Mulher denuncia homem por ato obscenoÍcone de fechar Fechar

Ato obsceno

Mulher denuncia homem por ato obsceno

Advogada foi importunada quando estava chegando em casa na tarde de domingo


    • São José do Rio Preto
    • máx min

Uma advogada de 26 anos chamou a Polícia Militar após ter sido importunada sexualmente por um homem de 50 anos que baixou o zíper da calça e passou se masturbar na frente dela. O ataque foi na tarde de domingo, dia 26, quando a vítima estava chegando em casa, em Rio Preto.

Segundo o boletim de ocorrência, antes de baixar as calças para a mulher, o homem teria dito "nossa, você é uma delícia" e depois começou a se masturbar.

Com medo de ser violentada, a advogada disse que entrou rapidamente em casa e trancou o portão. Depois ligou para a Polícia Militar, que enviou viatura até o local, mas não encontrou mais o homem.

O caso será encaminhado para investigação da Delegacia de Defesa da Mulher de Rio Preto.