Diário da Região

23/11/2017 - 22h36min

Cartas do Leitor

Diário

O Jornal Diário da Região foi inaugurado no dia 23 de julho de 1950, concebido com o objetivo de oferecer informações de qualidade e com a firme proposta de apoiar os múltiplos setores da sociedade que, honestamente, trabalhem pela grandeza da nossa região.

O Diário da Região é hoje um dos principais jornais do Estado de São Paulo, e conta com uma tiragem de 19 mil exemplares semana (22 mil exemplares, domingo) distribuídas entre assinantes, anunciantes e venda em bancas, abrangendo cerca de 81 municípios.

Assim como os principais e mais importantes meios de comunicação, o Jornal Diário da Região é afiliado ao IVC - (Instituto Verificador de Circulação).

Hoje, o Grupo Diário da Região se posiciona cada vez mais forte no mercado e oferece informações e serviços de comunicação a milhões de pessoas no interior de São Paulo. Fiel ao seu compromisso com a qualidade e a ética construiu a credibilidade que se transformou no seu maior patrimônio, sempre respeitando seus leitores, anunciantes, ouvintes e internautas.

Pelo exposto, requeiro, nos termos regimentais, ouvido Plenário, sejam inseridos na Ata de nossos trabalhos os votos de congratulações ao Jornal Diário da Região pelos 67 anos de fundação.

Fabio Marcondes, vereador, Rio Preto.

Militares

Acredito que hoje não temos outro caminho que não passe por uma intervenção militar. Chegou a hora das nossas Forças Armadas agirem,não somente na Rocinha, mas no Brasil. Estamos todos estarrecidos com tanta corrupção, é roubalheira institucionalizada do Oiapoque ao Chuí.

Posso afirmar que, como eu,a grande maioria tem vergonha de ser brasileiro, de ver e viver o caos num País sem perspectiva nenhuma, com pessoas morrendo em filas de hospitais, educação entre as piores do mundo, segurança nenhuma.

Chegamos ao ponto de ver com revolta policiais cariocas se escondendo de bandidos com armamento de guerra. Quebradeira geral, Estados falidos, municípios sem recursos e por aí vai. Chega de desmando e roubalheira. Somos o único caso de "democracia" no mundo que condenados por corrupção legislam contra os juízes que os condenaram, em que as decisões do STF podem ser mudadas por condenados, que os mesmos façam seus habeas corpus ou legislem para mudar a lei e serem libertos.

Não vemos nenhuma condenação por parte da instância superior onde são julgados,ao contrário do juiz Sérgio Moro e do TRF do Paraná, que já condenaram um monte de corruptos,só faltando ainda o mais conhecido deles.

Cadê o nosso Exército, general Mourão?Estão esperando o surgimento de outro Solano Lopez no Paraguay? Por que não invadem logo Brasília e fecham o Congresso levando preso todos os corruptos dali, e destituem logo esse presidente chefe de quadrilha?

Carlos Marechal de Carvalho, Rio Preto.

Democracia

Estamos vivendo agora mais um período de redemocratização, já que nos poucos 128 anos de República tivemos duas ditaduras entremeadas que interferiram na alfabetização política do nosso povo. Democracia é um governo do povo e logicamente em benefício dele mesmo, e o analfabetismo político provocado pelas ditaduras é o pior dos analfabetismos, porque para o povo reivindicar seus anseios, precisa saber como.

Ditaduras, por mais bem intencionadas que sejam, impedem a alfabetização política pelo cala boca inserido. Pela falta de se poder opinar sobre sua pátria, adquire-se o individualismo, onde cada um puxa a brasa para sua sardinha, e que se danem os outros, prejudicando a comunidade.

A democracia nos oferece as urnas, onde a maioria elege seus representantes, que por sua vez, sendo os eleitores alfabetizados politicamente, saberão como exigir respeito na administração do dinheiro e políticas públicas. Saberão que é só não votar mais em candidatos daquele partido que não cumpriu com suas filosofias e promessas de campanha.

Se não entendemos de que forma esse dinheiro é administrado, não conferimos nem cobramos satisfações, e nas eleições reelegemos, principalmente os caciques, (maçãs podres do Congresso) que então, com seus superpoderes, que aliás nós lhes conferimos, fazem o que querem fazer, - nada mudará.

Mas, democracia pra se consolidar é assim mesmo, precisa de tempo pra aprendermos, o que, com a Lava Jato aprendemos muito. As urnas em 2018 mostrarão a esses caciques e aos demais políticos corruptos ou mesmo os omissos, a arma que possuímos, e isto é a única coisa que lhes mete medo.

Cesar Maluf, Rio Preto.

Penitência

Nunca me senti tão mal como agora, pela maioria dos vereadores que nos representam. Destes que ali estão, aproveita-se no máximo uns três. Quanto ao resto é uma turma de "Maria vai com as outras" que dão nojo, e o time nunca muda.

Será que nós rio-pretenses, matamos beija-flores e pardais quando éramos pequenos e agora temos que pagar?

Eu, que moro aqui há 64 anos, conheço e estudo a história da nossa cidade ha mais de 40 anos e tive a felicidade de conhecer políticos honestos, como Andaló, Barbar Cury e outros. Me dá calafrios ver essa tropa de puxa-sacos que ora ocupa espaços e cargos. Agora me perguntem se estou contente. Só o Timão para me dar alegria.

Vaelsom Taveira Ferraz, Rio Preto.

Saidinhas

A reportagem do Diário da Região de S.J. do Rio Preto (21/11) sobre o bárbaro assassinato da jovem Kelly Cristina Cadamuro pelo presidiário Jonathan Pereira do Prado apresenta dez perguntas sem resposta ("As dúvidas que persistem"). Eu faria uma 11ª pergunta, sem dúvida a fundamental: por que nossa sociedade permite que um delinquente ande solto?

Ele estava foragido do CPP desde março quando foi beneficiado por uma saidinha temporária e não retornou à cadeia. Precisaríamos rever tal disposição legal. Eu não sou contra, mas acho que as saidinhas deveriam ser controladas. Um parente, amigo ou conhecido deveria se responsabilizar pelo tempo que o penitenciário estaria livre, fora da prisão. O direito do cidadão à segurança, à vida, é mais importante do que a liberdade de um indivíduo que já prevaricou.

Salvatore D'Onofrio, Rio Preto.

 

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso