X
X

Diário da Região

17/01/2018 - 22h19min / Atualizado 18/01/2018 - 00h51min

MUDANÇAS

Nova concessão diminui número de ônibus

Quantidade de veículos na área que inclui Rio Preto cairá de 1.976 para 1.753

Guilherme Baffi 17/1/2018 Passageiros esperam por ônibus na Rodoviária de Rio Preto
Passageiros esperam por ônibus na Rodoviária de Rio Preto

As mudanças no transporte público intermunicipal devem trazer redução no número de veículos cadastrados. Segundo a Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp), o número de ônibus deverá cair 11,3%, de 1.976 para 1.753 na área de Rio Preto-Ribeirão Preto - as duas cidades fazem parte do lote 3 no edital de concessão do transporte intermunicipal. O valor mínimo do lote é de R$ 10,4 milhões.

Hoje, 11 empresas operam 59 linhas que têm origem ou passam por Rio Preto. Em outubro de 2017, elas transportaram 750,5 mil pessoas. Os passageiros esperam que as mudanças de concessão tragam melhorias ao serviço.

A assistente social Deise de Jesus Carvalho, 33 anos, vem de Potirendaba a Rio Preto todos os dias a trabalho. Ela acredita que faltam linhas, principalmente após as 20h30 - depois desse horário, só as 23h30. "Quando eu ia à noite a dificuldade era essa. Sabia que se eu perdesse ia ficar muito tempo esperando. É perigoso."

A diarista Jaqueline, de 28 anos, mora em Altair. Lá o ônibus passa às 7h para Olímpia e volta às 16h15. Se os moradores que não têm carro quiserem sair da cidade em qualquer outro horário dependem de carona. Nesta quarta-feira, 17, ela estava pegando um ônibus para Onda Verde para de lá conseguir carona até em casa."O ar-condicionado faz bastante falta. Em dia de calor, a maioria das vezes está lotado, você vem em pé", fala.

A babá Sandra Regina Ferreira Santana, 48 anos, trabalha em Rio Preto e mora em Barretos. Ela acha que deveria ter mais horários. "Às vezes vai muito cheio. O que cansa a gente que trabalha aqui é essa baldeação, ele para em outros lugares."

Apesar da redução de veículos, a Artesp defende que os passageiros não serão prejudicados. Segundo o órgão, o novo Plano Diretor de Transporte modernizou a operação do sistema e distribuição das linhas. Em vez de onze empresas gerenciando as 59 linhas que passam por Rio Preto, haverá uma empresa ou um consórcio delas para a região Rio Preto-Ribeirão Preto. O prazo de concessão será de 15 anos.

A Agência alega que a frota foi otimizada e que o atual número de ônibus registrados não corresponde ao que está na estrada já que, por razões como manutenção e fiscalização, alguns acabam tendo que ser encostados. A idade média dos carros deverá passar de dez para cinco anos. "Haverá menos ônibus fora de circulação. Com a redução do número de operadores, cada ônibus ficará menos tempo na garagem. Cem operadores precisam de uma frota maior para operar a mesma quantidade de linhas que cinco operadores, uma vez que cada veículo passará a ter mais linhas", disse, em nota enviada ao Diário.

Entenda as mudanças

Nova concessão

  • R$ 10,4 milhões é o valor mínimo que o consórcio de empresas deve desembolsar para administrar o lote 3 (Preto - Ribeirão Preto)
  • 15 de março - é data do leilão para determinar quem vai administrar as linhas pelos próximos 15 anos

Principais mudanças

Na concessão para operação do Transporte Intermunicipal de passageiros, o Estado foi dividido em cinco áreas: 1 - Jundiaí e Campinas; 2 - Piracicaba; 3 - Rio Preto e Ribeirão Preto; 4 - Bauru e Sorocaba; e 5 - Baixada Santista e Vale do Paraíba. Cada área terá um operador (o vencedor da licitação daquela área) que pode ser uma empresa ou um consórcio de empresas.

Todas as empresas que hoje operam as linhas terão o contrato encerrado. Os novos contratos terão validade de 15 anos. Durante esse período,todos os ônibus deverão contar com wi-fi e ar-condicionado.

Foram eleitas cidades-polo, aquelas que atraem moradores de outras cidades. Cada município deverá ter no mínimo dois horários de ônibus partindo para sua cidade-polo.

 

Empresas analisam edital

Atualmente, as 59 linhas partindo de Rio Preto são operadas pelas seguintes empresas: Cruz, Andorinha, Reunidas Paulista, Expresso Itamarati, Guerino Seiscento, Peve-Tur, Rápido D'Oeste, Transporte Coletivo Celico Eureli, Viação Cometa, Transrápido São Francisco e Viação Luwasa.

A Empresa Cruz falou em nota que está analisando o edital e ainda não sabe se participará da licitação. Também em nota, a Andorinha informou "estamos estudando o conteúdo para fazer uma análise e assim emitir opinião".

A Expresso Itamarati está analisando os termos do edital. A Celico Eureli informou que está analisando a licitação e que não tem condição de dar mais esclarecimentos agora. A Viação Luwasa diz que já esperava a licitação, pois a Artesp realizou consulta pública no último ano. Segundo a nota, a empresa está estudando o assunto.

Reunidas Paulista, Guerino Seiscento, Peve-Tur e Transrápido São Francisco não responderam aos e-mails do Diário. A reportagem não conseguiu contato com Rápido D'Oeste e Viação Cometa.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso