X
X

Diário da Região

19/01/2018 - 23h03min / Atualizado 19/01/2018 - 23h03min

Enem

Gigantes na redação

Caio, Maria Eduarda, Isabella e Abraão estão entre os alunos com maior nota na redação do Enem 2017. Eles tiraram acima de 900 pontos e agora vão decidir qual curso seguir

Mara Sousa 19/1/2018 Com rotina que chegava a 11 horas de estudos, Isabella Mulinari foi recompensada com nota 940 na redação do Enem
Com rotina que chegava a 11 horas de estudos, Isabella Mulinari foi recompensada com nota 940 na redação do Enem

Caio Henrique Montoro De Lucca tirou nota 980 na redação do Enem. Morador de Santa Fé do Sul, ele vivia em Rio Preto para se dedicar aos estudos e fez cursinho pelos últimos dois anos. Com o objetivo de cursar economia em uma faculdade pública, começou a se dedicar mais à redação em 2016. "Lia bastante, a lista de livros da Fuvest me deu uma bagagem boa para literatura."

Ele é um dos estudantes da região que tiraram a maior nota na redação do Enem 2017, que teve como tema "Desafios para a formação educacional de surdos no Brasil". Em todo o País, apenas 53 estudantes, dos 4.725.330 que prestaram a prova, tiraram nota mil - o máximo.

Caio ainda não tinha feito textos sobre o tema exigido. "Gostei, é um tema que a sociedade não para para pensar e refletir. Impactou e foi algo benéfico. O Enem visa nas redações o candidato que tem um conhecimento sobre várias áreas, uma visão de mundo ampla", fala o estudante, que fazia cursinho no Intelectus.

Maria Eduarda Baracioli, 17 anos e moradora de Tanabi, cursou o terceiro ano do ensino médio em 2017. Não acreditou quando viu que tinha tirado 980. "Eu fiz uma redação simples. O que fiz foi denunciar os problemas que estavam nítidos e implícitos tanto na sociedade quanto no texto de apoio." A vestibulanda de medicina conta que os textos de apoio ajudaram na hora da elaboração e do direcionamento do tema.

Para Maria Eduarda, redação é prática e ela fez cursos para isso desde o segundo colegial. Todos os dias, olhava sites de notícias nacionais e internacionais. "O que me ajuda principalmente são filmes que trazem conteúdos, denunciam."

A estudante Isabella Mulinari, de 18 anos, tirou 940. Apesar de estar feliz com a nota, queria ter tirado a máxima. "Vou fazer o curso de fisioterapia, em Rio Preto. Tinha o interesse em fazer pediatria, mas minha nota teria que ser um pouquinho melhor que essa. Estou na expectativa de gostar do curso, mas quero fazer mais um ano de cursinho", afirma.

A jovem finalizou o colegial no ano passado e nem por isso parou de estudar. "Faço cursinho pré-vestibular e na véspera da prova estava tranquila. Fiz meditação e isso me ajudou a fazer uma boa prova. Meus pais ficaram felizes com meu desempenho." Isabela contou que estudava 11 horas por dia, juntando os horários da escola e a sua rotina de leitura em casa.

Já Abraão Marques, 20 anos, morador de Onda Verde, tirou 960 na redação e vai seguir a graduação na área de medicina, em Barretos. "Com esta nota pretendo financiar o meu curso."

(Colaboraram Nando Silva e Millena Grigoleti)

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso