Diário da Região

25/10/2017 - 21h00min

FLIV

Santiago Nazarian participa de bate-papo

Jovem autor abordará sua carreira e a literatura contemporânea

Divulgação Santiago Nazarian lançou recentemente o livro Neve Negra
Santiago Nazarian lançou recentemente o livro Neve Negra

Um dos autores contemporâneos que vem chamando a atenção no cenário literário brasileiro, Santiago Nazarian é destaque no sexto dia do Festival Literário de Votuporanga (Fliv). Ele, que acabou de lançar o romance Neve Negra, chega à cidade para participar de um bate-papo nesta quinta-feira, às 19h, sobre a literatura atual, mediado pelo também escritor Reynaldo Damazio, seguindo o conceito do festival este ano de trazer ainda mais atenção para o que autores jovens e a produção contemporânea.

Segundo Santiago, por se tratar de um festival literário, isso permite que a conversa seja mais aprofundada em sua obra, mas sem deixar de lado a inserção dos jovens escritores que estão no mercado atualmente.

A perspectiva do que é juventude neste universo literário, inclusive, é um ponto que o autor acha engraçado. “Tenho 40 anos, 15 de carreira, mas a gente sempre está como jovem, como novo escritor na literatura. Não sou jovem, nem novo de carreira, mas a literatura é super lenta. Com 15 anos de carreira, ainda estamos começando, apresentando nossas obras para os outros. É sempre esse desafio”, conta.

Esse desafio constante está na dificuldade em penetrar no público e fazer com que ele saiba o que há na literatura de cada escritor. “Na música, basta um segundo de uma música para saber se faz parte do universo que você gosta. Agora, para entender o que tem dentro de cada livro é preciso um pouco mais de dedicação. O escritor estar nos lugares amplia essa visão da literatura. Um escritor presente ajuda”, afirma sobre a importância da participação em eventos como o Fliv.

Outro empecilho, para Santiago, está na concessão. Ele afirma que nunca teve a intenção de abrir mão do seu estilo ou das temáticas escolhidas para suas obras para que elas ampliassem seu público.

“Se estivermos sempre preocupado em alcançar o leitor médio, mínimo, estaremos produzindo sempre uma literatura fácil. Nunca me considerei alta literatura, mas também não sou uma literatura comercial. É uma alternativa, uma visão paralela. Pode não ser a minha visão, mas é uma visão que acho interessante trazer. Por exemplo, me interessa muito mais, se for escrever um romance com temática LGBT, colocar o ponto de vista de um homofóbico. Entender esse outro lado que acho mais interessante”, analisa.

Mas essa decisão também traz uma série de riscos. “Ao contar uma história de uma criança abusada, por exemplo, se você pegar um público mais desavisado, pode ser acusado de apologia à pedofilia”, completa o autor, declarando preocupação com o cenário de censura e conservadorismo que vem se instalando diante da arte.

Carreira

Com nove publicações em seus 15 anos de carreira, Santigado vem solidificando seu nome na literatura brasileira dentro do gênero terror, ou, como ele mesmo gosta de descrever seus trabalhos, um existencialismo bizarro. Em 2007, foi eleito um dos escritores jovens mais importantes da América Latina pelo júri do Hay Festival em Bogotá, Capital Mundial do Livro.

Em 2010 seu romance juvenil Garotos Malditos foi contemplado com bolsa de criação literária do programa Petrobras Cultural. Já a obra Mastigando Humanos foi adotada pelo Projeto Nacional Biblioteca na Escola (PNBE) e se tornou leitura obrigatória do vestibular da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) em 2013.

Programação do dia

8h – Galpão Fliv
Contação de histórias com Cia. Entre Aspas

8h – Cinema Cultural
Pontos MIS – “Cada um na sua Casa”

9h e 10h – Galpão Fliv
Contação de Histórias com Dani Ribeiro e Daniela Aguas

10h – Cinema Cultural
Pontos MIS – “Vida de Menina”

11h, 13h, 14h e 15h – Galpão Fliv
Contação de Histórias com Cia. Girasonhos

12h – Galpão Fliv
Espetáculo infantil “Circo de Coisas” com Cia. Circo de Bonecos

14h30 – Cinema Cultural
EnCena do Projeto Guri

16h às 18h – Biblioteca – Sala de Oficinas
Minicurso “Leitura e Mediação: A Jornada do Leitor” – Profª Ma. Karina de Oliveira (UNIFEV)

16h – Galpão Fliv
Contação de histórias com Gabriela Carvalho

17h – Parque da Cultura
Ballet aéreo utilizando tecido acrobático com Mariana Maricatto

18h – Parque da Cultura
Oficina e demonstração de técnicas de Slackline com Michel Scalle

18h – Parque da Cultura
Yoga no Parque com Luci Sanches

19h - Parque da Cultura – Deck
Espetáculo Infantil “Circo de Coisas” com Cia. Circo de Bonecos

19h – Cinema Cultural
Bate-papo com o escritor Santiago Nazarian

21h – Palco Principal
Mostra Ademar Guerra
Espetáculo “Estações” - Qualificação em Dança, Grupo Em Movimento (Birigui)

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso