Quadrilha rende caminhoneiro e rouba carga de azeitonasÍcone de fechar Fechar

SEQUESTRO RELÂMPAGO

Quadrilha rende caminhoneiro e rouba carga de azeitonas

Caminhão também chegou a ser levado, mas foi localizado horas após a denúncia


    • São José do Rio Preto
    • máx 33 min 22

O motorista Djonathan Peri, 24 anos, foi vítima de sequestro relâmpago na noite desta quarta-feira, dia 4, em Rio Preto. O rapaz foi rendido quando estava com o caminhão estacionado na avenida Potirendaba, à espera da hora de descarregar três toneladas de azeitonas, em um hipermercado.

O caminhão é um modelo Constellation, da Volkswagen, e foi recuperado pela polícia horas depois da denúncia, mas sem a carga. Estava abandonado na avenida Amélia Cury Gabriel, região da Represa Municipal de Rio Preto.

Djonathan foi contratado para trazer o carregamento de azeitona, avaliado em R$ 30 mil, de Curitiba até Rio Preto, uma viagem de 723 quilômetros de distância.

“Quando cheguei no mercado, às 19h30 (de quarta), o encarregado de receber as mercadorias disse que só iriam receber as mercadorias na manhã de quinta-feira. Fui comer um lanche e depois fui dormir na cabine do caminhão. Depois, fui acordado por um homem estourando a porta, encostando a arma na minha cabeça e anunciando o assalto”, relata o motorista.

Djonathan afirma que foi empurrado para dentro de um carro e colocaram uma manta em cima de sua cabeça. Um dos criminosos assumiu o volante do caminhão e foi embora.

O motorista percebeu que o carro foi colocado em movimento pela estrada. Durante o trajeto, um dos criminosos dizia repetidamente que iria matar a vítima.

“Eles me deixaram no mato, a uns 4 km de Rio Preto, na rodovia Assis Chateaubriand. Eles me amarraram e mandaram aguardar um pouco ali, senão iriam me matar. Logo depois, eles fugiram. Por volta das 2h30, eu consegui sair de lá. Pedi ajuda na beira da estrada. Ninguém parou para me ajudar. Fui até uma empresa, onde o guarda chamou a Polícia Militar e fui encaminhado para cá (Central de Flagrantes)”, conta o motorista.

Recuperação do veículo

Em patrulhamento pela região da Represa Municipal, uma viatura da PM encontrou o veículo abandonado, com as portas abertas, mas com todo o interior danificado. O motorista afirma que foram levados muitos equipamentos, dois pneus e mais todo o combustível.

“Eu nem acreditei quando falaram que tinham recuperado. Porque antes disso uma pessoa ligou para o meu pai, dizendo que tinha achado o caminhão no mato e exigia R$ 10 mil para liberar o material. Mas não pagamos nada. O caminhão está aqui, vamos trabalhar para pagar as contas”, fala o motorista.

O caminhão foi periciado pela Polícia Civil e devolvido para Djonathan, que vai retornar para Curitiba. Ele ainda não sabe se terá de arcar com o prejuízo da mercadoria levada.