Diário da Região

07/12/2017 - 22h48min

Cartas do Leitor

Seminário

Foi muito bom o seminário promovido pelo Grupo Diário da Região, superou minha expectativa, informações e organização nota 10. O palestrante (Fabrício Carpinejar) é realmente um contador de histórias que multiplicou nossas emoções. Estou ansioso esperando o próximo. Parabéns!

Audinei Lopes Bonfanti, Bálsamo.

Transparência

A lei 13.019/14 é extremamente clara e objetiva em seus artigos, decretos e parágrafos no que diz respeito a celebração de Termos de Colaboração, Parceria ou Fomento entre as Instituições do Terceiro Setor com o Poder Público quando diz que, seus planos de trabalhos devem estar rigorosamente fundamentados em seus Estatutos, que por sua vez, precisam estar ainda mais rigorosamente embasados dentro da Nova Lei.

São nesses dois documentos - em especial - que o Cronograma de Desembolso da Instituição será formalizado e, posteriormente, aprovado pelo poder público através das secretarias de Saúde, Assistência Social e Educação. E, para finalizar, todos os itens acima deverão estar rigorosamente registrados em sua contabilidade e respaldados por documentação legal que deverá ficar à disposição dos órgãos de fiscalização.

Além disso, o recebimento e a correta aplicação dos recursos recebidos deverão estar demonstrados por área de atuação nos seus respectivos Balanços Patrimoniais, Demonstração de Resultado, Variação Patrimonial, Fluxo de Caixa e, principalmente, explicitados analiticamente e fundamentados nos dados contábeis em suas Notas Explicativas.

Ou seja, a Nova Lei veio para, enfim, moralizar o Terceiro Setor. Por isso, cabe agora, aos Tribunais de Contas, Prefeituras, Conselhos Regionais e Federal de Contabilidade, Secretarias e Conselhos Municipais ter uma postura ética e profissional - sem "protecionismo" ou por alguma "influência política" para favorecer Instituição A ou Z - a rigorosa fiscalização dos recursos públicos repassados às Instituições na correta aplicação e, principalmente, nas finalidades fins para as quais foram destinados.

Não há forma milagrosa! Ou a Instituição trabalha corretamente e com transparência, ou irá ter os repasses firmados nos seus Termos de Colaboração, Parceria ou Fomento cancelados pelo poder público. E o pior: poderão ter que vir a devolver integralmente os valores já repassados caso seja verificado algum desvio de função dos mesmos na correta aplicação dos projetos por ela mantidos.

Roberto Prota, Rio Preto.

Enchente

Desde a última grande chuva ainda vemos muitos danos na Murchid Homsi, avenida que não recebeu obras antienchente e sofre muito por conta disto. "Uma semana depois, Murchid Homsi ainda tem pontos danificados; os estragos não foram sequer sinalizados pela Prefeitura", 07-12. Por outro lado, as avenidas Bady, JK, Andaló, José Munia, Brasilusa, estão intactas por conta das obras antienchente e sabemos outrora sofriam com chuvas até menores que esta relatada pelo jornal. Aos que torcem contra a cidade, um abraço.

Wanderson Clayson Coldri Sá, Rio Preto.

Tiririca

O deputado federal Tiririca, famoso pelas palhaçadas como profissional, como também pelo maior número de votos em seus dois pleitos em que concorreu, votos de protesto diga-se de passagem, se demitiu do cargo por entender que lá não é seu lugar por motivos óbvios. Se foi honesto em seus mandatos, ficando apenas com seu salário de R$ 25 mil como disse, não sei, porque com este dinheiro não dá pra ficar milionário como ficam e, apesar de não ter sido um deputado de expressão, podemos dizer que a grande maioria ali, é igual.

A grande maioria segue seus líderes, não tem e não querem ter opinião sobre projetos de interesse da Nação, sempre em troca de interesses pessoais, e porque não dizer - dinheiro mesmo. Não servem para nada, como não serviu o nosso querido Tiririca. Ali quem manda são os líderes (caciques), que nada mais são que maçãs podres a negociar com o Executivo, como estão agora, para aprovar as reformas da previdência.

O fato do povo de fora dizer que são canalhas a nos representar, acho eu, que as falas do Tiririca são importantes porque vieram lá de dentro, passando uma mensagem verdadeira, o que consolida o pensamento dos daqui de fora.

As eleições são a nossa única arma e não devemos reeleger ninguém, pois os omissos deveriam ter a atitude do Tiririca, e os caciques que manobram quase 500 deputados, deverão ser varridos do cenário político.

Cesar Maluf, Rio Preto.

Tiririca 2

Tiririca caiu na simpatia do povo - a coisa veio donde não se esperava. Agora, se algum "dono de carapuça" tentar se defender, perderá votos na próxima. Entonces que hacer, hombres?

Genésio Seixas, Tanabi.

Câmara

Do que o "Grupo Valdomiro Futebol Clube" tem medo? Sabemos que alguns deles estão sendo investigados, outros nunca foram transparentes, vamos lembrar que os mesmos blindaram a gestão passada, ajudando tornar um caos a cidade. O que eles temem?

Os mesmos sempre na contramão, mas vamos lembrar do nome de cada um deles, começando por um de seus líderes Marcondes (ausente, porém presente na sessão - atualmente dependendo do TRT para seguir com seu mandato), Junior (ausente, porém presente na sessão, investigado e a pouco da Justiça julgar), Gerson Furquim (decano, autor de vários projetos para tirar o munícipe da Câmara), Jean Dornelas (advogado do povo, e líder do time Valdomiro), Marinho (o secretário de esportes), Karina Caroline (valdomirete de carterinha, joga contra a cidade faz tempo), Anderson Branco, Peixão (gêmeos do aparte e sempre estão no lanche) e Claudia de Giuli (decepção total, vereadora de uma única causa "animal", o resto da cidade não interessa).

Na próxima eleição esses vereadores devem estar fora, pois já mostraram que não querem o bem da cidade.

Eduardo de Paula Campos Pereira, Rio Preto.

 

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso