Diário da Região

29/11/2017 - 17h21min

TREMELIQUE

A sinalização está tão barbeira como muitos motoristas

Sinalização na avenida Bady Bassitt está mais para ziguezague do que para linha reta

Zé Buracão Linha torta na avenida Bady Bassitt
Linha torta na avenida Bady Bassitt

No reino da buracolândia, onde eu nasci, dizem que Deus escreve certo por linhas tortas. Tudo bem, Deus é Deus! E do todo poderoso não se duvida. Agora, a Prefeitura não é uma entidade divina pra também querer escrever certo por linhas tortas, ou melhor, sinalizar certo por linhas tortas. Mas foi exatamente isso o que encontrei em minhas andanças pelas ruas maltratadas de Rio Preto.

Na avenida Bady Bassitt, próximo ao cruzamento com a rua Silva Jardim, a sinalização lateral, aquela que delimita o espaço entre o tráfego e a guia, está mais torta que a vida do pessoal apanhado na Lava Jato.

Não é possível afirmar com certeza o que aconteceu, mas o passado bem recente joga contra esse pessoal que está fazendo o recape asfáltico. O tal Plano de Mobilidade Urbana, que está custando R$ 53 milhões para os cofres públicos, inclui a recuperação asfáltica de parte das vias de Rio Preto, como é o caso da Bady. Ou seja, o asfalto ganhou camada novinha não faz muito tempo. E daquele jeito que o rio-pretense está se acostumando a ter que enfrentar, principalmente os pedestres: com vãos enormes entre a calçada e a via. Agora, como se não bastasse esse obstáculo criado por falha no projeto inicial, que não previa a retirada do asfalto velho antes colocação de uma nova camada, tornando a rua mais alta que a calçada, até sinalização torta a gente está encontrando.

O QUE DIZ A PREFEITURA

Quando vi isso fiquei confuso. Entrei em contato com a Prefeitura e os engenheiros colocaram a culpa no solvente da tinta. "O que pode ter acontecido foi uma reação do solvente existente na tinta utilizada na sinalização horizontal da via em contato com o asfalto existente, entre outros motivos", diz nota da prefeitura

A prefeitura informou ainda que, apesar de o asfalto de lá ser novo, toda avenida vai passar por um recapeamento e receberá uma sinalização definitiva.

A previsão é começar o recapeamento em dezembro, mas a prefeitura já adiantou que pode acontecer atraso, já que é um período chuvoso.

NÃO COMETAM O MESMO ERRO

Espero que antes de fazer o novo recapeamento, os engenheiros façam a  fresagem, ou seja, retirem a camada de asfalto velho para depois colocar uma nova. Se não fizer isso, o nível da avenida vai ficar ainda mais alto do que a calçada, causando problemas futuros e até comprometendo a mobilidade urbana. (colaboraram Nando Silva e Marival Correa)

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso