Diário da Região

19/09/2017 - 23h27min

SEMAE NA MIRA DA CÂMARA

CEV vai apurar dano ambiental no rio Preto

A Câmara de Rio Preto aprovou, durante a sessão desta terça-feira, 19, a criação de uma Comissão Especial de Vereadores (CEV) para apurar as circunstâncias do vazamento de esgoto ocorrido no rio Preto, em agosto.

Guilherme Baffi Espumas, que apareceram no rio Preto em agosto, resultaram em multa de R$ 100 mil ao Semae
Espumas, que apareceram no rio Preto em agosto, resultaram em multa de R$ 100 mil ao Semae

A Câmara de Rio Preto aprovou, durante a sessão desta terça-feira, 19, a criação de uma Comissão Especial de Vereadores (CEV) para apurar as circunstâncias do vazamento de esgoto ocorrido no rio Preto, em agosto. O pedido partiu do vereador José Carlos Marinho (PSB), que suspeita de falhas ocorridas na estação de tratamento de esgoto (ETE) da Prefeitura, administrada pelo Semae.

No mês do desastre, o Diário revelou que o Serviço Municipal Autônomo de Água e Esgoto (Semae) foi multado em R$ 100 mil pela Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) por poluir o rio. “Vamos pedir todas as informações para verificar o que aconteceu no rio. O Semae tem de apresentar as informações denunciadas pela imprensa”, afirmou Marinho.

Outros projetos

Os vereadores também aprovaram na sessão desta terça a legalidade da proposta que prevê a revogação da lei municipal que a autoriza a Prefeitura a fazer o reparcelamento de dívida na aquisição de imóveis distribuídos nos minidistritos industriais do município. De acordo com Jorge Menezes (PTB), a revogação, feita a pedido do prefeito Edinho Araújo (PMDB), vai permitir um novo reparcelamento de débitos de tributos, conforme revelou o secretário da Fazenda, Angelo Bevilacqua, na edição desta terça, 19, do Diário. “Vai ser bom para os empresários que querem regularizar sua situação junto a Prefeitura”, afirmou Menezes.

Também foi aprovada lei, proposta pelo vereador Pedro Roberto (PRP), que obriga restaurantes a fornecer cardápio às pessoas com deficiência física por meio do chamado QRCode ou impressão em Braile.

Moção de repúdio

Os vereadores aprovaram também moção de repúdio ao Sesc pela apresentação da peça “O Evangelho Segundo Jesus, Rainha do Céu” no último sábado, 16. O espetáculo recria a história de Jesus Cristo como uma transexual. Os vereadores Fábio Marcondes (PR), Anderson Branco (PR) e o presidente da Câmara, Jean Charles (PMDB), discursaram contra a realização da peça. Também foi aprovada moção de aplauso ao juiz federal Sérgio Moro pelo combate à corrupção, com o voto contrário de Marco Rillo (PT).

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso