Diário da Região

30/09/2017 - 21h57min

COLUNA DO DIÁRIO

Debate promete sacudir Câmara nesta segunda

Favoráveis e contrários ao Programa Escola Sem Partido se mobilizam para audiência sobre o projeto

Um lado e outro se organizam para o embate desta segunda-feira, 2, na Câmara de Rio Preto, para debater o projeto que introduz na rede municipal de ensino o “Programa Escola Sem Partido”. A expectativa é de casa cheia. No câmpus da Unesp, por exemplo, centro acadêmico e professores estão incentivando alunos a participar da audiência, marcada para começar às 19h.

Na universidade, professores e alunos empenhados em participar da discussão desta segunda se colocam majoritariamente contra o projeto. A proposta, na visão deles, não passa de censura para “amordaçar” professores em sala de aula. A resistência ao projeto parte do sindicato dos servidores municipais, que representa os professores na rede.

Sindicato que, segundo o vereador Jean Dornelas (PRB), é instrumentalizado pelo PT. “Uma vergonha usar dinheiro do servidor para causas políticas”, disparou Dornelas mais uma vez neste sábado, 30, ao reclamar da interpelação judicial feita pela entidade contra ele por causa do projeto. Dirigente do sindicato, Carlos Henrique de Oliveira, dá de ombros às provocações de Dornelas. “Ele não é da área e está se metendo em assunto que não entende. Só esperamos que ele mantenha a linha na audiência”, disse o sindicalista.

Enquanto o vereador fala em trazer o líder do MBL, Kim Kataguiri, e Gislaine Targa, do grupo Mães pelo Escola Sem Partido, ambos de fora, para defenderem o projeto, o sindicato, que pediu a realização da audiência, chamou a própria secretária municipal de Educação, Sueli Costa, o juiz da Infância e Juventude, Evandro Pelarin, e Maria das Graças do Carmo Bertasso, representante do Conselho Municipal de Educação. O deputado estadual João Paulo Rillo (PT) também deve falar contra o projeto.

MP quer audiência sobre a favela

Depois de a Prefeitura de Rio Preto informar à Justiça que “não há alternativas” sobre a situação dos moradores da Favela da Vila Itália, o promotor Sérgio Clementino emitiu novo parecer no processo de reintegração de posse da área e pediu que seja realizada com “urgência” audiência entre representantes da comunidade e o município. Para o MP, o encontro é importante para debater a possibilidade de alojamentos provisórios aos moradores. Apesar de sugerir a reunião, o promotor é favorável à desocupação, mesmo que forçada, desde que sem exageros, claro.

Curtas

Arrumando o time - O PSDB, partido que tinha duas cadeiras na Câmara de Rio Preto, e que naufragou na eleição passada sem eleger nenhum vereador, marcou convenção para o próximo domingo, 8. A definição do novo diretório municipal será na Câmara. O evento foi marcado pelo deputado estadual Vaz de Lima (PSDB). 

Prestigiando Peixão - O prefeito Edinho Araújo (PMDB) fez novo agrado a vereadores, algo comum depois que recebeu a adesão de ex-aliados de Valdomiro Lopes (PSB). Sancionou lei de Celso Peixão que prevê multa a quem aplicar trotes na polícia, nos Bombeiros, ou no Samu. O projeto recebeu parecer de ilegalidade no jurídico da Câmara, mas isso é só um detalhe... 

Susto - A prefeita de Nova Granada, Tânia Yugar (PSB), sofreu um acidente na manhã deste sábado, 30, na divisa entre Bálsamo e Mirassolândia. Tânia capotou o carro em uma curva na rodovia José Jerônimo de Paula. A prefeita sofreu um corte na cabeça, foi socorrida e encaminhada para o Hospital Beneficência. Ela teve alta no início da tarde.

Viagem polêmica - O vereador Anderson Branco (PR) afirma que, além de ter visitado o gabinete do deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ), viajou a Brasília em busca de recursos de emendas parlamentares. O vereador Marco Rillo (PT) vai pedir a devolução do dinheiro da Câmara usado na viagem. O pedido será feito ao presidente da Casa, Jean Charles (PMDB). 

Notas 

Até 280 vezes - Em um último suspiro para melhorar a arrecadação, a Prefeitura de Rio Preto publicou neste sábado, 30, decreto de reparcelamento de dívidas. Assinado pelo secretário da Fazenda, Ângelo Bevilacqua , o decreto prevê, por exemplo, que dívidas acima de R$ 10 milhões possam ser parceladas em até 280 vezes. O prazo para aderir ao programa vai de 16 de outubro a 15 de dezembro. A Prefeitura tem R$ 1,3 bilhão a receber. 

À própria sorte - A redução do contrato da Prefeitura de Rio Preto com a empresa Works prevê que 249 prédios públicos ficarão sem vigias, os chamados anjos da guarda - o que inclui todas escolas e creches municipais. No total, 498 vigias foram dispensados na quinta.

Pobre Kim - O vereador Jean Dornelas (PRB) disse à Coluna neste sábado, 30, que a vinda do polêmico líder do Movimento Brasil Livre (MBL), Kim Kataguiri, para participar da audiência desta segunda, 2, na Câmara de Rio Preto, vai depender de uma “vaquinha” para bancar a viagem. O MBL é idealizador do projeto Escola Sem partido, que Dornelas quer introduzir na cidade e que será o tema da audiência. 

Na rede

Sábado mais verde - O prefeito Edinho Araújo (PMDB) destacou neste sábado, 30, no Facebook ação realizada pela manhã no centro de Rio Preto: o plantio de 500 mudas de árvores na rua Voluntários de São Paulo. Embora conte com apoio da Prefeitura, trata-se de movimento espontâneo de moradores preocupados com o meio ambiente e que criaram o projeto Muda que a Cidade Muda.

Jogando em todas - Para tentar recuperar o espaço que perdeu para o prefeito de São Paulo, o afilhado político João Doria, o governador Geraldo Alckmin (PSDB) faz o que pode. Neste sábado, 30, participou de corpo a corpo com o eleitor em Curitiba e gravou vídeo para cumprimentar os judeus pelo Yom Kipur, Dia do Perdão, data mais importante do judaísmo.

Que carro, que nada - Assessores do deputado estadual Carlão Pignatari (PSDB), de Votuporanga, ostentam no Facebook. Na sexta, 29, postaram fotos dentro de um avião bimotor para acompanhar o chefe em compromisso em Itápolis. 

Põe variação nisso - O aplicativo Fiscaliza Cidadão lançado recentemente pela Assembleia Legislativa já está sendo usado para divulgar os gastos dos deputados estaduais da região. Rola pelo WhatsApp montagem , a partir de dados do aplicativo com os gastos de gabinete de agosto de cada uma deles. As despesas variam de R$ 2.079,50 (a de Orlando Bolçone, de Rio Preto) a R$ 33.683,93 (a de Itamar Borges), de Santa Fé do Sul. 

Modesta contribuição - Falando nos deputados, João Paulo Rillo (PT) destacava neste sábado, 30, que vai destinar emenda de R$ 100 mil para a construção de anfiteatro no Jardim São Marcos, na área em que os moradores do bairro querem transformar em um parque ecológico.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso