X
X

Diário da Região

22/01/2018 - 18h56min / Atualizado 23/01/2018 - 08h48min

PARA DAR RISADA

Festival 'Janeiro Brasileiro da Comédia' começa hoje em Rio Preto; veja a programação

Espetáculo A Nau dos Desterrados, de São José dos Campos, abre, nesta terça-feira, 23, às 20h, a 16ª edição do festival Janeiro Brasileiro da Comédia, que vai até o dia 30

Paul Constantinides/Divulgação Obra parte de uma história real para trazer sobre corrupção e o politicamento correto dentro do humor
Obra parte de uma história real para trazer sobre corrupção e o politicamento correto dentro do humor

Em 1711, a cidade do Rio de Janeiro foi "sequestrada" por um corsário francês com o consentimento do próprio governador do estado, segundo alguns registros. Mais esse exemplo de corrupção na história do nosso País serviu como ponto de partida para a construção da história de A Nau dos Desterrados, espetáculo da Cia. de 2, de São José dos Campos, que será apresentado aqui em Rio Preto nesta terça-feira, 23, às 20h, como parte da programação de abertura da 16ª edição do Janeiro Brasileiro da Comédia (JBC), festival realizado pela Prefeitura de Rio Preto, por meio da Secretaria Municipal de Cultura.

A peça reconta, de uma maneira irreverente, a invasão do Rio de Janeiro promovida pelo corsário René Duguay-Trouin. Nela, três piratas desterrados foram lançados à própria sorte, a deriva em alto mar. Após muito tempo perdidos, eis que chegam ao novo mundo: a terra de Cabral. A partir deste momento, junto com uma dupla de piratas músicos, recordam suas histórias e revelam verdades há muito tempo enterradas.

"Quando começamos a peça, foi na época da Copa do Mundo no Brasil, e queríamos fazer essa analogia de que os estrangeiros vêm ao Brasil, saqueiam tudo e vão embora. Na história do René Duguay-Trouin, ele teria feito um acordo com o governador para destruir a cidade que seria reconstruída com o dinheiro do povo, rendendo lucros para ele e para o governador. Reproduzimos esse momento no espetáculo, criando um paralelo com a relação atual entre governantes e população", conta Jean de Oliveira, um dos atores em cena. Ele sobe ao palco acompanhado de Jonas di Paula e Renato Junior, além de Gerson Zoh, que cuida da música.

Mas não é só de crítica política que A Nau dos Desterrados vive. Segundo Jean, o espetáculo também foi a forma que a companhia encontrou de fugir do humor politicamente correto. "Nossa ideia era fazer piratas mais radicais, saindo do lúdico e apostando mais no grotesco dessas figuras, apostando naquela ideia de que o pirata é uma pessoa que quer curtir a vida ao máximo. Trabalhamos a mensagem de viver a vida no hoje apostando em um humor mais ácido", explica.

Essa atitude rock and roll dos piratas na obra influenciou, inclusive, a trilha sonora, outro elemento importante para o desenvolvimento da personalidade do espetáculo. Durante a apresentação, o público poderá ouvir trechos de canções como Satisfaction, do Rolling Stones, Whole Lotta Love, do Led Zeppelin, The Number of the Beast, do Iron Maiden, e Paranoid, do Black Sabbath, só para citar algumas.

"Quando começamos a fazer o espetáculo, pensamos em fazer uma marujada, levar para o popular. Mas isso não estava encaixando com a energia dos piratas que a gente queria. Então buscamos inspiração em bandas clássicas como Rolling Stones, Led Zeppelin. Tem outros gêneros de música na peça, mas o rock é o ritmo norteador", diz Jean.

Da rua para o palco

A Nau dos Desterrados nasceu como um espetáculo de rua. Para abrir a 16ª edição do Janeiro Brasileiro da Comédia, eles tiveram que adequar a obra para os palcos, afinal, ele será apresentado no Teatro Municipal Humberto Sinibaldi Neto.

"Fomos nos atentando para as sutilezas do palco. O palco tem essa característica mais sutil, qualquer coisa que a gente faça o público vê. Na rua, a energia é mais expansiva. Ficamos todo o fim de semana preparando essa atualização para o palco, mas sem perder a interação com o público, um elemento fundamental do espetáculo e que traz uma energia muito interessante para a obra. Não queremos perder nada das características do espetáculo nessa transição", afirma Jean.

Para o assessor da Secretaria de Cultura e curador do festival, Jorge Vermelho, a escolha de A Nau dos Desterrados para abrir a edição de 2018 do JBC foi motivada por ele ser uma obra que sintetiza o pensamento da curadoria de buscar obras que caminham para a discussão crítica que a comédia tem o potencial de promover.

"Abrir com ele tem essa significância. Serve como um cartão de visitas dessa programação. Mostra também as diferentes camadas de discussão no cômico, que não precisa estar necessariamente ligado ao humor. O cômico e o humor são parentes, mas não precisam estar, necessariamente, contidos um no outro. Nesse primeiro trabalho, temos muito a presença de um espírito bufão que, juntamente com as propriedades de um teatro de rua, traz uma crítica, às vezes, até de forma grotesca", analisa Jorge.

Festival

  • A 16ª edição do Janeiro Brasileiro da Comédia (JBC) será realizada entre os dias 23 e 30 de janeiro de 2018 no Teatro Municipal Humberto Sinibaldi Neto. São nove espetáculo. O público deverá trocar um litro de leite em caixinha por um ingresso.

análise

A face libertária do riso

Desde os tempos dos comediógrafos Plauto e Aristófanes, o gênero cômico avança com o seu objetivo de descortinar as máscaras sociais, questionando o sistema político com seu embate crítico e irônico.

Para esses grandes poetas da filosofia cômica, pensar o homem e sua ação frente à pólis era protagonizar a degradação governamental como efeito provocativo e mobilizador. A força catártica de suas obras, mesmo após séculos, ainda ecoa em nós como vozes denunciadoras e onipresentes.

O Festival Janeiro Brasileiro da Comédia, acreditando no poder de fala do gênero cômico, reúne, em 2018, um corpo de espetáculos teatrais que aposta nessa arte de desestabilizar as convenções do jogo político atual, reservando ao espectador a oportunidade de reconhecer o aprisionamento social e econômico em que se encontra o País.

Lançando mão de diferentes técnicas e linguagens, as companhias e artistas selecionados também evidenciam com seus espetáculos o quão o universo da comédia é amplo e diverso, constituindo-se em um espaço para o exercício da criatividade e da inovação.

Tanto na vida como na arte, o riso mantém-se como uma bandeira que marcha, que invade e persevera com sua face libertária.

  • Fagner Rodrigues, Harlen Félix e Linaldo Telles, comissão de seleção do Festival Janeiro Brasileiro da Comédia 2018

Programação

A Nau dos Desenterrados

  • Companhia: Cia de 2 (São José dos Campos/SP)
  • Data: 23/01/18 (terça-feira)
  • Horário: 20h
  • Local: Teatro Municipal Humberto Sinibaldi Neto

Travessias

  • Companhia: Seres de Luz Teatro (Campinas/SP)
  • Data: 24/01/18 (quarta-feira)
  • Horário: 20h
  • Local: Teatro Municipal Humberto Sinibaldi Neto

Terrível Incrível Aventura - Um Musical Fabulesco Marítimo

  • Companhia: Cia Bife Seco (Curitiba/PR)
  • Data: 25/01/18 (quinta-feira)
  • Horário: 20h
  • Local: Teatro Municipal Humberto Sinibaldi Neto

WAR

  • Companhia: Cia para Pessoas Solitárias (São José do Rio Preto/SP)
  • Data: 26/01/18 (sexta-feira)
  • Horário: 20h
  • Local: Teatro Municipal Humberto Sinibaldi Neto

Circo Fubanguinho

  • Companhia: Trupe da Lona Preta (São Paulo/SP)
  • Data: 27/01/18 (sábado)
  • Horário: 20h
  • Local: Teatro Municipal Humberto Sinibaldi Neto

Henriques

  • Companhia: Cia Vagalum Tum Tum (São Paulo / SP)
  • Data: 28/01/18 (domingo)
  • Horário: 17h
  • Local: Teatro Municipal Humberto Sinibaldi Neto

Eu, Eu mesmo e Biancorino

  • Companhia: Alexandre Casali - Cia de Palhaço Orgânico (Caeté-Açu/BA)
  • Data: 29/01/18 (segunda-feira)
  • Horário: 20h
  • Local: Teatro Municipal Humberto Sinibaldi Neto

Mala Sem Alça, Palhaço Sem Calça

  • Companhia: Alexandre Casali - Cia de Palhaço Orgânico (Caeté-Açu/BA)
  • Data: 30/01/18 (terça-feira)
  • Horário: 18h
  • Local: Praça Cacilda Becker (ao lado do Teatro Municipal Humberto Sinibaldi Neto)

Zabobrim - O Rei Vagabundo

  • Companhia: Barracão Teatro (Campinas/SP)
  • Data: 30/01/18 (terça-feira)
  • Horário: 20h
  • Local: Teatro Municipal Humberto Sinibaldi Neto

Workshops e atividades formativas todos os dias

A 16ª edição do Janeiro Brasileiro da Comédia também traz para o público workshops e ações formativas gratuitos. A programação também começa nesta terça-feira, 23, com o workshop O Ator na Rua, com a Cia. de 2, que abre o festival com o espetáculo A Nau dos Desterrados.

O encontro, das 15h às 18h, na Casa de Cultura Dinorath do Valle, pretende revelar o processo de trabalho do espetáculo para que o público interessado possa trabalhar o treinamento, a encenação e a criação, compartilhando, através do cômico, possibilidades de jogos teatrais e práticas de cena.

Além disso, todos os dias, após a apresentação dos espetáculos, o pesquisador teatral, orientador e assessor de diversos grupos teatrais Alexandre Mate comandará rodas de conversa sobre cada uma das obras na programação, trazendo um olhar reflexivo e analítico sobre as obras apresentadas na programação do JBC 2018.

As inscrições para as formativas são gratuitas e devem ser feitas na Secretaria de Cultura, localizada no prédio da Biblioteca Municipal na Praça Leonardo Gomes (Cívica) nº 01 - 3º andar, Centro. Informações (17) 3202-2313. (BC)

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso