Diário da Região

05/12/2017 - 22h18min

CORRENTE DO BEM

Famosos encorpam campanha por Bia

Menina de Rio Preto precisa de transplante para se curar de leucemia

Álbum de Família ADEUS Bia, que comoveu em sua luta contra leucemia, morre em São Paulo Pág. 4B
ADEUS Bia, que comoveu em sua luta contra leucemia, morre em São Paulo Pág. 4B

O que jogadores de futebol, cantores e atores têm em comum além do fato de serem famosos e queridos pelos fãs? A resposta é o engajamento para encontrar um doador de medula óssea para Beatriz Migliari de Lima Nascimento, de dois anos e cinco meses, que desde os sete meses luta contra uma leucemia linfóide aguda, tipo de câncer no sangue. Moradora de Rio Preto, ela está passando por tratamento no Hospital da Criança e Maternidade (HCM).

O goleiro Jefferson, atualmente no Botafogo e que tem negócios em Rio Preto, gravou vídeo sobre a importância e a facilidade de se cadastrar como doador. Em visita à cidade, ele aproveitou para se cadastrar como doador no Hemocentro e presenteou Bia com uma camisa de seu time.

Outras personalidades, como o goleiro do Palmeiras Fernando Prass, e a dupla Carreiro e Capataz também incentivaram a doação. A hashtag #forçaBia está sendo utilizada e o envolvimento na causa ultrapassou fronteiras. "Queria desejar sucesso na sua recuperação, que você possa ter força. Tenho certeza que logo você vai sair dessa", disse o atacante Kléber, do Coritiba.

O ator Guilherme Leicam, da Globo, também mandou um recado. "Minha amiga Beatriz, vai dar tudo certo. Confia."

Roger Machado, técnico recém contratado pelo Palmeiras, orientou as pessoas a procurarem o Hemocentro mais perto de casa. "Vamos tentar ajudar a Bia, vamos lá, pessoal", pediu Mauro Silva, campeão mundial pela seleção brasileira em 1994.

A mãe Giuliana é grata a toda a ajuda que a filha tem recebido. Ela e o marido, o motorista do Samu Thiago Valério do Nascimento, de 37 anos, dedicam-se o máximo que podem à pequena e aos outros filhos, Thainá e Gabriel. Por isso, não têm tempo de acompanhar toda a repercussão que o caso está ganhando nas redes sociais.

A família tem fé na cura da criança. "Ela é muito guerreira, sempre responde bem ao tratamento. Luta, não se entrega. Deus me dá fé e ela me dá expectativa de que tudo vai dar certo."

Se depender de Giuliana, quem está ajudando será recompensado. "Todos os dias eu tenho orado pela Bia. Oro por todos eles, que seja refletido para eles da mesma forma que vai ser refletido para a Bia", fala.

Leucemia e doação

A leucemia é o tipo de câncer mais comum entre crianças. Muitas vezes de origem genética, na maioria dos casos aparece sem nenhuma doença prévia. A medula começa a produzir células doentes em vez de saudáveis. Enquanto os leucócitos (células brancas, responsáveis pela defesa do organismo) existem em doses altíssimas, as plaquetas baixam e o paciente apresenta anemia. A ideia do transplante é substituir a medula doente por uma saudável - para "matar" as células infectadas, o paciente passa por forte quimioterapia antes do procedimento.

Para se cadastrar como doador, é preciso ir até o Hemocentro. É feita ficha com informações pessoais e são colhidos 5 mililitros de sangue. Neste momento, a medula não é colhida. Se aparecer um receptor compatível, o provável doador só passa pelo procedimento se desejar. O líquido é colhido pelo osso do quadril ou pelo braço, em um procedimento semelhante à doação de plaquetas.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Diário da Região

Esperamos que você tenha aproveitado as matérias gratuitas!
Você atingiu o limite de reportagens neste mês.

Continue muito bem informado, seja nosso assinante e tenha acesso ilimitado a todo conteúdo produzido pelo Diário da Região

Assinatura Digital por apenas R$ 1,00*

Nos três primeiros meses. Apóss o período R$ 16,90
Diário da Região
Continue lendo nosso conteúdo gratuitamente Preencha os campos abaixo para
ganhar + 3 matérias!
Tenha acesso ilimitado para todos os produtos do Diário da Região
Diário da Região Digital
por apenas R$ 1,00*
*Nos três primeiros meses. Ap�s o período R$ 16,90

Já é Assinante?

LOGAR
Faça Seu Login
Informe o e-mail e senha para acessar o Diário da Região.
Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para acessar o Diário da Região.