CurtasÍcone de fechar Fechar

Curtas


    • São José do Rio Preto
    • máx min

Paraíso - A Justiça tornou indisponíveis os bens no valor de R$ 675.222,00 do ex-prefeito de Paraíso Gilberto Galbeiro e de um punhado de réus por contratação ilegal, sem licitação, de clínicas para prestação de serviços na área de maternidade e subcontratação de serviços médicos, pagamentos irregulares por serviços médicos não previstos em contrato ou, ainda, não realizados.

Trator do Edinho - A Secretaria de Serviços Gerais comprou três tratorzinhos (foto) para cortar grama e fazer a limpeza de áreas públicas. O secretário Ulisses Ramalho disse que cada aparelho custou R$ 16 mil. "Esse equipamento faz o serviço de 15 pessoas", afirmou Ulisses. Pelo visto, mais servidores terceirizados podem perder seus empregos.

Mais um passo - Dos noves municípios que participaram da fundação do Consórcio Público Intermunicipal de Inovação e Desenvolvimento do Estado de São Paulo (Cindesp) no dia 10 em Mirassol, cinco oficializaram participação com aprovação de lei: Mirassol, Uchoa, Ouroeste, Vitória Brasil e Irapuã. A ideia central do consórcio é baratear despesas, de asfalto por exemplo, com compras conjuntas entre as prefeituras.

Em silêncio - O vereador de Mirassol Carlos Divino de Souza (PTB), conhecido como Mineiro, preferiu o silêncio durante a sessão desta segunda-feira,27. Ele pediu desculpas a colegas nos bastidores após dizer que casais gays vivem no pecado e vão "para o inferno" na sessão passada. "Conversamos e ele (Mineiro) está arrependido", disse o vereador Walmir Pereira Júnior (PTB), membro do Conselho de Ética.