X
  • Sexta, 06 de Outubro
  • Onde quer que vá, vá com o coração!   
18/09/2017 - 23h02min / Atualizado 18/09/2017 - 23h08min

Coluna do Diário

Para receber, Edinho facilita para devedores

Com o objetivo de reforçar o caixa da Prefeitura de Rio Preto nesta reta final do ano, o prefeito Edinho Araújo (PMDB) prepara decreto que prevê parcelamento de taxas atrasadas, e de impostos municipais, como IPTU e ISS.

Mara Sousa Edinho com o secretário Angelo Bevilacqua: reparcelamento, mas com multas e juros
Edinho com o secretário Angelo Bevilacqua: reparcelamento, mas com multas e juros

Com o objetivo de reforçar o caixa da Prefeitura de Rio Preto nesta reta final do ano, o prefeito Edinho Araújo (PMDB) prepara decreto que prevê parcelamento de taxas atrasadas, e de impostos municipais, como IPTU e ISS. O secretário da Fazenda, Ângelo Bevilacqua, confirmou que técnicos da pasta estão em fase final do estudo.

Ele enfatizou que o “reparcelamento” não tem qualquer relação com Refis (recuperação fiscal). “Nossa intenção é fazer o reparcelamento de dívidas. Não vamos abrir mão de juros e multas”, afirmou o secretário. “Nós precisamos de recursos para reforçar o caixa. O parcelamento e o reparcelamento é uma boa oportunidade. O próprio contribuinte se posiciona a favor deste tipo de ação”, disse ele.

O secretário de Governo, Jair Moretti, já informou vereadores da base aliada sobre a elaboração do decreto. “Ele (Moretti) não nos contou detalhes. Mas disse que o governo vai fazer o reparcelamento de dívidas, o que é importante para a população”, disse Paulo Pauléra (PP).

O secretário da Fazenda afirmou que Edinho descartou a realização do Refis com o argumento de que a medida beneficiaria o mau pagador. “O reparcelamento é mais justo. Damos a oportunidade de todos quitarem suas dívidas e ficar em dia com o município”, disse Bevilacqua.

FRASE:

"A administração pecou um pouco em termos de quantidade de fiscais"

Clinger Gagliardi, ex-secretário de Meio Ambiente do ex-prefeito Valdomiro Lopes, sobre o contrato do lixo com a Constroeste

Diocese condena peça sobre Jesus

A Diocese de Rio Preto também protestou, em nota divulgada nesta segunda, 18 contra a exibição da peça teatral “O Evangelho Segundo Jesus, Rainha do Céu” apresentada sábado, 16, no Sesc Rio Preto. “Discursos que ofendam os principais dogmas religiosos acabam por tocar as ‘sensibilidades’ das pessoas, considerando tais atos desconformes a representação da verdade religiosa como blasfêmia ou injúria religiosa”, diz trecho nota. Na peça, Jesus Cristo é interpretado por uma transexual. Moção de repúdio contra a encenação será votada na sessão desta terça, 19, na Câmara de Rio Preto.

Nota da Diocese de São José do Rio Preto sobre a peça de teatro:

“O Evangelho Segundo Jesus, Rainha do Céu” apresentada no SESC-Rio Preto no dia 16 de setembro de 2017

A comunidade de fé na Diocese de São José do Rio Preto manifesta desagrado diante do espetáculo. A liberdade de expressão é uma garantia intrínseca ao conceito de democracia. E como todo direito fundamental, a liberdade de expressão admite limites.

Precisamos reconhecer que para assegurar a paz entre as pessoas religiosas, os Estados e todas as instituições da sociedade devem evitar a difusão de informações que ofendam gratuitamente o outro e, sobretudo, que não contribuam, de qualquer modo, para o debate público.

Muitos cristãos se sentem desrespeitados e ofendidos quando se usa a imagem da pessoa de Jesus Cristo, ou dos símbolos religiosos vinculados ao cristianismo, desconforme a representação da verdade religiosa aceita pela tradição da mesma.

As convicções religiosas tocam os sentimentos mais íntimos de uma pessoa. Assim, representações de objetos de veneração religiosa ou discursos que ofendam os principais dogmas religiosos acabam por tocar as “sensibilidades” das pessoas, considerando tais atos desconformes a representação da verdade religiosa como blasfêmia ou injúria religiosa.

Não podemos permitir que ofensas aos sentimentos religiosos dos crentes acabem por violar o espírito de tolerância que deve caracterizar uma sociedade democrática. A liberdade de expressão não pode se privar da ética e do respeito às crenças.

Continuemos trabalhando com os valores cristãos contrários a qualquer forma de intolerância.

 

 

A figueira do Jardim São Marcos recebeu mais um abraço coletivo na manhã deste domingo, 17, em Rio Preto. Moradores e defensores da causa ambiental tentam transformar a área em um parque público

NOTAS:

Assim é fácil

Além do tom agressivo, troca de farpas com vereadores e repetidas críticas à imprensa, o depoimento do ex-secretário de Meio Ambiente Clinger Gagliardi, na CPI do Lixo nesta segunda, 18, Ex-secretário de Meio Ambiente lançou suspeitas no ar. Ele disse que havia um servidor que “não queria” o encerramento do aterro sanitário antigo e que a pasta teria sido enxugada pela interferência de servidores com “interesses particulares” lá. O mínimo que Clinger deveria fazer é dar nome aos bois. Mas não deu.

No vácuo

Enquanto o deputado estadual Itamar Borges (PMDB), ex-prefeito de Santa Fé do Sul, tenta entrar em Rio Preto, de onde já até confessou o desejo de ser prefeito um dia, o deputado estadual tucano Carlão Pignatari (foto), ex-prefeito de Votuporanga, aproveita o vácuo para fincar base em Santa Fé, aproximando-se de adversários de Itamar. Como diz o velho ditado, em política não existe espaço vazio.

Menos mal

Depois de ficar pelo menos dois dias fora do ar, o portal da Transparência da Prefeitura de Rio Preto voltou ao normal nesta segunda-feira, 18. No portal, o munícipe pode fiscalizar como está sendo usado o dinheiro que ele é obrigado a “contribuir”.

NA REDE:

Super-Pelarin

Depois de circular com Rodrigo Garcia em evento no sábado, 16, o juiz da Infância e Juventude de Rio Preto, Evando Pelarin, iniciou a semana ao lado do prefeito Edinho Araújo. Os dois participaram na manhã desta segunda do plantio de mudas às margens do córrego São Pedro, feito por presas em regime semiaberto do Centro de Ressocialização Feminino.

Curso no Face

Ex-deputado federal com base eleitoral na região, Regis de Oliveira, que também foi vice-prefeito de São Paulo (na gestão do finado Celso Pitta), agora grava vídeos na internet dando curso de direito. De Monte Aprazível, Regis se aposentou como desembargador de Justiça.

Diário de bordo

O prefeito João Doria (PSDB) gravou vídeo durante embarque em jatinho na manhã desta segunda, 18, em São Paulo. Tudo para dizer que o avião era dele e para repetir que usa o próprio dinheiro e não recursos públicos para viajar. O tucano, que voou para Porto Alegre, está sendo questionado pelo Ministério Público sobre suas viagens pelo País.

Contra a reforma

Ao lado do ex-vereador Laerte Teixeira da Costa e do suplente de deputado federal Luiz Carlos Motta (PR), a vereadora Márcia Caldas (PPS) participou de encontro da União Geral dos Trabalhadores (UGT) em Rio Preto para definir ações da entidade contra a reforma da previdência. Márcia é diretora local do UGT, presidida em São Paulo por Motta. Laerte é vice-presidente nacional.

Moro na Arena

Ele até tentou passar despercebido, mas não deu. Bombou nas redes a foto do juiz Sérgio Moro, à paisana (foto), na Arena da Baixada, em Curitiba, assistindo a Atlético Paraense e Fluminense. A imagem “roubada” foi feita por um torcedor.

CURTAS:

Tem mais - Gastos da Prefeitura de Rio Preto com empresa OFC, de Tabapuã, que forneceu armários deslizantes e que foi alvo de operação do Gaeco por suposta fraude em dezenas de Prefeituras passam de R$ 1,8 milhão. Além de contrato com a Secretaria da Fazenda, em 2014, a empresa forneceu materiais para Secretaria de Obras. Só com a Fazenda, o gasto foi de R$ 1,7 milhão.

Cópia de tudo - A vereadora de Rio Preto Karina Caroline (PRB) apresentou pedido para a Prefeitura informar em detalhes o contrato de “prestação de serviços terceirizados de auxiliar para berçário e educação infantil”. O contrato é com a empresa Produserv. Karina (foto) pediu cópia de todos postos de trabalho e relação de pagamentos mês a mês.

Longe, hein - Enquanto o voto distrital não entra no radar da reforma política, o deputado estadual Vaz de Lima (PSDB), cujo domicílio eleitoral é Rio Preto, dá seus pulos. E é cada pulo... Na sexta, 15, por exemplo, ele recebeu título de “cidadão isabelense”, em Santa Isabel, cidade, a 50 km de São Paulo a caminho do Rio de Janeiro, pela Dutra.

Sem poder - Feirantes que conversaram com a Coluna no domingo, 17, disseram que o vereador Paulo Pauléra (PP), que se coloca como uma espécie de padrinho da categoria em Rio Preto, não está com essa bola toda. Depois que ele perdeu o comando da Secretaria de Serviços Gerais sua influência foi drasticamente reduzida nas feiras.

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 15,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso