina?

Marco Nanini - O pai adora a filha, mas ela vai dar umas punhaladas nele. Haverá uma traição. Até agora, não tem sido uma relação conturbada, porque o Augusto só tem olhos para ela e nem imagina que ela quer articular, porque é ambiciosa. Já a Bruna é uma criatura adorável, muito engraçada, amorosa e reservada.

Em Deus Salve o Rei, você contracena com outra geração de atores. Como tem sido esse encontro?

Nanini - É uma novíssima geração! Estou encantado. Bruna e Marina (Ruy Barbosa) têm coisas que eu nem sei do que se trata, porque não tenho Facebook nem Instagram. Elas têm milhões de seguidores, mas são adoráveis e disponíveis. Estou gostando desse encontro. É uma novela que engloba muita gente. E tipos diferentes de atores.

De que forma você vê esse monarca?

Nanini - É um monarca medieval. O rei Augusto tem um protocolo mais discreto, é um homem sábio e que tem autoridade. Aprendo com ele as posturas.

Tanto em Êta Mundo Bom!, com o Pancrácio, quanto em Deus Salve o Rei, na pele do rei Augusto, você ganhou personagens lúdicos. Prefere projetos com esse estilo?

Nanini - Eu prefiro representar. Para mim, isso já é lúdico. Essa novela é cinematográfica e representa um universo medieval com uma trama enorme e bom estofo dramatúrgico - algo que Êta Mundo Bom! também tinha. Mas Deus Salve o Rei é muito antiga, é da Idade Média. A única coisa que une essa gente toda é o talento.

Você assistiu a alguma série ou filme para buscar referências do período medieval?

Nanini - Infelizmente, não consigo acompanhar um seriado, porque me sinto preso ao próximo capítulo. Nem vejo tanto novelas, porque já faço. Comecei a ver How To Get Away With Murder, vi todos os capítulos, fiquei angustiadíssimo e não quero mais! A mesma coisa com livros. Aqueles que têm dois volumes ou uma saga, leio rapidinho com medo de me apegar. Não tenho mais muito tempo.

Você interpretou o mesmo personagem por 14 anos em A Grande Família. As pessoas ainda te chamam de Lineu?

Marco Nanini - Muito! Ele é um grande amigo, um camarada. Não vou esquecê-lo! Afinal, ele viveu comigo por 14 anos. Eu adorava o personagem, era muito rico e bem escrito. Vou ficar com ele no meu coração pra sempre! Não me importo que as pessoas me chamem de Lineu, porque esses 14 anos significam várias gerações. Tem gente que me acompanhou quando era muito pequeno, já tem gente que está bem mais velha, é interessante ver pessoas que viram o meu trabalho com diferentes idades.

 

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso