Diário da Região

09/11/2017 - 11h42min

SANTA FÉ DO SUL

Guarda Municipal recebe armas de choque

De acordo com a Guarda de Santa Fé do Sul, os servidores passarão por duas etapas antes de utilizarem os equipamentos

Divulgação/Informa Mais Guarda Civil Municipal de Santa Fé do Sul recebe armas não letais para uso dos agentes
Guarda Civil Municipal de Santa Fé do Sul recebe armas não letais para uso dos agentes

Os agentes da Guarda Civil Municipal de Santa Fé do Sul receberam da Prefeitura da cidade três armas de choque (não letais) para reforçar o trabalho durante a fiscalização do patrimônio público, segurança dos cidadãos e também do trânsito na cidade.

A entrega aconteceu em um evento na quarta-feira, 8 e a arma, denominada Spark, é da categoria elétrica incapacitante, cuja ação dura apenas cinco segundos. Passado esse tempo, ela é automaticamente travada.

De acordo com a Guarda, os servidores passarão por duas etapas antes de utilizarem os equipamentos. Na primeira etapa, eles serão avaliados por médico e psicólogo e na segunda etapa por treinamento e capacitação para uso do equipamento com o instrutor João Luiz Flausino, também Guarda Civil Municipal.

Os equipamentos incapacitantes podem ser utilizados pela GCM, de acordo com a Lei Federal n° 13.022/2014.

No evento, João Luiz explicou que durante o treinamento os servidores passarão pela parte de sensibilização, recebendo o disparo no próprio corpo para sentir o efeito do dispositivo. Na oportunidade, o prefeito Ademir Maschio fez o compromisso de adquirir em 2018 duas novas viaturas equipadas e mais três pistolas spark Z 2.0.

O comandante da Guarda Municipal Everson Merighi Pinha disse que o uso do dispositivo irá trazer mais segurança à população e também aos servidores da corporação. “Agradeço o prefeito Ademir, que apesar das dificuldades econômicas do país e do nosso município, tem olhado e atendido as necessidades da Guarda”.

A Spark é um dispositivo elétrico incapacitante, com alcance de até oito metros e 50 mil watts, que emite pulsos elétricos que atuam sobre o sistema neuromuscular, causando desorientação, fortes contrações musculares e queda do indivíduo, permitindo a incapacitação temporária do agressor. Dispõe de comandos de acionamento ambidestro e sistema de ejeção automática do cartucho. O disparo é realizado através do acionamento do gatilho de ação progressiva que, ao ser pressionado, permite que o dispositivo emita pulsos elétricos por um período de 5 segundos.

(Colaborou Arthur Avila)

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso