X
X

Diário da Região

30/01/2018 - 22h18min / Atualizado 30/01/2018 - 22h18min

CAPTAÇÃO

Semae terá nono poço no aquífero Guarani

Licitação no valor de R$ 3,3 milhões foi aberta para perfuração ainda neste ano

Johnny Torres 6/1/2018 Residencial Palestra, região em que vai ficar o nono poço de Rio Preto no Aquífero Guarani
Residencial Palestra, região em que vai ficar o nono poço de Rio Preto no Aquífero Guarani

O Serviço Municipal Autônomo de Água e Esgoto (Semae) abriu licitação para perfurar mais um poço no Aquífero Guarani, no valor de R$ 3,3 milhões. Será a nona perfuração de Rio Preto na maior reserva subterrânea de água doce no mundo. Outros dois poços no aquífero estão previstos, segundo a autarquia.

De acordo com o Semae, a perfuração é necessária para suprir a demanda de fornecimento de água. Atualmente, são produzidos em Rio Preto 3,9 milhões de metros cúbicos (m³) de água tratada. A quantidade é suficiente para abastecer os 450 mil moradores de Rio Preto e a população flutuante da cidade, totalizando um número aproximado de 500 mil habitantes.

"Olhando para o futuro, a visão é alarmante. A Fundação Seade projeta 466 mil moradores em 2030. Com a população flutuante deveremos chegar a 550 mil pessoas", afirma nota do Semae, complementando que a abertura dos poços está prevista no Plano Diretor do Sistema de Abastecimento de Água, de 2008.

A perfuração ficará próxima ao Residencial Palestra e será feita devido à necessidade de ampliação do abastecimento da zona Norte da cidade, atualmente no limite, sendo levado em consideração o surgimento de novos loteamentos naquela região, segundo o Semae.

Esse será o nono poço a ser perfurado na cidade. Os outros dois previstos pela autarquia já têm locais definidos: um na zona Leste (entre os Damhas e Guapiaçu) e outro na zona Sul (atrás do shopping Iguatemi). A produção dos três poços irá abastecer mais 50 mil habitantes aproximadamente. Segundo a legislação, Rio Preto tem capacidade de abrigar 11 poços profundos no Guarani, conforme seu perímetro - a distância mínima entre os poços é de 3,5 mil metros.

O novo poço renderá 250 m³ por hora, o suficiente para abastecer uma população de 17 mil habitantes. O plano diretor informava que o limite máximo deveria ser de 150 m³ por hora. O último poço perfurado no Guarani em Rio Preto foi em 1996, no Cristo Rei, que tem vazão de 350 m³ por hora.

A gerente de Operação e Manutenção de Água do Semae, Jaqueline Reis, disse que a perfuração desse novo poço se dá ao fato da baixa produção do poço da Penha, perfurado em 1979. "Por conta dessa baixa produção, percebemos a necessidade da perfuração de mais um poço, já que não estava sendo suficiente. Após a contratação da empresa que fará a perfuração, o prazo de execução da obra, conforme o edital publicado, é de 160 dias," disse.

Medida provisória

O Semae informou que a perfuração dos novos poços é uma medida provisória, enquanto o projeto de captação de água do rio Grande não fica pronto. Neste mês, o presidente Michel Temer assinou a Autorização de Início de Objeto e liberou R$ 14,3 milhões para o projeto executivo da obra. Quando estiver em plena operação, disponibilizará 3 m³ por segundo a Rio Preto, o suficiente para abastecer uma população de mais de um milhão de habitantes. Assim, os poços do Guarani serão transformados em reserva estratégica, segundo o Semae.

Além do Aquífero Guarani, responsável hoje por 25% da água tratada em Rio Preto, o abastecimento na cidade conta com 351 poços no Aquífero Bauru (que representa 50% do total de água) e com o captado pela Estação de Tratamento de Água (25%).

 

Abastecimento em Rio Preto

  • 3,9 milhões de metros cúbicos (m³) é a quantidade de água tratada pelo Semae por mês
  • 25% vêm da ETA
  • 50% do aquífero Bauru (311 poços)
  • 25% do aquífero Guarani (8 poços)

Novo poço

  • 250 m³ de água por hora serão gerados a partir do novo poço, que será na zona Norte (perto do residencial Palestra). O suficiente para abastecer uma população de 17 mil habitantes

Previsão de mais dois poços no aquífero Guarani

  • 1 na zona Leste (entre os Damhas e Guapiaçu)
  • 1 na zona Sul (atrás do Iguatemi)

Outros poços no Aquífero

  • ETA, Penha, Urano, Borá, Solo Sagrado, Alto Alegre, Santo Antônio e Cristo Rei

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso