Diário da Região

03/12/2017 - 14h45min

Fruta do pé

Tem manga por todos os lados de Rio Preto; veja receitas com a fruta

Dezembro é o auge da colheita da fruta

Mara Sousa 24/11/2017 Jose Ferreira Lacerda - plantou pés de manga na marginal Otaviano Fava com a avenida Potirendaba no jardim Tangara - mangueiras
Jose Ferreira Lacerda - plantou pés de manga na marginal Otaviano Fava com a avenida Potirendaba no jardim Tangara - mangueiras

Não importa se estão verdes, maduras ou se são consumidas como suco ou direto do pé, mas sim que a manga é uma fruta tropical saborosa em qualquer época do ano. Não precisa nem andar muito pelas ruas de Rio Preto para encontrar algumas árvores repletas de mangas espalhadas por aí só esperando para serem colhidas. Na verdade, é justamente nessa temporada, entre dezembro e fevereiro, que ela resolve aparecer e encher as mangueiras de virtude e beleza.

Com 10 variedades diferentes cultivadas no país, a manga, também conhecida como rainha das frutas tropicais, consegue agradar a todos os gostos, desde aqueles que a preferem mais espessa e com fiapos até quem seja atraído pelo aroma intenso e sabor mais adocicado. Atualmente, o Brasil é o terceiro maior produtor mundial, ficando atrás apenas da Índia e China.

Espalhadas pelos quatros cantos de Rio Preto, a manga já divide espaço com as poucas áreas verdes exploradas pelo urbanismo da cidade. Bairros como Cidade Jardim, Jardim Tangará e Jardim Yolanda estão lotados com pés da fruta, que se estendem próximos a ruas, avenidas e campos abertos.

Esse contraste contribui para criar uma convivência mais agradável entre o meio ambiente e as grandes cidades, mas é preciso investir mais. “É indiscutível a necessidade de arborização das cidades e nesse sentido arborizar com árvores frutíferas seria unir o útil ao agradável”, conta Marco Aurélio da Costa, arquiteto e ambientalista. “Inúmeras cidades brasileiras, entre elas Belém, Brasília e Campo Grande, plantaram frutíferas e a população hoje tem frutas em diferentes épocas para seu consumo.”

Rio Preto possui várias características que facilitam o cultivo de árvores frutíferas. “É uma cidade com clima ideal para diferentes espécies de árvores e o benefício não se resume apenas em oferecer às pessoas sombras e frutas, mas também possibilitar o sustento para vários animais que persistem em conviver por aqui”, ressalta. “Jabuticabeiras, goiabeiras, caju, pitanga, amoras, araçás, jambo, carambola e cajá-manga se adaptam bem ao clima, possuem porte adequado, são resistentes a pragas e produzem o ano todo”.

Mas devem-se tomar algumas precauções no momento do plantio. “O ideal é cada morador procurar assistência técnica para definir a espécie mais adequada para o plantio, pois detalhes específicos de cada residência devem ser considerados, tais como fiação da rua e tubulação sobre a calçada, mas no final compensa a satisfação de ter belas árvores frutíferas na sua porta servindo a vizinhança”, diz Marco.

 * Brix é uma escala numérica usada para definir o índice de refração de uma solução e serve para comparar o sabor do fruto. Índices que apresentam um valor mais próximo de 20º representam um gosto mais agradável e doce.

        

Manga para todos

As vastas e imponentes visões das mangueiras atraem pedestres e moradores, que acabam por não resistir em provarem a fruta. Um dos pontos com maior quantidade de plantações de manga fica entre a Marginal Otaviano Fava e Avenida Potirendaba. “Eu venho todos os dias aqui depois do almoço para conversar e saborear uma manga”, diz João Jesus Fagundes, frentista de um posto de combustível.

É nesse mesmo local que fica José Ferreira Lacerda, motorista de caminhão aposentado que passa todos os dias apreciando a sombra das mangueiras e ainda aproveita para contar sua história de amor e carinho tanto por aquele lugar quanto pela fruta. “Desde moleque sou apaixonado por manga, por isso plantei aqui 85 pés”, conta. “Um dia, eu perguntei a uma senhora que vem aqui pegar manga se ela queria conhecer a pessoa que plantou tudo isso aqui e quando eu disse que fui eu, ela ficou tão feliz e agradecida que até me abraçou”.

“Esse lugar é bonito, tem sombra, refresca, é ao ar livre e ainda dá para comer uma manga”, diz Agenor Alves dos Reis, caminhoneiro.

      

Superstições

A manga sempre esteve presente nas famigeradas listas de superstições que se estendem ao longo dos anos. Sua combinação com o leite é até hoje encarado por muitos como um “veneno”, já que se não mata, ao menos provoca muito mal para a saúde. Contudo, todas essas crenças são infundadas.

“É um mito. Na época da escravidão, os senhores de engenho, preocupados em diminuir o consumo de leite por parte dos escravos e conhecedores da grande quantidade de manga que eles consumiam, falavam que os dois alimentos juntos fariam mal à saúde”, explica Marco.

    

SOBREMESAS CASEIRAS

Além de saborosas e nutritivas, as mangas também podem ser a estrela da sua sobremesa com um gosto e cor bem tropicais. Por isso, separamos três receitas fáceis e deliciosas com a fruta:

         

Mousse de Manga

Ingredientes

- 2 mangas

- 500ml de creme de leite

- 30g de açúcar

- 1 envelope de gelatina em pó incolor e sem sabor

Modo de preparo

Lave, retire as cascas e pique as mangas. Bata no liquidificar até obter uma consistência de purê. Separe. Depois, bata o creme de leite e açúcar durante 2 minutos. Separe. Dissolva a gelatina em pó seguindo as instruções da embalagem. Em uma tigela, coloque a purê de manga e misture com a gelatina dissolvida. Mexendo delicadamente, adicione o creme de leite. Coloque para gelar durante, no mínimo, 4 horas. Pronto, agora é só chamar todo mundo pra comer!

    

Doce de manga com canela

Ingrediente

- 2 mangas

- 4 paus de canela

- 1 colher de chá de açúcar

- 2 colheres de sopa de água

Modo de fazer

Lave, retire as cascas e corte as mangas em fatias. Coloque-as em uma panela e adicione os paus de canela, o açúcar e a água e leve ao fogo médio, deixando ferver com a panela tampada até as mangas ficarem macias. Use um garfo para amassá-las e notar quando ficarem macias. Deixe o doce esfriar e aproveite o sabor delicioso da manga.

    

Creme de manga

Ingredientes

- 3 mangas médias

- 60g de açúcar de confeiteiro

- 250ml de creme de leite

- Suco de 2 laranjas

Modo de fazer

Lave, retire as cascas e corte as mangas em fatias. Bata-as no liquidificar até obter uma consistência de purê. Separe. Dissolva o açúcar e o suco de laranja em uma tigela. Logo em seguida, coloque o purê de manga e o creme de leite mexa delicadamente. Leve até à geladeira e deixe gelar por 30 minutos. Após isso, dá para colocar outras frutas de sua preferência e se deliciar!

(Colaborou Léo Balducci)

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso