Diário da Região

27/11/2017 - 22h11min

24 INVASÕES

Vândalos invadem mais duas escolas municipais de Rio Preto

Nos últimos dois meses, somam 24 o número de furtos em unidades de ensino municipal desde que a prefeitura dispensou a presença dos Anjos da Guarda - vigias que atuavam em prédios públicos - após fim do contrato.

Reprodução Internet Computador destruído após invasão na escola municipal Cinderela, no Jardim Conceição
Computador destruído após invasão na escola municipal Cinderela, no Jardim Conceição

Mais duas escolas municipais de Rio Preto foram invadidas neste fim de semana. Com isso chega a 24 o número de invasões a unidades de ensino da cidade desde que a Prefeitura dispensou os anjos da guarda - vigias que atuavam em prédios públicos. Diante da situação, a secretária de Educação, Sueli Petronília Amâncio Costa, diz que projeto para implantação de câmeras em todas as escolas está em andamento e estuda concurso para contratar porteiros para os locais.

A escola Cinderela, no Jardim Conceição, foi alvo dos bandidos pela segunda vez. A unidade já havia sido invadida no dia 16 de novembro. Dessa vez, os ladrões arrombaram a porta da secretaria, quebraram computadores e levaram uma cesta básica de um funcionário.

Neucineia Espurio Tofole, 43 anos, diz que a onda de furtos começou após a saída dos vigias. A filha dela, de 6 anos, estuda na escola Cinderela. "Antes não acontecia isso. Foi tirar os anjos da guarda que a escola ficou vulnerável. Não podemos esperar o pior acontecer. Quem vai garantir a segurança dos nossos filhos? A Prefeitura deveria colocar um guarda municipal."

A outra escola invadida foi a Ministro Aldo Rabelo, no Lealdade e Amizade. Os criminosos comeram parte da merenda que estava dentro da despensa, além de furtarem outros alimentos. Eles também levaram equipamentos eletrônicos, de informática e brinquedos das crianças.

Projeto

Segundo a secretária Sueli, todas as unidades possuem sistema de alarmes que funciona integrado a uma central de monitoramento, que aciona a Guarda Civil Municipal sempre que há um alerta. Se necessário, a GCM aciona ainda a Polícia Militar.

Projeto para instalação de câmeras em todas as unidades e está em fase de "aprovação na Secretaria Nacional de Segurança, em Brasília". A secretária não informou quantas escolas possui monitoramento por câmeras atualmente. "São poucas. Mas todas possuem sistema de alarme. Com ele, a Guarda já conseguiu evitar invasões e na escola Silvio de Melo, inclusive, conseguiu reaver objetos furtados", disse.

Ainda de acordo com Silvia, um concurso para contratação de porteiros está sendo estudado. "Será um profissional que não ficará apenas na função de abrir e fechar portões, seria uma espécie de zeladoria."

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso