Diário da Região

29/12/2017 - 23h04min

CÂMARA DO OBA-OBA

Prioridade de vereadores é batizar ruas e dar parabéns

Vereadores de Rio Preto aprovaram 891 requerimentos de congratulações no primeiro ano da atual legislatura, o dobro de 2016; não bastasse, mais da metade dos projetos foram para dar nome a ruas

Guilherme Baffi 30/10/2017 Campeão em número de congratulações, o vereador Paulo Pauléra (centro) também concedeu título de Cidadão Rio-pretense para o prefeito de São Paulo, João Doria (à esq), em sessão solene que contou com a presença do prefeito Edinho Araújo (à dir.)
Campeão em número de congratulações, o vereador Paulo Pauléra (centro) também concedeu título de Cidadão Rio-pretense para o prefeito de São Paulo, João Doria (à esq), em sessão solene que contou com a presença do prefeito Edinho Araújo (à dir.)

Pessoas, empresas - como bares, restaurante e até boate -, time de futebol, barraca de frutas, choperia, políticos. O cardápio é variado. Tudo lido e aprovado, salvo com alguns poucos questionamentos. Neste ano, primeiro da atual Legislatura, a Câmara de Rio Preto aprovou mais do que o dobro de requerimentos de congratulações comparado a 2016. No total, foram lidos e aprovados 891 requerimentos do tipo ao longo ao ano. Em 2016, foram 428.

As moções de aplausos também estiveram em alta entre os 17 vereadores da Casa. Foram quase cem neste ano. Em 2016 foram 41.

Além de dedicarem boa parte do tempo para fazer congratulações e moções de aplauso, mais da metade dos projetos apresentados e aprovados pelos vereadores no decorrer deste ano foram para dar nome a ruas. No total, de 236 projetos de autoria de vereadores apresentados, 145 serviram apenas para batizar vias públicas.

O número representa 62% dos projetos de lei de vereadores neste ano. Em projetos assim, a Prefeitura encaminha para a Câmara a relação de ruas que precisam receber nomes e eles, a toque de caixa, em sessões com votações secretas, aprovam as denominações aos pacotes.

O vereador líder na apresentação de requerimentos de congratulações em 2017 foi Paulo Pauléra (PP). Apenas de iniciativa dele, foram aprovados 164 requerimentos do gênero. Pauléra chegou a ser criticado por colegas por outra iniciativa. Ele propôs o Título de Cidadão Honorário Rio-pretense ao prefeito de São Paulo, João Dória (PSDB). O evento ocorreu em outubro, com a Câmara lotada e com o tucano ainda cotado como possível candidato a presidente da República em 2018. Na época, Pauléra chegou a defender a homenagem não pelo que Doria realizou pela cidade, mas pelo o que ainda poderia vir a realizar. Os projetos de honrarias, previstos na Lei Orgânica do Município, somaram 16 neste ano.

Em 2º lugar no ranking de vereadores com maior número de homenagens por meio de congratulações está Jean Dornelas (PRB). No primeiro ano de mandato, ele apresentou 144 propostas do tipo. Dornelas defendeu as honrarias (leia mais nesta página).

Fábio Marcondes (PR) apresentou 110 requerimentos de congratulações. O vereador do PR inclui em suas honrarias até equipe de futebol amador.

Celso Peixão (PSB) também superou a casa da centena de congratulações neste ano. Foram 101 requerimentos. Juntos, esses quatro vereadores concentram 519 propostas para adular eleitores. A quantidade representa 71% do total de propostas de congratulações que passaram pelo plenário.

No outro extremo, estão vereadores que não apresentaram nenhum requerimento, que foram Francisco Júnior (DEM) e Gerson Furquim (PP). A quantidade de honrarias rendeu discussões durante as sessões deste ano. "Acho uma vergonha congratular boteco", disse Marco Rillo (PT), autor de apenas uma proposta um dos críticos do tema.

Edinho aprova 43 projetos

O prefeito de Rio Preto, Edinho Araújo (PMDB), começou 2017 sem apoio consolidado na Câmara, mas terminou o ano com aprovação de propostas que ainda encontravam resistência em sessões extraordinárias realizadas em dezembro. No total, incluindo projetos de lei e complementares - que alteram normas já em vigor -, Edinho conseguiu aprovar 43 propostas.

No início do ano, o governo de Edinho - que não conseguia maioria para aprovar projetos - encontrou resistência. Grupo de vereadores ligados ao ex-prefeito Valdomiro Lopes (PSB), que se autointitulou "G9" chegou a barrar projetos do Executivo. Os exemplos foram projetos para criar cargos em comissão. Edinho teve de fazer alterações nas propostas e abrir mais espaço para vereadores para conseguir apoio. O secretário de Governo, Jair Moretti, passou a fazer reuniões semanais com vereadores para conseguir apoio na aprovação de projetos.

Durante o ano, o G9 se desmanchou. Vereadores como Anderson Branco (PR) e até Paulo Pauléra (PP), um dos líderes do G9 passaram dar apoio a Edinho. Isso garantiu, por exemplo, aprovação de projeto que elevou alíquotas de ISS e o Plano de Saneamento, também alvo de críticas de parte dos vereadores.

Vereadores defendem as homenagens

Vereadores que estão entre os que mais apresentaram requerimentos de congratulações neste ano defendem as homenagens. Jean Jornelas (PRB), com 144 requerimentos de congratulações, afirmou que suas propostas de homenagens têm relação com consumidores. Novato na Câmara de Rio Preto, ele é advogado que tem com bandeira a defesa do consumidor. "Com esse tipo de trabalho, você enaltece empresas e pessoas que, no meu caso em especial, eu fico de olho da defesa do consumidor", disse. Dornelas afirma que a Câmara não deve apenas fazer críticas.

"Não pode ter uma política de só falar mal, de criticar. Tem de destacar quem faz o bem. Toda ação em que se faz o bem, seja na defesa do consumidor ou seja de forma geral na política eu procurei congratular", afirmou o vereador do PRB nesta sexta, 29.

Fábio Marcondes (PR) também seguiu a mesma linha. Segundo ele, as congratulações são importantes para as pessoas homenageadas. "A importância é para quem recebe. A congratulação é pessoal. Não atrapalha em nada o trabalho coletivo", disse o vereador do PR, que apresentou neste ano 110 requerimentos de congratulações.

O campeão do "oba-oba", Paulo Pauléra (PP), não foi localizado para falar sobre o assunto. Ele não atendeu o celular nesta sexta nem retornou recado deixado na caixa-postal. Os requerimentos aprovados por Pauléra são entregues aos homenageados até com molduras. Durante este ano ele afirmou que os gastos eram bancados por ele, e não pelo Legislativo. (Colaborou Rogério Castro)

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso