Diário da Região

05/12/2017 - 23h48min

CORAÇÃO VALENTE

Letícia superou arritmia cardíaca e está pronta para defender Rio Preto

A jovem Letícia Garcia Corrêa, de 20 anos, superou arritmia cardíaca e está pronta para defender Rio Preto na final da Série Prata do Campeonato Paulista de vôlei

Mara Sousa 05/12/2017 A oposta Letícia é uma das armas do time rio-pretenses e está animada depois de viver meses de angústia ao descobrir que sofria de arritmia cardíaca
A oposta Letícia é uma das armas do time rio-pretenses e está animada depois de viver meses de angústia ao descobrir que sofria de arritmia cardíaca

Com o coração não se brinca, ainda mais quando o assunto é esporte. E olha que não estamos falando apenas do torcedor comum, mas exclusivamente de uma atleta. Recentemente, a oposta Letícia Garcia Corrêa, da equipe de vôlei sub-21 do Rio Preto/Smel, superou uma arritmia cardíaca para voltar às quadras e brigar pelo título da Série Prata do Campeonato Estadual da categoria, promovido pela Federação Paulista de Volleyball (FPV). "Na disputa da semifinal dos Jogos Abertos (em julho em Andradina) senti fortes dores no peito e cansaço", recorda Letícia.

O vôlei rio-pretense foi ouro e os problemas voltaram a incomodar a atleta. "Era repetidas vezes até que fui ao médico e, segundo exames, tinha uma arritmia por conta de pequenos vasos em uma artéria. Foi um susto. A gente treina o ano inteiro, consegue chegar nas finais dos Jogos Abertos, atletas esperam essa etapa ansiosamente", recorda. "Descobri e logo fiz a cirurgia. Foi um procedimento de ablação. Fazem três furos na virilha e, depois de 20 dias de recuperação, consegui voltar."

Letícia já atuou na semifinal da Série Prata, quando Rio Preto superou São Bernardo. Venceu por 3 sets a 1 no ABC, perdeu por 3 a 2 em Rio Preto, mas ganhou o golden set, carimbando a passagem à final para encarar São José dos Campos. "Na hora você fica tão assustada, pensei que não ia jogar mais esse ano. A cirurgia seria em dezembro, mas o médico me ligou e fez no início de novembro", disse Letícia. "Agora meu coração está bem, voltei com tudo, com fome de bola, pois nesse tempinho parada fiquei chateada", disse Letícia.

O primeiro duelo da final será nesta sexta, dia 8, às 17h30, em São José dos Campos. A decisão será no domingo, às 19 horas, no Automóvel Clube, em Rio Preto.

No vôlei, alguns casos de problemas cardíacos ficaram conhecidos. O oposto Leandro Vissotto teve duas arritmias cardíacas, mas voltou a jogar. Roberto Minuzzi ficou afastado nove meses em 2005 devido a uma dilatação da aorta. No futebol existem casos emblemáticos como dos atacantes Washington (Atlético-PR), que jogava com stends e Fabrício Carvalho (São Caetano), que chegou a ficar dois anos fora dos gramados.

 

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Diário da Região

Esperamos que você tenha aproveitado as matérias gratuitas!
Você atingiu o limite de reportagens neste mês.

Continue muito bem informado, seja nosso assinante e tenha acesso ilimitado a todo conteúdo produzido pelo Diário da Região

Assinatura Digital por apenas R$ 1,00*

Nos três primeiros meses. Após o período R$ 16,90
Diário da Região
Continue lendo nosso conteúdo gratuitamente Preencha os campos abaixo para
ganhar + 3 matérias!
Tenha acesso ilimitado para todos os produtos do Diário da Região
Diário da Região Digital
por apenas R$ 1,00*
*Nos três primeiros meses. Após o período R$ 16,90

Já é Assinante?

LOGAR
Faça Seu Login
Informe o e-mail e senha para acessar o Diário da Região.
Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para acessar o Diário da Região.