Diário da Região

08/12/2017 - 20h43min

Coluna do Diário

Álvaro Dias ataca partidos e corrupção

Pré-candidato a presidente, senador diz que confia na inteligência do eleitor para ganhar disputa em 2018

Rodrigo Lima 8/12/2017 Alvaro Dias (centro) em reunião do Podemos em Rio Preto, em dezembro
Alvaro Dias (centro) em reunião do Podemos em Rio Preto, em dezembro

O senador Álvaro Dias adotou discurso de combate à corrupção durante evento do Podemos na Câmara de Rio Preto nesta sexta-feira, 8. Ele é pré-candidato a presidente na eleição de 2018. "Opção que fizemos é pela limpeza. O Brasil exige limpeza", afirmou.

E para conseguir o apoio do eleitorado, ele também não poupou críticas a partidos que, na opinião dele, se tornaram "organizações criminosas" e "lavanderia de dinheiro público". Dias participou do encontro região da sigla que reuniu a presidente nacional do Podemos, Renata Abreu, e o presidente estadual, Sinval Malheiros, deputado federal na região de Rio Preto.

Com o objetivo de fazer decolar a sua candidatura a presidente, Dias afirmou que confia "na inteligência das pessoas". "Essa raiva e revolta momentânea cederão lugar a reflexão sobre o futuro do País", disse o senador que tentará vender a sua imagem de experiente e com passado limpo.

Ex-líder no ninho tucano, o senador afirmou que deixou as fileiras do PSDB após o impeachment da presidente Dilma Rousseff. Ele condenou o ingresso do PSDB no governo de Michel Temer (PMDB). "Sempre combati esse sistema na esperança de encontrar um partido de verdade. Não encontrei até hoje. Estou no Podemos, que é um movimento, e pode se tornar um partido mais à frente".

Inviável

O senador classificou ainda a candidatura do ex-presidente Lula como "inviável". "54% dos brasileiros querem Lula na cadeia", afirmou Dias ao se referir resultado de pesquisa do Datafolha. Ele disse ainda que o índice de rejeição é o que mede o potencial do candidato. "Na minha opinião, o favorito é o que tem a menor rejeição", disse.

Frase:

"Esse governo (de Michel Temer) é tapa-buraco. Sem credibilidade e envolvido em corrupção. Sou favorável a uma reforma que salve a previdência do País e os proventos dos aposentados no futuro."
Álvaro Dias, senador e pré-candidato a presidente pelo Podemos ao emitir sua opinião sobre o governo de Michel Temer (PMDB)

 

Na Rede

Novo hábito

O deputado estadual João Paulo Rillo (PT) tem um novo hobby. Ele divulgou no seu Facebook que virou fã da feira livre, só quem em Olímpia. "Quem me acompanha aqui sabe que virei fã do pessoal da Feira Livre em Olímpia. Tanto que já voltei!", escreveu o petista nas rede sociais.

Efeito retardado

Bastou o Facebook do Senado divulgar o arquivamento do projeto de lei que cria o programa Escola sem Partido para que a decisão ganhasse espaço nas redes sociais de rio-pretenses. O senador Cristovam Buarque (PPS-DF), designado relator do projeto (PLS 193/2016) que prevê a inclusão na Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB) do Programa Escola Sem Partido, entregou relatório pela rejeição da proposta em novembro.

Buraqueira

O prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), divulgou nas redes sociais que sua gestão tapou 25.812 buracos na Capital em novembro. Neste mês, o tucano afirmou que a meta é fechar mais 30 mil buracos. Nos últimos dias, ele passou a dar mais ênfase a questões administrativas, principalmente, após perder espaço na disputa com o governador Geraldo Alckmin (PSDB) sobre quem seria o candidato tucano a presidente em 2018.

Visitinha

O deputado estadual Orlando Bolçone (PSB) aproveitou o feriado em Rio Preto para participar de reunião em Guapiaçu, conforme ele publicou no Facebook. Ele disse que se reuniu com o secretário estadual da Agricultura, Arnaldo Jardim, e o presidente da Codasp (Companhia de Desenvolvimento Agrícola do Estado), Alexandre Pires, a convite do prefeito Carlos Cesar.

 

Ministro tucano deixa governo Temer

O ministro da Secretaria de Governo, Antonio Imbassahy, pediu demissão nesta sexta-feira, 8. O deputado Carlos Marun (PMDB-MS), relator da CPMI da JBS, deve assumir o lugar de Imbassahy, cuidando da articulação política com o Congresso num momento em que o governo tenta votar a reforma da Previdência na Câmara. Em carta de três páginas enviada ao presidente Michel Temer, Imbassahy disse que foi um grande desafio atuar na função em um período de radicalização pós-impeachment, com uma grande fragmentação partidária, "em meio a enormes dificuldades econômicas e fiscais". Na carta, ele não cita o racha do PSDB, que neste sábado elegerá o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, para a presidência da sigla.

Curtas

Mara Sousa/Arquivo O vereador José Carlos Marinho (PSB), que considerou
O vereador José Carlos Marinho (PSB), que considerou "algo exagerado" a decisão da Polícia Civil de indiciá-lo: "Tenho 100% de certeza que (o inquérito) vai ser arquivado pelo Ministério Público"

Afogadilho - Depois de encaminhar à Câmara de Rio Preto outro projeto que muda as regras de cobrança de ISS e agora pega mais leve no imposto para setor de médicos e serviço de tecnologia, o governo de Edinho Araújo (PMDB) quer pressa na aprovação. A proposta pode ser votada em sessão extra. Para valer em 2018, as mudanças tem de passar pela Câmara ainda neste ano.

Vetado - Projeto de José Carlos Marinho (PSB)- foto - que cria pacote de honrarias a integrantes da Guarda Municipal não foi visto com agrado pelo Executivo. O governo vetou a proposta na íntegra e a classificou de "intromissão". "Trata-se de atuação administrativa que decorre de escolha de política ou ato de gestão, na qual é vedada intromissão de qualquer outro poder", diz trecho do veto.

Depende dele - O presidente da Câmara, Jean Charles (PMDB), foi recepcionar o pré-candidato a presidente Álvaro Dias (Podemos). Enquanto esperava, ele afirmou à Coluna que a votação do veto ao projeto que cria o Escola sem Partido na cidade vai depender da vontade política de Jean Dornelas (PRB), autor da proposta. O assunto deve ser analisado em breve pelos 17 vereadores.

Oba-oba - Em clima de Natal, o vereador de Rio Preto Celso Peixão (PSB) protocolou em apenas um dia no Legislativo 17 requerimentos de congratulações. O oba-oba generalizado do vereador é destinado a empresas que participaram do programa Natal Solidário. E congratular foi um verbo bastante conjugado na Câmara neste ano. No total, foram mais de 860 requerimentos do tipo desde janeiro.

 

Notas

Guilherme Baffi 12/9/2016 KAWEL LOTTI
KAWEL LOTTI

Ele voltou

O empresário Kawel Lotti (foto), que foi derrotado na eleição para a Prefeitura de Rio Preto em 2016, confirmou a sua pretensão de disputar uma cadeira na Assembleia Legislativa na eleição do próximo ano. Ele deixou o PSDC e migrou para o Podemos.

Sabe de nada

O presidente do diretório estadual do Podemos, deputado federal Sinval Malheiros, afirmou que só falaria sobre pré-candidaturas a deputado estadual e federal a partir da próxima semana. Ele tentou fazer mistério e não confirmou a candidatura de Kawel. Malheiros revelou, no entanto, que é contra a proposta atual da reforma da Previdência. "Do jeito que está a reforma da Previdência não estou contente. Não resolve todos os problemas da classe trabalhadora".

Vácuo

A presidente nacional do Podemos, deputada federal Renata Abreu, afirmou que a legenda se prepara para eleger pelo menos um deputado estadual da região de Rio Preto. Ela afirmou que o partido vai tentar até lançar um candidato ao governo do Estado.


 

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso